Doces Mentiras – Capítulo 09

Billy fica curioso para o que seu pai tem a lhe dizer.

Billy: – Tô te ouvindo pai, pode falar.

Domingos: – Filho, esta situação aqui em casa já tá insustentável, tua mama não sorri mais, estamos como três estranhos aqui.

Billy: – Pai, desculpa, sei que você não tem nada a ver com isso, mas é que a mamãe… –Domingos interrompe.

Domingos: – É que tua mãe filho, só quer o teu bem, então tenta entender isso.

Billy: – Pai. –o jovem não sabe o que argumentar.

Domingos: – Ela tá sofrendo com tudo isso moleque, ela não foi lá brigar com Carla, ao contrário, foi tentar se aproximar dela.

Billy: – Foi isso mesmo pai?

Domingos: – Ma claro que foi. Tua mamma até levou aquele bolo que é receita de tua nonna para ela, o que aconteceu é que as duas se desentenderam. Volta a falar com tua mamma, vai filho.

Billy diz que promete pensar e vai dormir.

Domingos: – Boa noite filho.

Billy: – Boa noite pai.

 

Amanhece e é hoje o grande dia do lançamento do novo shopping e o dia que todos irão conhecer Ligia, a mais nova garota propaganda da Boutique 16, uma das mais conceituadas galerias de joias da cidade.

E no cortiço…

Dulce acorda tossindo bastante e preocupa Ligia.

Ligia: – Essa crise de tosse de novo tia, precisamos ir ao médico.

Dulce: – Não minha filha, não é nada, deve ser apenas um resfriado. Não posso parar por isso e nem você.

Ligia: – Negativo dona Dulce, nada de ir vender os doces hoje, aliás, tô achando que a partir de agora a senhora nem precisa mais sair pra vender.

Dulce: – Não filha, isso é tudo que eu sei fazer, se eu não trabalhar vou servir de que?

Ligia: – A senhora já fez muito por mim e pela Carla, tem que descansar sim e além do mais, hoje eu assino contrato como modelo fotográfica na agência.

Dulce: – Tudo bem filha, hoje eu fico em casa. Que orgulho, você modelo, mas também, bonita do jeito que é.

Ligia: – Ah tia, você é suspeita pra falar. Olha eu vou só tomar café e já tô saindo pra agência. Carla fica tomando conta da senhora por enquanto, eu volto logo.

Dulce: – Sua prima? Saiu cedo, disse que ia pro salão ter um dia de rainha, bom, dinheiro não sei onde ela arranjou.

Ligia: – Tudo bem tia, não tem problema, eu volto logo, qualquer coisa me liga.

 

Ainda no cortiço, Glória conversa com Rodrigo, seu sobrinho que veio morar com ela…

Glória: – Então meu querido, como tava te falando, a cidade grande é um excelente lugar para arranjar uma colocação como modelo porque bonito e talentoso você é.

Rodrigo: – Tem razão tia, hoje mesmo vou dar uma procurada pela internet né? Quem sabe eu encontre alguma coisa.

Glória: – Com certeza. Bom, agora eu tenho que ir, tenho uns balanços da casa pra fechar, eu volto após o almoço, beijos.

Rodrigo: – Beijo tia, bom trabalho.

 

Na mansão dos Brito de Carvalho…

Graziela já esperava por Eduardo na sala.

Graziela: – Vim tomar café com você meu amor, Sônia disse que você ta meio desanimado esses dias, então vim fazer uma surpresa.

Ingrid: – E que surpresa hein Graziela? Beijo pros pombinhos tô indo pra agência.

Eduardo: – Tchau Ingrid. Não liga pra ela amor, vamos então?

Ao chegar ao jardim, onde Sônia pedira para servir o café dos dois, dona Maria Estela já os aguardava.

Maria Estela: – Como vai Graziela?

Graziela: – Estou bem dona Maria Estela e a senhora?

Maria Estela: – Um pouco preocupada com a situação desta família sabe minha filha?

Eduardo: – Bom dia pra você também vó. –responde Eduardo em tom de ironia.

Graziela: – Mas o que está havendo?

Maria Estela: – Seu noivo, por exemplo, não liga para os negócios da família e agora ele é subordinado de um desconhecido na empresa do próprio pai.

Eduardo: – Vó que assunto chato! Quer saber? Vamos tomar café no caminho da empresa Graziela.

Graziela: – Mas, é… –Graziela não sabe o que dizer e apenas segue seu noivo.

Maria Estela ri cinicamente enquanto toma seu suco.

 

Na construtora Brito de Carvalho…

Inácio se reuniu com Maurício em sua sala.

Inácio: – Maurício, infelizmente hoje eu não poderei estar no evento de lançamento do Marfim Trade Center, então, em nome da nossa construtora você irá.

Maurício: – Nossa Inácio, eu não sei se mereço.

Inácio: – Ora, quanta bobagem! Você é um dos nossos melhores executivos.

Maurício: – Bom tudo bem, eu agradeço até o reconhecimento, mas e o Vicente? Ele é o vice-presidente da empresa, não irá questionar?

Inácio: – Meu jovem entenda que, nesta empresa eu sou o presidente e decido isto e além do mais eu e Vicente não andamos bem das pernas, não posso confiar 100% nele.

Maurício: – Seja lá o que for espero que resolva logo Inácio e sim, eu irei representando a construtora.

Inácio: – Então estamos conversados, agora me dê licença que tenho umas coisas para resolver.

Maurício: – Toda Inácio, com licença, não vai se arrepender.

 

De volta ao cortiço…

Ligia já está de volta após ter ido assinar o contrato na agência.

Ligia: – Tia? Você está aí? –pergunta a jovem preocupada.

Dulce: – Estou no quarto filha. –responde a doceira com a voz trêmula.

Ligia vai até o quarto de Dulce.

Ligia: – Tia, você está com febre! Vamos ao médico agora mesmo.

Dulce: – Não filha, você tem seu compromisso hoje à noite.

Ligia: – De jeito nenhum tia, vou chamar um táxi e nós vamos para o hospital, ligarei para o Marcelo e Ingrid , eles vão entender.

Dulce: – Tudo bem filha. –concorda bastante debilitada.

Ao sair do quarto Ligia dá de cara com Carla.

Ligia: – Onde é que você tava Carla?

Carla: – Ah fui ao salão me arrumar, tenho um evento hoje.

Ligia: – Eu não acredito nisso. Você sabia que a tia tá queimando de febre lá dentro?

Carla: – Não sabia por que eu não tenho bola de cristal. Não é o fim do mundo Ligia, leva ela ao hospital ora!

Ligia: – Como você consegue ser tão mesquinha?

Carla: – Olha aqui Ligia você pode falar o que quiser, eu não vou mudar, esse é meu jeito e outra coisa, você não é a queridinha da tia? Por quem ela faz tudo?

Ligia: – Carla você sabe que a tia nos criou e nos ama por igual.

Carla: – Querida prima, relaxa, leva a tia no hospital e me deixa porque esse papo sentimental não é comigo. –Carla deixa Ligia falando sozinha na sala e entra em seu quarto.

Ligia está furiosa com a atitude de Carla, e não é pra menos, Carla sempre foi áspera, mesquinha e nunca gostou da prima alegando que Ligia sempre foi a preferida de Dulce.

  

No flat de Maurício…

Está quase chegando a hora do executivo sair para o evento de lançamento da BC Construtora e ele se arruma com a ajuda de Suzana.

Maurício: – Você acha que essa gravata tá combinado Suzana?

Suzana: – Tá sim, o que não tá combinando é a gente viver assim.

Maurício: – De novo essa conversa Suzana? Já te disse como e quando eu vou assumir nosso relacionamento publicamente.

Suzana: – Droga! Que droga! Eu bem que poderia estar ao seu lado no evento de hoje. Você vai como uma autoridade máxima representando a construtora.

Maurício: – Tá, daí você quer que eu apareça lá, representando a empresa como um executivo da alta cúpula ao lado de uma secretária?

Suzana: – Você deveria ser mais generoso comigo, afinal, além de amantes, nós somos cúmplices.

Neste momento Maurício segura Suzana pelo cabelo.

Maurício: – Você tá me ameaçando Suzana? Não se esquece do que eu sou capaz!

Suzana: – Me solta seu desgraçado! –a secretária consegue se desvencilhar da mão de Maurício, sai correndo e batendo a porta.

 

Algumas horas depois já na grande festa de lançamento do Marfim Trade Center…

Ingrid: – Marcelo você viu a Ligia?

Marcelo: – Ah meu bem me esqueci de te avisar, a tia dela está doente e ela precisou levá-la ao hospital. Ela me ligou hoje mais cedo.

Ingrid: – Ai que chato! Depois vou ligar pra ela pra saber se está tudo bem.

Marcelo: – Bom você me dá licença que eu vou dar uma conferida nas hostesses que eu contratei beijos.

Ingrid: – Tá Cello vai lá.

Neste momento chegam Eduardo e Graziela.

Eduardo: – E aí mana, chegou muita gente?

Ingrid: – Sim tá bombando, vamos chegar mais perto porque daqui a pouco é o lançamento da grife de joias da Boutique 16.

Eduardo: – Sei a que o Marcelo fotografou não é isso?

Graziela: – Boa noite cunhada!

Ingrid: – Boa noite Graziela. –responde com um sorrisinho falso.

O casal entra para acompanhar a festa de lançamento das joias que já vai começar.

 

 

Alguns minutos depois um táxi pára em frente a porta principal do shopping onde os convidados estão sendo recebidos…

Carla desce do táxi, com um salto superfino, um vestido longo com uma fenda, parecia que ia receber o Oscar. Se aproxima da recepção e, o que ela não sabia era que tinha que ter um convite para entrar.

Carla: – Boa noite!

Segurança: – Boa noite senhora, o seu convite, por favor?

Carla finge procurar algo na bolsa.

Carla: – Nossa como eu sou esquecida, devo ter deixado o convite em casa.

Segurança: – Sinto muito senhora, apenas para convidados.

A moça então começa um pequeno circo:

Carla: – Deixa-me ver se eu entendi você está insinuando que não fui convidada? Olha aqui meu senhor eu sou amiga da família Brito de Carvalho há anos!

Segurança: – Sinto muito senhora, apenas com convite.

Carla: – Tudo bem, eu só preciso fazer uma ligação meu querido e você não arruma mais emprego nem de faxineiro.

Carla blefa e tira o celular da bolsa, fingindo procurar um número e ameaçando o segurança, algumas pessos em volta já começavam a observar a cena.

 

 

Fim do Capítulo

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on tumblr
Tumblr
Rolar para o topo