Escândalo – Capítulo 10

 A Cópia e reprodução deste conteúdo fora da plataforma Cyber TV sem autorização prévia da administração, é proibida e viola os direitos legais do autor.

CENA 01. PRAÇA. EXT. NOITE.

Continuação imediata do capítulo anterior.

Lilian assiste à apresentação de violino de Miguel. Cerca de dez pessoas também o cercam; algumas colocam moedas no chapéu que está no chão perto do músico. Miguel olha fixamente para Lilian. Ela sente um calafrio, mas disfarça.

Miguel termina de tocar a música. Continua olhando para Lilian sem dizer nada. Ela dá uns passos pra trás; depois se vira e segue caminho. Uma mulher põe moedas no chapéu dele. Miguel toca outra música.

Lilian chora; pega um lenço pra enxugar as lágrimas. Anda lentamente, conforme o volume do violino diminui até cessar. CAM parada. Lilian anda para a direita até sair de cena.

CORTA PARA

CENA 02. CASA DE MIGUEL. SALA. INT. NOITE.

Casa simples e sem conforto. A mesa de jantar fica ao fundo do cômodo, por trás de um sofá. Há também uma estante e outros poucos móveis.

Norma assiste a um programa de entrevistas na TV. Guilherme entra.

GUILHERME
Oi, mãe!

NORMA
Já voltou?

GUILHERME
O professor faltou, e eu não queria ficar com a turma no bar.

NORMA
Fez muito bem. Tava aqui vendo a Patrícia Emmanuelle. Viu teu pai por aí?

GUILHERME
Vi não.

NORMA
Aposto que está na praça tocando aquele violino velho em troca de merreca. Seu pai ainda mata a gente de fome. Vamos, põe o material aí e me ajuda a colocar a mesa.

Norma desliga a TV. Guilherme coloca a mochila sobre o sofá e vai com Norma à cozinha.

CORTA PARA

CENA 03. CASA DE CIRO. SALA DE JANTAR. INT. NOITE.

Ciro e Pedro jantam à mesa, um de frente pro outro. Conversam animados.

CIRO
Como foi na revista hoje?

PEDRO
Foi bem.

CIRO
A Isolda não está te pentelhando, não é? Sei que ela não é fácil.

PEDRO
Não, a gente até que se dá bem. Já com a Lili… Ela me perguntou do filho do Ruggero.

CIRO (tenso)
A Isolda?

PEDRO
Não, a Lilian.

CIRO
O que você falou?

PEDRO
Nada. Só que ele morreu há muitos anos. Fiz mal?

CIRO (alívio)
Não. É que… Esquece. Besteira da minha cabeça. O Ruggero não gosta que fale nesse assunto, e não quero problemas com ele. Hum! A batata está ótima. Já provou?

PEDRO
Ainda não.

Ciro e Pedro continuam jantando e conversam em FADE.

CORTA PARA

CENA 04. APARTAMENTO DE LILIAN. SALA. INT. NOITE.

De pé por trás do sofá, Raúla e Laura conversam sobre Lilian e Jairo.

RAÚLA (revoltada)
Ele bateu nela?

LAURA
Bateu.

RAÚLA
Mas que filho da puta! Vou arrastar a Lili pra delegacia agora.

LAURA
Já fomos pra lá fazer a ocorrência.

RAÚLA
E ela não voltou com você? Cadê ela?

LAURA
Ficou na praça pra colocar as ideias no lugar. (pausa) Espero que ele tenha pelo menos a decência de não chegar mais perto da minha filha.

RAÚLA
Ai dele se aparecer.

CORTA RÁPIDO PARA

CENA 05. APARTAMENTO DE ISOLDA. ESCRITÓRIO. INT. NOITE.

Isolda pesquisa em um site de fofocas. No canto da tela aparece uma notificação: “Caso de polícia! Ator da Rede Sonho é denunciado por agredir a ex-noiva”. Fala sozinha.

ISOLDA
Eita! Será que o…? (clica no link e aparece foto de Jairo na página seguinte) Olha! Quem diria? O brucutu meteu a mão na Lilizinha. (gargalha) Vai ser um desperdício esse gato preso na jaula, mas bem que a loira azeda mereceu. (imita com a voz) Ah, porque sou uma jornalista ética e querida no meio. (voz normal) Toma essa! Pá! (faz gesto de tapa com a mão) Amores, titia tem fofoca fresquinha pra vocês.

Isolda abre a página do blog e clica em “Fofoca nova”. Abre-se um editor de post, no qual Isolda digita o título: “Lilian Cordeiro apanha de noivo e para em delegacia”. Isolda gargalha novamente.

CORTA PARA

CENA 06. APARTAMENTO DE LILIAN. SALA. INT. NOITE.

Raúla e Laura continuam conversando. Lilian entra.

RAÚLA
Onde foi que você se meteu, posso saber?

LILIAN (a Laura)
Já correu pra contar pra ela, né?

RAÚLA
Nem precisou. Meu sexto sentido apontou… pipipipi!

LAURA
Ele não foi atrás de você, né?

LILIAN (põe a bolsa no sofá)
Não, acho que não. Fiquei um pouco na praça ouvindo música.

RAÚLA
Acho bom! Se você quiser, amanhã mesmo a gente vai procurar uma advogada e pedir aquele troço pro canalha do Jairo não chegar mais perto de você. Qual é o nome daquilo mesmo?

LAURA
Medida preventiva.

RAÚLA (a Lilian)
Quem ele pensa que é? É fácil bancar o machão e meter a mão na sua cara.

LAURA
Na da Fátima também.

RAÚLA
Como é que é? (som de notificação do celular) Droga! Esqueci de botar no silencioso. (pega o celular e vê a nota de Isolda) Pronto, agora o circo tá completo.

LILIAN
Que aconteceu?

RAÚLA
Adivinha?

LILIAN
A Isolda já espalhou o veneno…

CAM alternada entre Raúla e Lilian.

CORTA PARA

CENA 07. CASA DE MIGUEL. SALA. INT. NOITE.

Norma assiste à TV, preocupada. Miguel entra com o violino.

MIGUEL
Boa noite!

Ele se abaixa para beijar Norma, mas ela vira o rosto. Miguel se afasta.

MIGUEL
Tem janta?

NORMA
Não, já acabou. Se quiser, vai lá na cozinha e faz pra você. (se levanta; nervosa) Você sabe que horas são? Seu filho chegou mais cedo; ficou te esperando até agora, e nada de você aparecer.

MIGUEL
Eu estava trabalhando/

NORMA
Trabalhando? Chama aquilo de trabalho? Devia ter vergonha de se enfiar no meio da rua e de tocar essa coisa velha.

MIGUEL
Coisa velha, não!

NORMA
Coisa velha, sim! Que não serve nem pra dar dignidade à sua família. (desliga a TV e joga o controle remoto no sofá) Boa noite! (anda até a porta do quarto) Hoje você dorme na sala.

Norma entra e bate a porta com força. Miguel senta no sofá e fica pensativo.

CORTA PARA

CENA 08. REDE SONHO DE TELEVISÃO. CIDADE CENOGRÁFICA. RUA. EXT. NOITE.

Gravação da novela. Mônica contracena com Flávia, também atriz. Tony, o diretor secundário, dirige a cena. CLOSE na claquete.

TONY
Em suas posições! Luz! Câmera!

CAM nas atrizes em PLANO AMERICANO.

FLÁVIA
Desculpa, Tony. Tô morrendo de sede. Tem garrafa de água pra mim?

TONY
Tá, mas toma rápido. Produção!

MÔNICA
Se é assim, também quero.

TONY
Ai, pronto! Agora todo mundo quer privilégio.

MÔNICA
Se eu, que sou a atriz principal, não posso, as coadjuvantes também não podem. Anda logo, quero água. Ou falo pro Júlio que você tá me maltratando.

TONY
Tá me ameaçando, piriguete? Tá se achando a última bolacha do pacote. Pois não tem água pra ninguém! As duas nas posições!

FLÁVIA
Muito bem, queridinha!

MÔNICA
E você, cala a boca!

FLÁVIA
Vem calar!

TONY
Silêncio, que vamos gravar!

Flávia e Mônica trocam olhares de raiva.

CORTA PARA

CENA 09. BAR. INT. NOITE.

=== SONOPLASTIA: JAZZ ===

Bar cheio de gente. César e Breno bebem encostados no balcão.

CÉSAR
A Mônica ficou pra gravação. (toma um gole)

BRENO
Você gosta dela? Seja sincero.

CÉSAR
Ela é uma boa companhia, me faz bem.

BRENO
O que estou perguntando é se ela é mulher pra você ter uma vida, casar.

CÉSAR
Por que isso? Você sabe que não sou homem de me envolver com ninguém. Não desse jeito.

BRENO
Menos mal.

CÉSAR
Não vai me dizer que não aprova a Mônica. Breno, você é meu amigo, pode falar. Você tá gostando dela? (ri) Você?

BRENO
Não, não estou gostando da Mônica, se quer saber… É o Júlio.

CÉSAR
Que tem ele?

BRENO
Ela tentou esconder, mas… ela conseguiu o papel com teste do sofá, e agora quer a Mônica como amante dele. E ela é ambiciosa o suficiente pra se aproveitar e subir na carreira.

CÉSAR (ri)
Ah, você tá inventando.

BRENO
Estou não. Se prepara, que ela vai querer te laçar, só pra manter o nome em alta… mas é na cama dele que ela vai ficar. E aí, meu amigo, você já tá na teia da aranha.

César bebe preocupado.

=== SONOPLASTIA OFF ===

CORTA PARA

CENA 10. APARTAMENTO DE LILIAN. SALA. INT. NOITE.

Apenas as luzes dos abajures acesas. Lilian e Raúla conversam sobre César, sentadas no sofá.

RAÚLA
O que tá esperando?

LILIAN
Esperando pra quê?

RAÚLA
Pra conquistar o coração do gato. Vocês bem que combinam.

LILIAN
Até outro dia, ele estava com você. Acha que tenho cara de dar em cima dele? Ainda mais depois que o Jairo/

RAÚLA (bate na madeira)
Isola! Não fala o nome da urucubaca.

LILIAN
No fundo, eu não sei. Uma hora o coração diz pra correr pro César; mas na outra a cabeça fala que ele tá com a Mônica.

RAÚLA
Ele não gosta da Mônica. E ela só tá com ele pra aparecer. Se joga, menina!

LILIAN
Agora eu só quero me jogar na cama.

RAÚLA
Te entendo. Mas não demora muito pra correr pro gato. A Zu falou que vocês foram feitos um para o outro.

LILIAN
Zu e suas viagens pelo mundo astral. Se eu seguir tudo que ela fala…

RAÚLA
Tô doida pra saber como foi o encontro dela com o carinha do Bixiga.

LILIAN
Xi! Nem me fala.

Lilian pega uma almofada e abraça. Raúla sorridente.

CORTA PARA

CENA 11. SÃO PAULO. AVENIDA PAULISTA. EXT. DIA.

=== SONOPLASTIA: On The Rocks – Rita Lee ===

Amanhece. Os carros e ônibus percorrem a rua em CÂMERA RÁPIDA.

CORTA PARA

CENA 12. REDE SONHO DE TELEVISÃO. ESTÚDIO. SALA DE REUNIÕES. INT. DIA.

Mônica e Júlio conversam.

JÚLIO
Não fica nervosa, que eu vou dar um jeito na Flávia.

MÔNICA
Acho bom! E vê se manda o diretorzinho nunca mais se meter comigo.

JÚLIO
Deixa comigo, gata. Agora me/

SECRETÁRIA (abre a porta)
Que bom que te achei, Júlio. O Aderbal quer falar com você.

JÚLIO
(disfarça) Mônica, não se preocupa, que eu resolvo. Se precisar de mais alguma coisa, me procura. (à secretária) Vamos.

Júlio sai com a moça. Mônica fica na sala, ainda com raiva.

MÔNICA
Ninguém passa por cima de mim. Ninguém!

CORTA PARA

CENA 13. DELEGACIA DA MULHER. SALA DA DELEGADA. INT. DIA.

A delegada está sentada à mesa e conversa com uma policial. Outros dois (um casal) abrem a porta e trazem Jairo algemado. Colocam-no sentado à frente da delegada, enquanto ele esperneia.

JAIRO
Armaram pra mim! Me solta!

POLICIAL HOMEM (à delegada)
O valentão que bateu na jornalista ontem.

JAIRO
Não bati em ninguém!

Jairo se levanta, mas o policial coloca-o novamente sentado.

DELEGADA
Ah, não? Só fez carinho nela e na outra moça, não foi? (firme) Elas fizeram corpo de delito, e adivinha: a marca da sua pata estava nelas. Também vi nas imagens da câmera de segurança. Nem disfarçar você sabe, né?

JAIRO
Elas me provocaram.

DELEGADA
Ah, tadinho! Machões como você, a gente vê todos os dias. (aos policiais) Joga esse troço na cela.

JAIRO
Não me toca!

O casal de policiais pega Jairo e o arrasta pra fora. A policial que estava desde o início da cena fecha a porta e se junta à delegada.

DELEGADA
Se todas denunciassem os agressores como as duas fizeram, evitaríamos muito feminicídio.

POLICIAL
Elas ainda têm medo, mesmo com a lei do lado delas.

A delegada e a policial conversam em OFF.

CORTA PARA

CENA 14. REVISTA DE FOFOCAS. REDAÇÃO. INT. DIA.

Lilian conversa com Zu na estação.

LILIAN
A delegada me ligou ainda há pouco.

ZU
Quem sabe ele não se arrepende do que fez e…

LILIAN
Não quero mais vê-lo nem pintado de ouro. Não quero apanhar dele de novo. (pausa) Ele tem obsessão por mim. Não é amor. É uma coisa doentia, não sei explicar. (pausa) E você? Como foi ontem?

ZU
Não foi. Nem apareceu, o safado.

Nara entra com Isolda. A primeira vê Lilian e se junta a ela e a Zu. Isolda presta atenção à conversa.

NARA
Lilian? (abraça-a rapidamente) É verdade o que estão dizendo sobre o/

ZU
É, Nara.

NARA
Meu Deus! Que coisa horrível! Como ele pôde?

LILIAN
O importante é que está preso e não vai mais me procurar tão cedo.

ISOLDA (se intromete)
Que pena! Parecia um ótimo rapaz.

LILIAN
Mais uma vez, nem esperou pra espalhar minha vida, não foi?

ISOLDA
Desculpa, amore, mas é o meu trabalho.

LILIAN
Não, não é seu trabalho fazer intriga da vida alheia nem espalhar o mal.

NARA
Lilian, não fala assim/

ISOLDA
Deixa, Nara. Ela está nervosa com/

LILIAN
Com a sua maldade. O que ganha prejudicando a vida de todo mundo?

ISOLDA
Ai, deixa de ser rancorosa, querida. Faz mal pro coração.

LILIAN
Vamos pra cantina, Zu… antes que a gente veja a cobra morder a língua e morrer bem aqui.

NARA
Que jeito de falar!

LILIAN
É o que penso.

Lilian pega Zu pela mão e sai com ela pelo corredor. Nara se vira para Isolda.

ISOLDA
Liga não. Ela está em choque por causa do noivo. Sei relevar essas coisas.

NARA
Que bom! É o que espero de você e de todos que trabalham pra mim. Vou pra minha sala.

ISOLDA
Melhor não. Seu ex está lá.

NARA
O quê? Mas era só o que me faltava. Vai lá e diz pra ele que tive uma reunião na Cochinchina, no fim do mundo ou onde você quiser.

Nara sai pela porta principal. Isolda ri de deboche.

CORTA PARA

CENA 15. CASA DE MIGUEL. SALA. INT. DIA.

Norma coloca o café da manhã na mesa. Miguel sai do banheiro, já arrumado.

NORMA
O café tá pronto.

Miguel tenta beijar Norma, mas ela se esquiva. Chateado, ele se senta à mesa.

MIGUEL
Vou tomar só um café e já vou pra praça.

NORMA (censura)
Miguel, são nove da manhã.

MIGUEL
Não tem hora pra arrumar dinheiro.

NORMA
É por isso que eu preferia que você tivesse um trabalho decente.

MIGUEL
Ninguém dá um bom emprego pra um velho como eu, e você sabe. Agradeça aos céus que estou na orquestra da faculdade.

NORMA
E ganha menos que um salário.

MIGUEL
…que aumento com o que ganho na praça. Não é vergonha alguma usar meu talento pra/

NORMA
Pra mim é vergonhoso. Não é você que fica ouvindo as vizinhas rirem da nossa cara. Olha o marido dela! Toca na praça vestido igual a um mendigo! Olha lá! Ela não sabe escolher marido!

MIGUEL
Você se importa com o que elas pensam ou deixam de pensar?

NORMA
Claro que me importo. Seu filho também tem vergonha de você, sabia?

MIGUEL (se levanta)
Perdi a fome.

NORMA
Sabe o que o Guilherme fala na faculdade? (Miguel pega o violino encostado na parede) Volta aqui, que estou falando!

Miguel sai. Norma, com raiva, senta-se à mesa e se serve de café.

CORTA PARA

CENA 16. APARTAMENTO DE LILIAN. QUARTO DE LILIAN. INT. DIA.

Lilian pesquisa no notebook sobre Ruggero Fontana e anota informações no bloco. Está sentada na cama com todo o material. CAM na tela. Lilian digita no site de buscas “Ruggero Fontana filho” e clica no botão. Na próxima página aparecem links desencontrados e não relacionados ao filho morto do magnata. CAM em Lilian.

LILIAN
Claro que ele mandou tirar tudo da internet.

CAM novamente na tela do notebook. Digita “Ruggero filho morto” e clica em OK. Aparece outra tela com links sem sentido. Lilian desce a tela com o mouse, até que aparece “Por que o sucessor da Rede Sonho foi eliminado por Ruggero”. CAM em Lilian.

=== SONOPLASTIA: SUSPENSE ===

LILIAN
Mas como assim? Deixa eu ver isso aí.

CAM na tela. Lilian clica no link e espera o site entrar. Segundos. Aparece o código 404 em letras grandes. CAM em Lilian.

LILIAN
Fora do ar. (pausa) Aí tem…

CORTA PARA

CENA 17. RESTAURANTE. INT. DIA.

=== SONOPLASTIA MUDA PARA Só em Teus Braços – Nana Caymmi ===

Nando e Nara almoçam juntos. Trocam olhares. Silêncio. Nara sorri.

NARA
Sabe que estou amando passar um tempo com você? Você me passa segurança, sensibilidade. Gosto de homem assim.

NANDO
E seu ex? Era assim?

NARA
Não quero falar dele. Vamos falar de nós. Ah, não pense que estou te assediando, porque não é/

NANDO
Não estou achando nada, fica tranquila. Você também é uma ótima companhia. Jamais esperei que fôssemos nos dar bem desse jeito.

NARA
Eu também.

GARÇOM (atende)
Com licença. Desejam mais alguma coisa.

NARA (a Nando)
Você escolhe.

Nando e Nara sorriem um para o outro.

=== SONOPLASTIA OFF ===

CORTA PARA

CENA 18. REVISTA DE FOFOCAS. REDAÇÃO. INT. DIA.

Isolda e Zu conversam perto da mesinha do café. Isolda enche uma xícara de café e põe adoçante.

ISOLDA
Ah, eles combinam um com o outro; ele é jovem, bonito, chato às vezes, mas é um bofe. Nara escolheu a pessoa certa.

ZU
Bem ao teu gosto, né?

ISOLDA
Está insinuando o quê? Ele não faz meu tipo não, ô, lunática.

ZU
Ele não, mas o Sérgio.

ISOLDA
Não sei aonde você tá querendo chegar.

ZU
Sabe muito bem. Você tirou a Nara dele por quê?

ISOLDA
Porque ele é um cafajeste, e ela não merece bicho traidor.

ZU
Aham, sei… Você tem uma queda por ele. Só que ele te teu um toco, e você ficou aí querendo vingança. Admite.

ISOLDA
Não vou nem te responder.

ZU
Fofô da minha vida, ninguém acaba com um casamento sem motivo nenhum, nem mesmo sendo uma fofoqueira profissional. Cá pra nós, o Sérgio ainda dá um caldo.

ISOLDA
Então fica com ele pra você… mas cuidado pra se contaminar. Ele é tóxico. Agora me deixa trabalhar e não se mete na minha vida.

Isolda se afasta, irritada. Zu ri; pega uma xícara de café e bebe sem adoçar.

ZU
Amo café puro. Delícia!

CORTA PARA

CENA 19. GRAVADORA. SALA DO PRESIDENTE. INT. DIA.

Plínio, o presidente, analisa documentos. Renato entra com a secretária. Ela fecha a porta por fora em seguida.

PLÍNIO
Entra, Renato. Senta aqui.

RENATO (obedece)
Mandou me chamar?

PLÍNIO
Mandei. Quero falar com você sobre as vendas do CD. Em um mês, você é o campeão de vendas disparado. Jogou Janete & Janice lá pra baixo.

RENATO (comemora)
Não esperava tanto.

PLÍNIO
Graças à sua estrela, meu rapaz. Tem um monte de jornalistas querendo te entrevistar, vários programas te chamando pra TV e pro tube… Sua agenda vai explodir de tão lotada. Se prepara.

RENATO
Minha vida já tá lotada, e agora mais essa…

PLÍNIO
É o preço da fama, meu caro.

CORTA PARA

CENA 20. MANSÃO DE RUGGERO. SALA. INT. DIA.

Arnaldo abre a porta para Fausto. Melita se levanta do sofá e o cumprimenta.

FAUSTO
Melita, como vai?

MELITA
Melhor agora. Queira se sentar.

FAUSTO
Com licença. (senta-se no sofá) O Ruggero está?

MELITA (também se senta)
Não, ele deu uma passada na emissora. Não deve demorar.

FAUSTO
Prefiro assim. Analisei os últimos exames dele e…

=== SONOPLASTIA: SUSPENSE ===

MELITA
E…? Não vai me dizer que/

FAUSTO
Vai me prometer que não vai contar nada pra ele ainda.

MELITA
Tá bom, mas me fala. Estou aflita.

CLOSES alternados entre Fausto e Melita.

CORTA RÁPIDO PARA

CENA 21. APARTAMENTO DE BRENO. SALA. INT. DIA.

Sérgio, sentado à mesa, digita a novela no notebook. César dorme no sofá. Tem um pesadelo e se debate enquanto fala.

CÉSAR
Vou acabar com você, maldito! Velho pilantra!

Sérgio se preocupa. César acorda assustado.

=== SONOPLASTIA OFF ===

Efeito de fim de capítulo: imagem de César congela; efeito de flash de fotografia; imagem fica em preto e branco.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on tumblr
Tumblr

LEIA TAMBÉM

>
Rolar para o topo
Suporte Cyber TV
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos lhe ajudar?
Estamos sempre disponíveis.
Powered by