Capítulo 38 | Um Dia Pra Não Se Esquecer – Minha Canção

[CENA 01 – ESTÚDIO BAND NIGHT (ao vivo)/ PALCO/ NOITE]
(os garotos olham para Ramon, que continua parado olhando para a plateia. Ramon olha para Andréa, que sorri para ele, o incentivando. Ramon olha para seus amigos)
RAMON – Um, dois, três… (começa a tocar)

[CENA DE MÚSICA – MÚSICA ORIGINAL]

[CENA 02 – CASA DELLE ROSE/ SALÃO/ NOITE]
NATHANIEL – Sério?
LARISSA – Sim. Andei pensando, após conseguir me livrar do Júlio, preciso encontrar uma nova forma de me tornar uma cantora. Então, por que não participar deste programa.
NATHANIEL – Que ótimo, Larissa. E você já gravou o vídeo? Se não me engano, essa é a última semana para as inscrições.
LARISSA – Não, ainda não gravei. Mas eu já tenho a música. Só preciso de sua ajuda para o vídeo.
NATHANIEL – Pode deixar comigo, que irei ajudá-la. Amanhã mesmo faremos isso, porque hoje você tem companhia. (aponta para outro cliente, que não tirava os olhos de Larissa)
LARISSA – Não posso deixar meu cliente esperando, não é mesmo! (sorri e caminha até seu novo cliente, Nathaniel a observa)

[CENA 03 – ESTÚDIO BAND NIGHT/ SALA RESERVADA/ NOITE]
(os garotos entram na sala comemorando após a apresentação, Ivo é último a entrar)
IVO – Vocês foram demais, gente. Parabéns! Tenho certeza que vamos para a final
RAMON – Quero confiar nisso, Ivo. Mas acabamos ficando em terceiro no ranking, após a primeira rodada.
IVO – Dessa vez vamos ficar em primeiro. O publico de casa adora vocês. Assim como a plateia. Não viram o estado que eles ficaram durante a música?! Vocês irão para a final sim. Agora preciso voltar, quero ver como as outras bandas irão se sair. Relaxem, descansem um pouco, que em instante estaremos comemorando nosso avanço. (sorri e sai da sala, Ramon senta-se no sofá, pega seu celular, lendo uma mensagem que acabou de chegar de Pedro, sorri)

[CENA 04 – CASA DE PEDRO/ SALA/ NOITE]
(Pedro está sentado no sofá, lendo a resposta de Ramon)
PEDRO – Eles estão confiante, que bom!
PAULA – Você bem que queria está lá com eles no momento, né!
PEDRO – Gostaria. (guarda o celular) Mas, esse sonho não era meu! Creio que chegou a hora deu ir atrás do meu próprio sonho.
PAULA – Ah, é?! E qual é sonho? (Pedro olha para sua tia)
PEDRO – Ajudar meu avô!

[CENA 05 – ESTÚDIO BAND NIGHT/ PALCO/ NOITE]
(todas as bandas já se apresentaram, e as mesmas estão no palco, aguardando o resultado final. Luciana acaba de receber a ficha com o resultado de sua assistente)
LUCIANA – Muito bem, pessoal! Em minhas mãos o resultado com a pontuação do pessoal de casa, junto com a plateia. Placar parcial no telão, por favor. (é exibido o placar parcial, todos olham para o telão) Vamos conhecer as três bandas que irão deixar nosso programa! (olha para a ficha) A primeira banda que deixará Os Desordeiros, com 92,8 pontos. (pessoal ficam triste, se despendem dos demais competidores) A nossa segunda banda eliminada da noite é… (alguns abaixam a cabeça, ansiosos) … E Assim se Foi, com 93,4 pontos! (o pessoal desta banda também ficam triste, se despendem e saem do palco) Agora, saberemos qual a última banda que deixará a competição, e quais as 3 bandas que irão para final semana que vem. (olha para a ficha novamente) A última banda que deixará a competição é… (o estúdio inteiro fica em silêncio. Andréa está focada no telão, Ivo está junto com os garotos de cabeça baixa com os dedos cruzados) … Os Splash’s com 93,9 pontos! (os vocalista desta banda se abraçam, se despendem do pessoal e saem do palco em seguida. As demais bandas comemoram por ter ido para a final. É exibido a pontuação geral de todas) E conheçam as bandas finalistas Os Retirantes com 96,8 pontos. Órbita Três com 96,1 pontos e There’s Black com 95,6 pontos. Parabéns pessoal. (muda de câmera, enquanto as bandas comemoram logo atrás) E nos vemos na próxima semana pessoal. Para a grande final de Band Night. Até lá! (se despende, enquanto parabeniza algumas bandas, programa se encerra)

Amanhecendo…

[CENA 06 – COLEGIO ESTADUAL OLIVEIRA COSTA/ PÁTIO/ DIA]
(Ramon e Andréa estão sentados em um dos bancos do pátio, Dácio e Marcelo estão em pé ao lado deles)
ANDRÉA – Eu sabia que vocês iriam para a final. Não tinha condição de vocês perderem para aquelas bandas que foram eliminadas.
RAMON – É mas eu estava com medo. Os vocalistas de Os Splash’s cantam muito.
MARCELO – O importa que vocês vão para a final agora.
RAMON – Agora me dedicar, ensaiar a música que eu compus, que a final não será fácil.
ANDRÉA – Sim, principalmente porque Os Retirantes são os segundo queridinho pelo público, devido a história de vida deles.
DÁCIO – O Pedro não mandou mensagem para você, dizendo quando que voltará para a escola?
RAMON – Não. A última mensagem que ele mandou foi ontem, parabenizando por ter chegado à final.
ANDRÉA – Eu sinceramente acho que o Pedro voltará para o sítio do avô dele.
RAMON – Será?
DÁCIO – Eu também acredito nisso.
ANDRÉA – O que segurava o Pedro aqui era a busca pelo o pai dele. Agora que ele descobriu que é o pai, e que se apaixonou pela a própria irmã, creio que ele não tem motivos para ficar aqui. Sem contar, que indo embora talvez seja melhor, talvez o ajude a esquecer o que estava sentindo por Alice.
RAMON – Realmente você pode ter razão. Ele saiu da banda, acho que nem isso o segura a ficar.
DÁCIO – As aulas ele não está vindo, creio também que ele irá voltar para o sítio do avô!

[CENA 07 – CASA DE PEDRO/ COZINHA/ DIA]
(Paula está lavando as louças do café da manhã, Pedro entra na cozinha)
PEDRO – (sentando-se, começa a se servir) Bom dia, tia.
PAULA – Bom dia, querido. (guarda um prato e uma xícara, enxuga as mãos, senta-se a mesa) Então, seu sonho mudou?
PEDRO – (ri) Como assim, mudou?
PAULA – É que essa história de ajudar o papai, você tem certeza.
PEDRO – Eu andei pensando muito, tia. E quando eu terminar o ensino médio aqui, irei voltar para Minas e irei ajuda-lo com o sítio. Meu avô precisa de alguém no lado dele.
PAULA – Sim, eu sei… mas e a sua vida? E seu sonho?
PEDRO – Eu não tenho com o que sonhar, sabe… até então minha vida era normal. Tinha uma família que me amava, amigos e isso para mim é o suficiente. Então, não sei o que desejar mais.
PAULA – Precisamos de sonhos para viver, querido. Uma pessoa sem sonho, é uma pessoa vazia. É ele quem nos move, que nos fazem querer levantar da cama.
PEDRO – Mas… o que eu devo sonhar?
PAULA – São os seus sonhos. Você que tem que descobrir esta resposta. Eu só acho que o que você escolheu agora, não é um sonho. Não o seu de verdade! Tá mais para uma vontade, uma expectativa que o papai colocou em você. (Pedro fica em silêncio, pensativo)

[CENA 08 – PIZZARIA/ DIA]
(Eduardo entra na pizzaria, com sua mochila de entrega vazia. Caminha até o balcão, senta-se, coloca a mochila ao lado)
LAILA – Alguma notícia da Pedro?
EDUARDO – Não. Ele não veio hoje?
LAILA – Não. Sinto muito, mas terei que demitir ele. Com hoje serão 4 dias que ele não vem.
EDUARDO – Eu fiquei sabendo que ele passou por fortes emoções. Talvez ainda não tenha se recuperado.
LAILA – Creio que 4 dias é tempo suficiente para se recuperar de qualquer problema. Avise para ele que não precisa mais vim.
EDUARDO – Qual é, Laila? Ele estava gostando daqui. Você não pode fazer isso.
LAILA – Posso sim. Sou a dona da pizzaria, e posso fazer o que quiser.
EDUARDO – Ok, chefia.
LAILA – Agora, fica de olho por um momento aqui, enquanto eu pego as próximas entregas para você. (sai do balcão em direção a cozinha. Eduardo pega seu celular, começa a mexe-lo)

[CENA 09 – CASA DE ALICE/ Q. DE ALICE – SALA/ DIA]
(Alice está em sua cama, e parou de pensar tanto em Pedro. Seu foco agora está em seus shows, e em sua carreira)
ALICE – (liga para seu empresário) Oi. Estou ligando para informar que não pretendo mais adiar o show de hoje. Isso, vai ter show sim. E já vou fazer uma live avisando meus fãs. Está bem. Até mais. (desliga, levanta-se e fica de frente para o espelho)
[SALA]
(Viviane está na sala conversando com Paulo)
VIVIANE – Alice não foi para a escola hoje?
PAULO – Não. E pelo visto, de acordo que o Felipe contou ontem, parece que ele vai transferi-la de colégio.
VIVIANE – Entendo. Ela não quer mesmo se encontrar com o Pedro.
PAULO – E nem ele com ela. Até onde sei, o Pedro também não está indo para o colégio.
VIVIANE – Mas que situação a vida colocou esses dois garotos. Ambos se apaixonaram um pelo outro, para no fim descobrirem que são irmãos.

[CENA 10 – COLÉGIO ESTADUAL OLIVEIRA SANTOS/ PÁTIO/ DIA]
(o pessoal continuam no banco conversando, Ana e Alan se juntam com eles)
ALAN – E aí, Ramon?! Não vai rolar nenhuma apresentação em comemoração da vitória do programa.
ANDRÉA – Olha, tinha até esquecido. Você prometeu mesmo que iria cantar uma comigo se fosse para a final.
RAMON – Promessa é dívida né! (Marcelo solta uma música em seu computador, Ramon levanta-se e começa a andar pelo pátio)

[CENA DE MÚSICA – UM DIA PRA NÃO ESQUECER (JOTA QUEST part. PROJOTA]

Hey irmão, hoje era pra ser 1
O dia que ela voltaria de vez
Um dia pra não se esquecer
Mas você ainda não se ligou

Hey irmão, hoje era pra ser
Uma daquelas noites de paixão
A paz te pedindo passagem
Mas você sequer se desculpou

Ooh, você não mudou 2
Ooh, mas você não mudou

Hoje era pra noite não ter fim
Pra se perderem por aí
Mas você não deu valor

Hoje é tua chance de se abrir 3
Se entregar e assumir
Que você tem um grande amor

Hey irmão, hoje era pra ser
O dia dela te dizer que entendeu
Teu medo, tua indiferença
E que está pronta pra te perdoar

Hey irmão, hoje pode ser 4
O último dia que ela pensa em você
O dia pra deixar de ser
O insensível que cê sempre foi

Ooh, hora chegou
Ooh, a tua hora chegou

Hoje era pra noite não ter fim
Pra se perderem por aí
Mas você não deu valor

Hoje é tua chance de se abrir
De se entregar e assumir
Que você tem um grande amor
Amor

Hoje era pra noite não ter fim 5
Pra se perderem por aí
Mas você não deu valor

Hoje é tua chance de se abrir
Se entregar e assumir
Que você tem um grande amor
Ooh, amor

Hoje era pra noite não ter fim 6
Pra se perderem por aí
Mas você não deu valor

Hoje é tua chance de se abrir
Se entregar e assumir
Que você tem um grande amor, amor

Ooh, ooh, amor
Que você tem um grande amor
Amor, amor, amor, amor

1. Ramon caminha pelo pátio, Andréa levanta-se e o acompanha. Os demais continuam sentados, dançando.
2. Ramon e Andréa estão dançando pelo pessoal que também entra no ritmo.
3. Alan levanta-se e começa a dançar com eles. Ana apenas os observam sorrindo.
4. Aos poucos o pessoal estão dançando ao redor do pátio. Ramon e Andréa continuam andando e dançando, inclusive em cima das mesas.
5. Alan caminha até Ana, e a puxa para dançar. Andréa e Ramon descem das mesas e voltam a dançar pelo pátio, junto com a multidão.
6. Os demais voltam para a mesa, e assim que encerram a música, são aplaudidos.

[CENA 11 – CASA DE PEDRO/ SALA – Q. DE PEDRO/ DIA]
(Paula está sentada na sala mexendo no celular, e repara que a casa está silenciosa demais. Levanta do sofá, guarda o celular, sobe as escadas a procura por Pedro. Entra no quarto dele, o chama e o não encontra)
PAULA – Pedro? Querido, está aí? (sai do quarto, vai até o antigo quarto de sua irmã e também não o encontra. Volta para sala, pega seu celular e liga para ele, que acaba caindo na caixa postal) Onde será que foi? Eu não o vi saindo!

[CENA 12 – CASA DELLE ROSE/ Q. DE LARISSA/ DIA]
(Larissa está terminando de se aprontar em frente ao espelho, quando Nathaniel entra no quarto, sorrindo)
NATHANIEL – Espero que esteja pronta, que eu já estou.
LARISSA – Será que estou produzida demais?
NATHANIEL – Nada você está linda. Vamos gravar o vídeo?!
LARISSA – (sorri) Vamos!

[CENA 13 – EMPRESA DE FELIPE/ SALA DA PRESIDÊNCIA/ DIA]
(Felipe está digitando algo em seu computador, quando a secretária liga para ele)
FELIPE – Oi! O Pedro está aqui? Sim, claro que pode deixa-lo entrar. (desliga, senta-se direito na cadeira, e aguarda por Pedro)
PEDRO – (entrando) Licença.
FELIPE – (levanta-se, sorri) Pode entrar. Fique a vontade.
PEDRO – Pela empresa essa a sua.
FELIPE – Obrigado.
PEDRO – (se aproxima dele, um pouco desconfiado) Bem, eu vim aqui porque quero conversar com você.
FELIPE – Claro. Senta-se, podemos conversar tranquilo.
PEDRO – (senta-se) Não estou atrapalhando não, né?
FELIPE – Não. Estou analisando umas planilhas aqui, mas nada de importante.
PEDRO – Ok. (fica um curto silêncio entre eles)
FELIPE – Então, sobre o que você quer conversar? (Pedro olha sério para Felipe, e isso o deixa preocupado)

Continua no Capítulo 39…

padrao


Este conteúdo pertence ao seu respectivo autor e sua exposição está autorizada apenas para a Cyber TV.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on tumblr
Tumblr

LEIA TAMBÉM