Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on telegram

Cyber Trends – Programa 03 – Carnaval RJ – Parte 02

Cyber trends – Carnaval – Programa 02 – Parte 02

 

Oi meus amores!

Como vocês estão?! Estão bem?!

Bem, domingo passado falamos um pouco sobre como funciona os bastidores de uma escola de samba, como o carnaval é produzido antes de o pôr na avenida, vimos e lemos cada enredo das escolas de sambas. Hoje vamos ouvir os sambas de enredo das agremiações carnavalescas oficiais, que serão tocados pelas as baterias e cantadas pelos os intérpretes ano que vem, na Avenida Marquês de Sapucaí.

Os sambas de enredo ou sambas-enredos, são os sambas que representam todo o enredo que a escola vai contar na avenida e que todas as comunidades de cada agremiação vão entoar na avenida.

Curiosidades:

  • Sabia que o samba-enredo “Explode coração” é do ano de 1993 referente ao desfile campeoníssimo do Salgueiro e foi um samba que nem a comunidade aceitou, mas, ganhou fama na época nas rádios e, rapidamente, pegou na boca do povo? No dia do desfile, a Marquês de Sapucaí veio abaixo. Do começo ao fim, todas arquibancadas cantavam instantaneamente o samba, sagrando assim o 8º Título da escola. O enredo daquele foi “Peguei um Ita no Norte”.

  • Em 1992, ano do único título da Estácio de Sá, aconteceu a mesma coisa. As arquibancadas vieram abaixo. Mesmo com dificuldades aquele ano, a escola veio feroz e conquistou seu único título desde sua inauguração há mais de setenta anos.

  • Em 2018, ano de muitas maldades, polarização, extremismo, o samba-enredo da GRES Beija-flor de Nilópolis, foi considerado um clamor da sociedade diante das mazelas sociais que nosso país vive? Mesmo ano que Tuiuti criticou a escravidão nos dias atuais e até pôs um destaque de carro alegórico vestido de vampiro com uma faixa presidencial, fazendo referência ao ex-presidente Michel Miguel Elias Temer. A beija-flor criticava num todo e sem partidarismos políticos que algumas escolas têm, como, por exemplo, a corrupção, genocídio, homofobia, miséria, policiais mortos, feminicídio, infância roubada, entre outros. Dentre isso, o desfile foi muito criticado por não “ser luxuoso” pelo o eu a escola era acostumada a trazer. Porém, a mensagem era clara, como a luz do sol. Não foi citado nomes, só apenas expressaram o apelo popular daquele momento. A escola de samba se tornou um instrumento de clamor social dos sambistas e de pessoas de fora do mundo do carnaval. Foi por isso que a escola ganhou, mostrando a realidade nua e crua.

  • 2019 não foi diferente para a GRES Estação Primeira de Mangueira. Mas, não concordo com o campeonato, porém, não desfaço dessa escola gigantesca e de respeito que é Mangueira. Acima de tudo, tenho o meu respeito pela uma das matriarcas do samba. É uma escola que admiro muito, mesmo não sendo torcedor dela. Tenho um carinho grande por ela.

Vamos ouvir os sambas-enredos das escolas para 2020?

Vamos!

Os sambas-enredos das escolas estarão ordenados em ordem alfabética pelo os nomes das escolas.

 

G.R.E.S. BEIJA-FLOR DE NILÓPOLIS

ENREDO: “Se essa rua fosse minha”

G.R.E.S. ESTÁCIO DE SÁ

ENREDO: “Pedra”

G.R.E.S. GRANDE RIO

ENREDO: “Tatalondirá – O canto do caboclo no quilombo de Caxias”

G.R.E.S. MANGUEIRA

ENREDO: “A verdade vos fará livre”

G.R.E.S. MOCIDADE INDEPENDENTE DE PADRE MIGUEL

ENREDO: “Elza Deusa Soares”

G.R.E.S. PARAÍSO DO TUIUTI

ENREDO: “O santo e o rei: encantarias de Sebastião”

G.R.E.S. PORTELA

ENREDO: “Guajupiá, terra sem males”

G.R.E.S. SALGUEIRO

Enredo: “O rei negro do picadeiro”

G.R.E.S. SÃO CLEMENTE

ENREDO: “O conto do vigário”

G.R.E.S. UNIÃO DA ILHA DO GOVERNADOR

ENREDO: “Nas encruzilhadas da vida, entre becos, ruas e vielas, a sorte está lançada: salva-se quem puder!

G.R.E.S. UNIDOS DA TIJUCA

ENREDO: “Arquitetura e urbanismo”

G.R.E.S. UNIDOS DE VILA ISABEL

ENREDO: “Gigante pela a própria natureza”

G.R.E.S. UNIDOS DO VIRADOURO

ENREDO: “Viradouro de alma lavada”

 

E aí meus amores?! Gostaram?!  

Amei ouvir todos os sambas-enredos e dou palpites para três dos treze sambas-enredos crescerem MUITO na avenida Marquês de Sapucaí, é: Beija-flor, Viradouro e Mocidade. São os sambas que mais movimentaram as redes sociais. E quais são os seus palpites? 

Bom, vou ficando por aqui e encerrando o programa! Cry! 

Quais os palpites de vocês do que vou aprontar no próximo programa?! 

Até o próximo programa pessoal! Bjs! E bom carnaval a vocês! Usem camisinha! 

COMPARTILHAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on tumblr

POSTADO POR

Alessandro Fonseca

Alessandro Fonseca

Alessandro Fonseca é natural da cidade de Ariquemes localizada no estado de Rondônia. É escritor profissional e faz sucesso na Plataforma Wattpad, onde ficará conhecido por publicar livros LGBTS que quebraram padrões e tabus, juntos de velhos clichês, dando uma nova repaginada. Seus livros de maiores sucessos, são: Hotel Cassindrina, Um nerd em minha vida e Diamante - O medo.

Estreia dia 19 de Outubro

Estreia dia 20 de Outubro

>