Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on telegram

Cyber Awards 2019 – Vencedores (parte 2)

Boa noite, escritores e leitores!

Ontem foi uma noite de muitas revelações, não? E hoje não vai ser diferente. É hora de conhecermos os vencedores das 13 categorias restantes, relacionadas aos personagens e aos escritores que marcaram 2019. Após três semanas de votações acirradas, vamos ao que interessa.

 

Ao contrário do que foi feito com obras e autores, não houve separação de séries e minisséries nas escolhas dos personagens que mais encantaram os leitores.

Os coadjuvantes nem sempre são tão essenciais para o andamento da história; por outro lado, podem ajudar ou complicar a trajetória dos protagonistas e até mesmo se destacar mais do que estes. Nas séries e minisséries, isto não é exceção. Neusa de Não Mais Amar e Jade de Incognoscível são bons exemplos disso, tanto que foram as vencedoras das edições anteriores. Para se juntar a elas nesta galeria, o Cyber Awards de 2019 vai para… DARWIN de Donos da Mentira.

 

Os antagonistas, que podem ser vilões ou simplesmente rivais dos protagonistas, sempre são muito esperados quando uma obra estreia. O primeiro vencedor nesta categoria foi o Jorge de O Vazio que Habita em Mim (2018). É que em 2017 as categorias de personagens eram únicas para novelas, séries, minisséries, webfilmes e contos, e a escolhida foi uma vilã de novela. O novo vilão a levar o Cyber Awards de 2019 é… o sanguinário DR. ADDAN de Vale Dicere.

 

Os protagonistas são os responsáveis por encaminhar a trama e resolver os conflitos. É por eles que a gente torce episódio a episódio, como aconteceu com o Henrique de A Força do Amor e o Atílio de O Dia da Faxina. Os leitores decidiram, e o Cyber Awards de 2019 vai para… SHENG LONG-YU de O Vilão Reabilitado É a Esposa.

 

Os contos Premium e os webfilmes também costumam trazer personagens interessantes com quem nos identificamos (ou não). Naak, de Confins do Tempo, foi o eleito de 2018. Agora ele ganha a companhia de um protagonista de minissérie bem conhecido do público da Cyber. O Cyber Awards de 2019 vai para… KADU de Eu, Kadu – Diário de Bordo.

 

Os personagens das antologias 00:00 e Saber Amar também ganharam categoria própria. Foram muitos seres que cativaram, que causaram raiva, ódio, nojo, medo, simpatia… vindos da imaginação de mais de trinta escritores diferentes no decorrer de 33 contos. Cinco deles foram indicados, mas só um leva o prêmio. Assim o Cyber Awards de 2019 vai para… JOANA, do conto Vou Balançar no Ritmo do Lustre. Sobe o Chandelier da Sia aí, DJ!

 

As novelas também despertam mil e uma emoções. Os coadjuvantes, por exemplo, carregam nas costas as tramas paralelas muitas vezes tão empolgantes quanto as dos protagonistas. Ricardo, de Insensatez, descobriu que a mulher Giane o traía covardemente e deu uma lição nela. Com isso, levou o prêmio em 2018. Agora outra personagem com uma trama bem densa foi a escolhida. O Cyber Awards de 2019 vai para… HANAH de Amores Imperfeitos.

 

Assim como nas séries e minisséries, os antagonistas também dão muito o que falar nas novelas. Provas disso são os prêmios que as maquiavélicas Beatriz de Garota de Ipanema e Solange de O Leão levaram por suas infinitas maldades. E hoje outra sirigaita entra no rol da fama. O Cyber Awards vai para… ALICIA de Excelsior.

 

Os protagonistas, na maioria das vezes, representam o nome da novela e carregam todas as tramas nas costas. Assim como Heloísa em Falsas Juras, a vencedora de 2018, outro será consagrado nesta categoria. Escolhido após disputar com quatro concorrentes, o personagem que leva o Cyber Awards de 2019 é uma espécie de “malvado favorito”… WILLIAM de Excelsior.

 

Agora que terminamos as premiações dos personagens do ano, que tal a revelação dos eleitos entre os que criaram mundos, vidas, sentimentos e sensações nos principais gêneros textuais desenvolvidos até aqui pela Cyber? Isa Miranda foi eleita em 2017 como autora de contos; Geraldo Medeiros Jr, como autor de webfilmes também em 2017; e Sylvana Camello foi a autora de séries de 2018, lembrando que não houve webfilmes indicados na ocasião. Vamos começar pelos contos Premium e webfilmes. Entre os indicados: dois autores veteranos na Cyber, um jovem escritor de novelas, uma escritora que participou de Saber Amar e um empoderado estreante. O Cyber Awards de 2019 vai para… RAQUEL MACHADO, por Um Fio de Esperança e Em Busca da Perfeição.

 

As antologias também foram marcadas por escritores talentosos vindos de toda parte: do time da própria Cyber, por indicação da organizadora Isa Miranda, por amantes de antologias que descobriram 00:00 e Saber Amar por acaso… Cinco grandes nomes foram escolhidos pelo cyberjúri. Quem leva o Cyber Awards é… NÉKA MARTINS, por Amor É Vida.

 

Fabiana Prieto e Geraldo Medeiros Jr venceram em 2017 e 2018, nesta ordem, como autores de séries ou minisséries. Em 2019, foram tantas as produções deste gênero, que foi necessário dividir em duas partes, para aumentar as chances de vitória de cerca de vinte criadores de histórias muito inspirados. Começando pelas tramas de mais de quinze capítulos elaborada por quatro cabeças, anuncio que o Cyber Awards de Melhor Série vai para… YAGO TADEU, de Minha Doce Patroa – Negociando com Espíritos.

 

As minisséries também deram muito o que falar desde a estreia da primeira produção do ano, Família por Acaso. Desde então, cerca de vinte autores vibraram e torceram pelas histórias uns dos outros. Mas apenas cinco foram selecionadas para o Cyber Awards, que será entregue neste instante para… MELQUI RODRIGUES, por Vale Dicere, porque “se não for assim, ele nem quer” (risos).

 

Oito novelistas criaram histórias de amor, redenção, vingança, ambição e muita música e deixaram os leitores empolgados durante trinta, quarenta, cinquenta (e um) ou setenta e cinco capítulos, três vezes por semana. Eduardo Moretti foi eleito o autor de novelas de 2017. No ano seguinte, foi a vez de Débora Costa. Em 2019, o Cyber Awards vai para… MARCELO DELPKIN, por Flashback.

 

Assim se encerra a revelação dos premiados de 2019 no Cyber Awards. Desejo mais uma vez felicitações a todos pela conquista, assim como aos indicados e também àqueles que também participaram e participam da construção desta família chamada Cyber. Agradeço aos leitores que prestigiam os trabalhos de pessoas comuns que dão a vida para criar novas realidades, novas maneiras de imaginar a vida, porque contar histórias é uma das maiores realizações culturais desde o início da humanidade; é com elas que o ser humano se perpetua.

Que em 2020 muita coisa bonita, emocionante, chocante, revoltante e tudo mais que termina em “-ante” seja narrada, lida e compartilhada a partir da cybercasa. Em breve, pertinho da chegada de 2021, mais uma edição do Cyber Awards realizar-se-á com o mesmo carinho de sempre.

Tenham uma boa noite e até a próxima!

COMPARTILHAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on tumblr

POSTADO POR

Produção Cyber TV

Produção Cyber TV

Conteúdos originais Cyber TV

Estreia dia 19 de Outubro

Estreia dia 20 de Outubro

>