Doces Mentiras – Capítulo 33

ATENÇÃO: A Cópia e reprodução deste conteúdo fora da plataforma Cyber TV sem autorização prévia da administração, é proibida e viola os direitos legais do autor.

 

Ainda no restaurante próximo à construtora…

 

Carla chantageia Rodrigo.

 

Carla: – Você vai precisar fazer uma coisinha para mim, aí sim eu te devolvo essa coisa linda que é a sua pulseira.

Nesse momento o celular de Rodrigo toca.

Rodrigo: – Com licença, eu preciso atender.

Carla: – Atende aqui mesmo, eu sou super discreta. -risos.

Rodrigo acata o pedido dela e atende o celular ali mesmo na mesa.

Rodrigo: – Alô. Sim, sim eu vou me atrasar um pouco porque vim resolver uma coisa urgente. Não precisa vir me buscar eu pego táxi aqui perto, tudo bem, tchau.

Carla: – Sabia que você era um cara inteligente.

Rodrigo: – Desembucha, que eu já tô arrependido.

Carla: – Então meu querido, você vai ver o Almeida hoje não é?

Rodrigo: – Isso não é da sua conta!

Carla: – O que é isso? Quanta agressividade. Não se esqueça que eu dou as cartas aqui.

Rodrigo: – Sim, eu vou ver ele assim que sair daqui.

Carla: – Perfeito!

Carla tira uma câmera da bolsa.

Carla: – Você vai colocar essa microcâmera num ponto estratégico e filme alguns momentos calientes com seu cliente.

Rodrigo: – Nunca! Pode esquecer.

Carla: – Já te disse que isso não é uma opção pra você.

Rodrigo: – Tá, e eu vou perder um cliente?

Carla: – Não seja dramático! Um homem lindo e másculo que nem você não irá faltar clientes.

Rodrigo: – E que garantias eu tenho de que você não vai me entregar para minha tia?

Carla: – Aí você vai ter que confiar em mim meu querido.

Rodrigo: – Tudo bem espero que eu não me arrependa.

Carla: – Então estamos conversados Rodrigo, no final do dia peço para um motoboy buscar a minha encomenda e deixar a sua lá no cortiço.

Carla consegue convencer Rodrigo e enquanto volta para a construtora Maurício liga para ela.

 

Maurício: – E então onde você está? O que foi fazer?

Carla: – Eu descobri um podre do advogadozinho de Inácio e agora ele vai comer na nossa mão.

Maurício: – Não brinca.

Carla: – Não brinco em serviço, me aguarda aí que eu tô chegando.

 

Na mansão Brito de Carvalho…

Inácio e Sônia acabaram de chegar do hospital e Maria Estela tomava champanhe na sala de estar.

Sônia: – Estamos comemorando alguma coisa minha sogra?

Maria Estela: – Desde quando não posso tomar um champanhe em minha própria casa querida Sônia?

Sônia: – Tem razão, eu vou pro meu quarto.

Inácio: – Sônia! Antes de subir eu quero comunicar que eu ofereci um jantar de noivado ao diretor executivo da empresa, o Maurício e sua noiva.

Sônia: – Para quando querido?

Inácio: – Na semana que vem!

Sônia: – Tudo bem pode ser na quarta, eu vou avisar a Ofélia que apronte o melhor para a ocasião.

Inácio: – Obrigado, vamos subir então? Com licença mamãe.

Maria Estela: – À vontade querido.

 

Algumas horas mais tarde, no apartamento da família Silveira…

Graziela já estava de malas prontas para viajar.

Graziela: – Tem certeza mamãe que não vem com o papai me acompanhar até o aeroporto?

Verinha: – Tenho sim filha, você sabe que eu não gosto de despedidas. Vem aqui me dá um abraço.

Graziela: – Te amo!

Verinha: – Também te amo filha! Se cuida.

Vicente: – Vamos, está quase na hora do seu voo filha.

Graziela: – Vamos!

Pai e filha saem rumo ao aeroporto.

 

Verinha não perde tempo, espera os dois saírem e sai logo em seguida.

 

No cortiço…

Ligia falava ao celular.

Ligia: – Puxa meu amor que triste isso, espero que ela se recupere logo. Beijos, tchau!

Dulce: – Que foi filha?

Ligia: – A tia do Eduardo caiu da escada, teve que ser internada às pressas.

Dulce: – Tadinha, vou rezar pra Nossa Senhora de Aparecida e há de ficar tudo bem.

Ligia: – Tia e essa história de Carla ter ido embora é verdade mesmo?

Dulce: – Sim minha filha, tanto que eu pedi que ela não fosse, mas você conhece sua prima.

Ligia: – Conheço sim, o que me preocupa é que esse namorado dela, segundo o Edu, não é um mau caráter.

Dulce: – Deus queira que não seja verdade, essa garota só me dá preocupação.

 

No ateliê de Carolina…

Marcelo e a irmã conversavam.

Marcelo: – Quero ver se com essa medida protetiva e o segurança que eu contratei esse infeliz do Alexandre será capaz de chegar perto de você.

Carolina: – Acredito que não seja meu irmão. Eu vou pedir o divórcio e vou criar meu filho sozinha.

Marcelo: – Sozinha não, eu sempre estarei aqui.

Carolina: – Claro, obrigada meu querido, agora vamos buscar o Matheus se não chegaremos atrasados

 

De volta à mansão Brito de Carvalho…

Verinha chega à mansão a procura de Sônia.

Verinha: – Ofélia eu quero falar com Sônia você pode chamá-la.

Ofélia: – Só um segundo dona Verinha.

Verinha: – Obrigada querida, eu a aguardo.

Em alguns minutos Sônia desce as escadas bastante surpresa com a visita de Verinha.

Sônia: – Verinha posso te ajudar?

Verinha: – Você vai me ajudar sim, Inácio não poderia ter deixado a minha família na miséria, nos conhecemos há anos.

 

De volta à construtora Brito de Carvalho…

Carla e Maurício já haviam recebido a gravação do encontro íntimo entre Almeida e Rodrigo.

Carla: – Mas que moça que esse advogadozinho é. –risos.

Maurício: – Quero ver a pose dele agora.

De repente, alguém bate na porta da sala e Carla vai abrir.

Carla: – Dr. Almeida! Só estava faltando você, a estrela do espetáculo!

Almeida: – Te conheço garota?

Maurício: – Acho bom tratar com mais carinho a dona Carla.

Almeida: – Onde está Inácio? Vim correndo porque recebi um chamado dele.

Carla: – Bom, na verdade fui eu quem o chamei aqui doutor para assistir um filme maravilhoso.

Maurício: – Sente-se doutor Almeida.

Almeida: – Eu tô bem em pé, vocês podem acabar com a palhaçada.

Maurício: – Dá o play amor, por favor?

Carla: – Com todo prazer.

No notebook do executivo eram reproduzidas as cenas do encontro de Almeida e Rodrigo e o advogado fica sem chão.

Almeida: – Mas, o que é isso?

Carla: – Ai diz você, eu não sei o nome dessas sacanagens que o senhor costuma fazer.

Maurício: – Acho que a sua esposa iria adorar ver esse filme não acha Almeida?

 

 

Fim do Capítulo

 -” ”>-‘.’ ”>

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on tumblr
Tumblr

LEIA TAMBÉM

>
Rolar para o topo
Suporte Cyber TV
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos lhe ajudar?
Estamos sempre disponíveis.
Powered by