Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on telegram

Ilha dos Vampiros – Capítulo 7

CENA 1. ILHA. LABORATÓRIO. DIA

Tati e Clara corre desesperadas até que dão de cara com Julia, Beto e Maria. Maria abraça Tati e ela estranha seu novo visual. 

TATI – Mãe você esta diferente.

MARIA – Gostou? Eu estou rica, senti muito sua falta.

BETO – Eu sou Beto, namorado da sua mãe.

Tati mexe com as mãos fazendo Beto levitar, ele fica com medo gritando. Julia sorri.

MARIA – O que é isso Tati? Você é bruxa? Baixa ele que ele é do bem.

TATI – Tá bom.

CLARA – Essa safada da doutora Julia nos tranformou em Mutantes.

JULIA – Transformei mesmo, agora vocês podem me ouvir? Vou deixar vocês morar numa mansão na colina, segura.

MARIA – Òtimo.

CENA 2. MANSÃO. INT. DIA

O telefone não para de tocar, a empregada corre para atender e ver Filipa mexendo no celular.

EMPREGADA – Por que você não atendeu?

FILIPA – A serviçal é você.

Marcelo e Fernanda descem com as malas, eles correm para um helicóptero, Filipa e a Empregada também correm.

MARCELO – TEMOS QUE SAIR DAQUI.

FERNANDA – Não vejo a hora de chegar na Europa.

FILIPA – Vamos para Paris?

Filipa pula de alegria.

MARCELO – Julia, você me paga!

Breno chega com uns policiais, ele tenta deter o helicóptero mas não consegue, o helicóptero segue viagem até que perto da ilha ele da pane e começa a cair. Quando cai na água,  todos começam a gritar por socorro e Filipa ver calda nascendo em sua perna e fica assustada, mas resolve ajudar sua família levando todos até a areia.

CENA 3. MANSÃO COLINA. INT. NOITE

Maria conversa com Beto e Tati e Clara jantam.

TATI – Nem acredito que agora estamos presas nesse fim de mundo e que lá fora tem vampiros perigosos.

CLARA – Que medo.

Tati fica observando Beto e sorrir.

CENA 4. ILHA. EXT. NOITE

Marcelo e Fernanda começam a discutir mas logo param ao ver uma luz vindo do mato. Eles seguem até a casinha e ao entrar enaontram Ariana e Miguel que tenta os atacar mas reagem surpresos ao ver que são seus familiares. Todos se abraçam. 

CENA 5. ILHA.LABORATÓRIO. INT. DIA

Julia caminha desfilando pelo corredor com uma taça de champagne até uma cela, ela entra e aprecia pelo vidro um homem furioso, ela se senta em uma cadeira o observando.

JULIA  – Calma querido, não sei você mas eu estou tendo uma visão dos Deuses.

O homem se trata de Noé que esta aprisionado, vemos que ele esta pelado mostrando as nadegas, furioso ele bate no vidro tentando quebrar.

NOÉ – Me tira daqui desgraçada!

JULIA – Não adianta gritar que ninguém te ouve, e se ouvir não poderão fazer nada porque essa ilha é minha e quem manda sou eu.

COMPARTILHAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on tumblr

POSTADO POR

Pedro Félix

Pedro Félix

>