Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on telegram

E Vamos À Luta! Capítulo 20

E Vamos Á Luta!

Novela de Débora Costa

Escrita Por

Débora Costa 

Baseado Na Novela: A Fábrica de

Geraldo Vietri

Colaboração

Tainá Andaluz

Direção Artística

Wellyngton Vianna

Núcleo

Cyber TV

Personagens no capítulo

ALEX

ALFREDO

AMANDA

BRUNO

CAMILA

CÉLIA

CÉSAR

CLARICE

DANIEL

DENISE

EDUARDA

ERASMO

FÁBIO

GABRIEL

ISADORA

IVAN

JOSÉ

JOSIVALDO

JULIANA

KIRA

LIZ

LÚCIA

MANUELA

MARTA

NICOLAS

OTAVIANO

PATRICIA

Caro leitor, o capítulo a seguir não teve a revisão da pontuação, portanto você irá encontrar alguns erros referente a essa parte, mas nada que prejudique a história. Peço desculpas, e agradeço por estar acompanhando a novela. 

Cena 1/Ext./Mansão Camargo/Piscina/Dia.

Amanda, Isadora, Ivan, Nicolas, José, Lúcia, estão se divertindo na piscina, enquanto Liz, Fábio e Eduarda, estão sentados conversando.

LIZ

E você acha mesmo que o César, matou essa mulher?

EDUARDA

Acho e por isso quero a minha filha comigo de novo.

FÁBIO

Por que você não fala a verdade pra ela?

EDUARDA

Porque ela não vai acreditar em mim, sabe como é adolescente rebelde.

LIZ

Eu desejo que você resolva logo essa situação, e pode contar comigo para o que precisar.

EDUARDA

Obrigada Liz. Bem, mudando de assunto, vamos falar do trabalho, eu tive uma ideia para divulgar os novos tecidos que vão chegar.

LIZ

Pode falar.

EDUARDA

Pensei em a gente criar roupas para jovens, coloridas, cores vivas, algo moderno que vai chamar a atenção e destacar a qualidade dos tecidos.

LIZ

Ótima ideia Duda, pode começar a fazer se quiser.

EDUARDA

Então (sorri) eu disse nós, nós duas.

LIZ

(pensativa) Não sei se vou conseguir desenhar de novo.

EDUARDA

Nem vem com essa, não tem como esquecer isso Liz, estou com saudades de criar com você.

LIZ

Tudo bem, eu vou tentar, mas se eu não gostar, você faz sozinha.

EDUARDA

(sorri) Combinado.

Alfredo se aproxima, Isadora sai da piscina se aproxima dele empolgada, Alfredo admira o corpo de Isadora, Fábio observa.

FÁBIO

Pelo jeito a Isadora, não vai ficar nem com o Nicolas e nem com o Ivan.

LIZ

Por que você está falando isso?

Isadora beija Alfredo, Liz e Eduarda ficam surpresas.

FÁBIO

Por isso.

José de dentro da piscina, observa Isadora beijando Alfredo, puxa Lúcia pelo braço.

JOSÉ

Olha ai o vexame que sua irmã ta dando vai lá.

LÚCIA

José, eu não vou, e para de se meter na vida dos outros.

Cena 2/Int./Letreiro: 1 Semana Depois/Casa de Alex/Sala/Dia.

Alex, Kira, Clarice, Renato e Ângela, estão sentados, Renato coloca uma pasta em cima da mesa.

RENATO

Aqui está o contrato de cessão de direitos hereditários, quando a Liz assinar isso, a tecelagem vai para o Alex, e o restante para Clarice, e para mim.

CLARICE

(sorri) Saiu mais rápido do que eu esperava.

KIRA

Como vocês vão fazer para a Liz assinar? 

ALEX

Isso não vai ser tão fácil, já que antes de chegar até ela, Célia lê tudo, e Liz lê novamente.

ÂNGELA

Eu posso colocar isso no meio de outros documentos que Liz for assinar, e temos que distrair a Célia e depois a Liz.

RENATO

Isso vocês devem planejar muito bem, porque se a Liz ver esse documento, tudo vai por água abaixo. 

ALEX

Pode deixar que vamos dar um jeito, e assim que ela assinar, informo vocês.

CLARICE

(sorri maldosa) Não vejo a hora de colocar as mãos em tudo, e expulsar a Liz daquela casa.

Cena 3/Int./Mansão Camargo/Sala/Dia.

Fábio está de saída, Liz se aproxima.

LIZ

Agora que você está bem, não quer mesmo ficar aqui.

FÁBIO

Não, mas é porque o povo adora falar, e eu não gosto disso.

LIZ

Você sabia que a Marta, deixou o meu tio por pensar esse tipo de bobagens, o que importa a opinião das pessoas?

FÁBIO

Eu não gosto que fique falando de mim, e se eu ficar, vão falar que to aqui ou com você por causa do seu dinheiro.

LIZ

Eu já cansei de ouvir essa ladainha, você se faz de coitadinho mais do que essas protagonistas de novela mexicana.

FÁBIO

E eu achando que ia embora sem ter que ouvir esse tipo de coisa hein madame.

LIZ

Você que provoca isso.

FÁBIO

Não fica chateada comigo, e pode ter certeza que logo a gente vai ta como tava até hoje, morando juntos.

Liz e Fábio se beijam, Marta se aproxima. 

MARTA

Fábio você quer comer alguma coisa antes de ir?

FÁBIO

Marta, você já me deu um café da manhã que eu achei que já era o almoço, não cabe mais nada, obrigado.

MARTA

Vou sentir a sua falta sabia. 

FÁBIO

Eu não tô indo pra outra cidade não, só tô voltando pra casa, é aqui perto.

LIZ

Demorou para engrossar né.

FÁBIO

Que? Eu não falei nada demais.

LIZ

Eu te acompanho até o portão.

Liz e Fábio saem, Marta sorri. 

Cena 4/Int./Apartamento de César/Sala/Dia.

Patrícia abre a porta, Eduarda entra.

PATRICIA

Meu pai não está.

EDUARDA

Eu sei, é com você que quero falar.

PATRÍCIA

Eu não vou mais morar com você, estou muito bem aqui.

EDUARDA

Filha/

PATRÍCIA

Nem tenta mamãe! Agora que o papai voltou, você resolve ficar com aquele idiota do Erasmo.

EDUARDA

Erasmo é um homem maravilhoso, coisa que seu pai nunca foi.

César entra, Eduarda fica séria.

CÉSAR

(sorri) Que bom te ver aqui Eduarda.

EDUARDA

Eu vim buscar a minha filha.

PATRÍCIA

Mas eu não vou!

CÉSAR

Filha, me deixa falar a sós com a mamãe.

Patrícia vai para o quarto, Eduarda encara César.

EDUARDA

César, eu quero que você convença a Patrícia a voltar para a casa!

CÉSAR

Eu só faço isso se você aceitar voltar pra mim.

EDUARDA

Eu não quero voltar com você, nosso casamento foi um erro.

CÉSAR

Então a Patrícia vai continuar aqui.

EDUARDA

Sabe o que eu descobri César? Que a sua amante foi assassinada, e o curioso é que encontraram o corpo dela, alguns dias depois da sua chegada.

CÉSAR

E daí? Eu não estava mais com ela.

EDUARDA

Não é o que a polícia acha, o suspeito do crime era o companheiro dela, e eu sei que é você.

César segura e aperta o braço de Eduarda.

CÉSAR

Se você abrir a boca/

EDUARDA

Me solta! E não vou falar porque não tenho provas!

César chacoalha Eduarda. 

CÉSAR

Isso é bom para você e para a Patrícia, pensa sempre nela antes de fazer alguma coisa, agora sai daqui!

César coloca Eduarda para fora do apartamento, bate a porta, fica com raiva. 

Cena 5/Int./Escola/Diretoria/Dia.

Fábio está esperando alguém, Juliana entra.

JULIANA

(sorri) Fábio! Como é bom te ver aqui, e bem.

FÁBIO

(sorri) Pois é, só tô bem hoje porque me obrigaram a ficar de repouso.

JULIANA

A Liz…

FÁBIO

É, graças a ela estou ótimo.

JULIANA

Que bom, mas me disseram que você queria falar comigo.

FÁBIO

Quero, me fala o que tenho que fazê pra começar a estudar aqui.

JULIANA

Você realmente quer estudar? Não vai desistir?

FÁBIO

Dessa vez eu quero mesmo.

JULIANA

Fico muito feliz, e vou te passar a lista dos documentos que você tem que trazer para fazer a matricula, e já vai poder começar a estudar.

FÁBIO

(sorri) Isso é bom.

JULIANA

É por ela não é?

FÁBIO

Ela quem?

JULIANA

Liz… É por ela que você quer voltar aos estudos.

FÁBIO

Também, e por mim, não quero passar vergonha e nem fazer ela passar.

JULIANA

Você ama a Liz?

FÁBIO

Amo, e muito viu, acho que nunca senti isso por alguém.

Juliana fica triste, disfarça. 

Cena 6/Int./Faculdade/Corredor/Dia.

Camila está esperando a aula começar, Gabriel se aproxima, está nervoso.

GABRIEL

Camila você não pode destratar as pessoas como fez com a nossa amiga!

CAMILA

Eu não destratei ninguém! 

GABRIEL

Ela disse que você mudou muito depois que descobriu que Carlos é o seu pai, e eu concordo com ela!

CAMILA

Para de falar assim comigo, você não manda em mim.

GABRIEL

Não mando e nem quero, mas de um tempo pra cá você mudou sim, está esnobe, mudou de sala, e de amigos.

CAMILA

E dai? Estou onde sempre quis, não vejo problema algum.

GABRIEL

Se você não vê problema eu vejo, e acho que as diferenças entre nós estão cada vez maiores.

CAMILA

Gabriel não exagera.

GABRIEL

Acabou Camila, não dá mais para continuar nosso namoro, todos os dias brigamos, e as coisas não são assim.

CAMILA

É isso que você quer? Vai me deixar porque estou no lugar que quero? Porque estou com feliz em saber que faço parte da família Camargo? 

GABRIEL

Não, eu vou te deixar porque você se deixou levar pela ganância, porque você está uma pessoa insuportável, que pisa nos outros, é por isso que terminamos.

Gabriel sai nervoso, Camila fica com raiva, pensativa.

Cena 7/Int./Mais Tarde/Mansão Camargo/Sala/Dia.

Liz e Kira estão sentadas, tomando café, Fábio entra apressado, se aproxima de Liz.

FÁBIO

Liz eu tive uma ideia, mas você precisa querer.

LIZ

Oi meu amor, estou bem e você?

FÁBIO

A gente já se viu hoje.

LIZ

(sorri) Que ideia é essa?

Kira observa séria.

FÁBIO

A gente vai jogar futebol contra o time de uma firma, e eu acho que você vai dar sorte se apitar o início do jogo.

LIZ

(ri) Ficou louco? Eu não vou fazer isso, e você não pode jogar.

FÁBIO

Posso, eu já tô ótimo, e se você vier com a gente eu faço qualquer coisa que você me pedir.

LIZ

(pensativa) Qualquer coisa mesmo?

FÁBIO

Só falar.

LIZ

Se eu for ao tal jogo, e fizer isso que você falou… Hoje á noite vamos jantar no clube.

FÁBIO

(sério) Naquele lugar de gente fresca?

LIZ

Você disse qualquer coisa que eu quisesse, eu sempre vou aos lugares que você quer, agora é a sua vez.

KIRA

Liz, ele não vai se sentir bem no clube, imagina, todos vestidos a rigor, e ele entra usando calça jeans.

Fábio encara Kira com desprezo. 

FÁBIO

Agora eu vou, pode vir no jogo Liz, e a noite eu vo nesse clube ai. 

LIZ

(feliz) Então vou me arrumar.

FÁBIO

Arrumar o que? Você já tá pronta, vamo logo, a gente ta atrasado.

Fábio segura a mão de Liz, a levanta do sofá, e eles saem apressados. Kira suspira com raiva, pensativa.

Cena 8/Ext./Mais Tarde/Campo de Futebol/Dia.

Os times estão em campo, Fábio se aproxima de Liz.

FÁBIO

Vem Liz, já vai começar.

LIZ

Eu tenho que falar alguma coisa?

FÁBIO

Isso é futebol, não palanque, é só apitar pra partida começar.

LIZ

Se você continuar com grosseria não faço mais nada.

FÁBIO

E eu não vo naquele lugar de gente fresca.

LIZ

Tá, não vamos começar a brigar, assim vocês vão perder, vamos lá.

Liz e Fábio entram no campo, os jogadores acham Liz bonita, falam elogios, assoviam, Liz sorri simpática, agradecendo, Fábio coloca a mão na cintura, nervoso.

FÁBIO

É pra hoje madame.

LIZ

Pede por favor. (sorri).

FÁBIO

Dona Liz, será que a senhora, por favor, pode apitar logo o início da partida.

LIZ

(sorri) Agora sim.

Liz beija Fábio, apita para a partida começar, o jogo começa, Liz sai apressada do campo, se senta na arquibancada.

Cena 9/Int./Casa de Alex/Sala/Dia.

Kira e Alex estão sentados bebendo.

KIRA

Cada dia que passa eu odeio mais ver a felicidade dos dois.

ALEX

Eu sei como é, odeio ver a Liz no meu lugar.

KIRA

Eu preciso de um plano perfeito para separar os dois.

ALEX

Eu tive uma ideia e acho que você vai gostar.

KIRA

Qual?

ALEX

Eu conto depois, porque agora, vamos deixar de lado esse assunto, e focar em nós.

Alex beija Kira, que sorri gostando.

KIRA

Adoro esse seu jeito.

ALEX

Somos iguais Kira, por isso gostamos um do outro.

KIRA

E a Ângela? Gosta dela?

ALEX

Gosto do que ela faz na cama, no trabalho, não dela em si, gosto de me divertir com ela.

KIRA

(ri) Coitadinha da iludida, ela gosta de você de verdade.

ALEX

Eu sei, mas eu gosto de você.

Alex beija Kira com vontade, eles se beijam com desejo, Alex pega Kira no colo, e a leva para o quarto. 

Cena 10/Ext./Praça/Dia.

Carlos e Marta estão caminhando.

MARTA

Carlos, eu adoro passear com você, mas tenho algumas coisas para fazer em casa.

CARLOS

Eu te chamei para dar uma volta, porque tenho algo sério para te falar.

Carlos e Marta param de andar, Marta fica preocupada.

MARTA

O que é?

CARLOS

Ver a Denise fazendo os preparativos para o casamento dela, me deu vontade de tentar mais uma vez.

Carlos pega uma caixinha de anel de seu bolso, abre, mostra o anel para Marta.

CARLOS

Marta, você quer se casar comigo?

Marta fica surpresa.

MARTA

Carlos, eu não esperava por isso.

CARLOS

Dessa vez espero ter uma boa resposta, o que me diz, aceita se casar comigo?

MARTA

(sorri) Aceito, Carlos, eu te amo.

Carlos fica feliz, coloca o anel no dedo de Marta, a beija. 

CARLOS

Eu achei que iria levar outro não, você não sabe o quanto estou feliz.

MARTA

Eu errei antes, mas agora não, agora é a nossa vez de sermos felizes.

Carlos e Marta se beijam.

Cena 11/Int./Mais Tarde/Apartamento de Fábio/Noite.

Manuela está ajudando Fábio a dar o nó na gravata.

FÁBIO

Eu to me sentindo horrível com essa coisa.

MANUELA

Você está lindo, ainda bem que esse terno te serviu.

FÁBIO

Verdade. Dona Manu, fala sério, como eu to?

Manuela vira Fábio de frente para o espelho, sorri.

MANUELA

Você está elegante, e muito lindo, tenho certeza que a Liz, vai adorar.

Fábio se olha no espelho, pensativo. 

Cena 12/Int./Mansão Camargo/Sala/Noite.

Liz está andando de um lado para o outro, Denise se aproxima.

DENISE

Calma Liz, ele vai chegar.

LIZ

Estou achando que não Denise, a gente combinou ás 20h, e agora são 20:30h e nada do Fábio.

DENISE

Liga pra ele então.

LIZ

Já liguei, mas ele não atendeu.

A campainha toca, Marta vai abrir a porta, sorri ao ver Fábio, que entra, Liz sorri admirada. 

LIZ

Achei que você não viria.

FÁBIO

Eu prometi, e to aqui.

Liz olha Fábio de cima a baixo, sorri gostando.

LIZ

Meu amor, como você está lindo.

FÁBIO

E você também, meu amor. (sério) Lembra do uniforme que pinicava? Esse treco no pescoço está pior.

LIZ

(ri) Para de reclamar, e vamos porque estamos atrasados. 

FÁBIO

Você sabe que eu não tô acostumado a ir nesses lugares né, então qualquer gafe, não é culpa minha.

LIZ

Eu sei, nada vai dar errado.

Liz beija Fábio, eles saem. 

Cena 13/Int./Casa de Alex/Quarto/Noite.

Alex e Kira estão fazendo amor, Ângela entra, fica inconformada com a cena.

ÂNGELA

(nervosa/Tom) Eu não acredito nisso!

Kira se cobre com o lençol, Alex encara Ângela.

ALEX

Ângela, quem mandou você vir na minha casa sem me avisar?

Ângela vai para cima de Alex, começa a bater nele.

ÂNGELA

(nervosa) Sínico! Cretino!

Alex segura os braços de Ângela, a empurra, veste um roupão.

ALEX

(nervoso) Vamos para a sala Ângela!

Alex sai do quarto levando Ângela pelo braço, Kira fica pensativa. 

Cena 14/Int./Casa de Alex/Sala/Noite.

Ângela chora.

ÂNGELA

Como você pode fazer isso comigo? Eu dedico a minha vida á você.

ALEX

Eu nunca te pedi nada disso, você sabe que não significa nada pra mim.

Ângela encara Alex com raiva, o enfrentando. 

ÂNGELA

Que nojo de você Alex… Mas isso não vai ficar assim, eu vou contar tudo para a Liz, vou acabar com você! Com o plano de tirar as coisas dela, e aposto que ela vai odiar saber que é a sua irmã!

Alex dá um tapa forte no rosto de Ângela, a encara, calmo.

ALEX

Você não vai falar nada.

Ângela chora, está com raiva.

ANGELA

(Tom) Eu vou! Vou acabar com seus planos! Seu maldito! Vou contar que você matou o Geraldo, e o Mauricio!

Alex puxa e segura o cabelo se Ângela.

ALEX

Cala a boca!

ANGELA

Você está acabado Alex! Eu vou te destruir!

Alex segura e aperta o pescoço de Ângela forte, com as duas mãos, Ângela tenta tirar as mãos de Alex de seu pescoço, mas ele é mais forte, não para de sufocar ela, Alex a olha nos olhos com ódio, aperta cada vez mais forte, Ângela vai perdendo as forças, Alex não a solta.

ALEX

Ninguém me ameaça!

Alex sufoca Ângela, quando ele percebe que ela está morta, a solta no chão, respira fundo se acalmando, ajeita o cabelo, Kira se aproxima, fica espantada ao ver Ângela caída.

KIRA

O que aconteceu com ela?

ALEX

(frio/calmo) Eu a matei.

Kira fica sem reação enquanto olha o corpo de Ângela. 

Fim do Capítulo 

COMPARTILHAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on tumblr

POSTADO POR

Débora Costa

Débora Costa

Estreia dia 19 de Outubro

Estreia dia 20 de Outubro

>