Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on telegram

Insensatez – Capítulo 18

Insensatez

Novela de Débora Costa

Escrita Por

Débora Costa

Colaboração

Tainá Andaluz

Direção

Wellyngton Vianna

Núcleo

Cyber Séries

Personagens desse capítulo

AMON

AUGUSTO

CELINE

DIMITRI

FERNANDA

GIANE

MARCOS

MARTA

OSCAR

PAULA

RAYSSA

RICARDO

ROBERTO

SÉRGIO


Cena 1/Int./Osiria Cosméticos/Escritório de Marcos/Dia.

Marcos encara Roberto.

MARCOS

Eu não tenho nada para falar com você!

ROBERTO

Fernanda me disse que a Celine veio até aqui te procurar.

Marcos se aproxima de Roberto, está com raiva.

MARCOS

Fernanda te procurou?

ROBERTO

Sim, mas foi para me pedir que não dê mais presentes para ela.

MARCOS

Isso você deveria ter se tocado não é?

ROBERTO

Marcos eu passei momentos ruins com a Celine, queria afastar ela de mim, então quando ela chegou disse que a Fernanda era minha namorada, não fazia ideia de que isso chegaria aos seus ouvidos e nem que traria problemas para a Fernanda.

MARCOS

Como você apresenta uma mulher comprometida como sua namorada? Achou o que? Que essa mentira nunca seria descoberta? Olha aqui fica bem longe da Fernanda, ela é minha noiva.

ROBERTO

Ela é uma amiga Marcos, só isso, você errou ao não confiar nela, Fernanda é uma mulher maravilhosa.

Marcos abre a porta do escritório, está com raiva.

MARCOS

Vai embora antes que eu arrebente sua cara!

Roberto sai, Marcos bate a porta, está nervoso, fica pensativo.

Cena 2/Int./Mais Tarde – Lanchonete/Dia.

Sérgio está sentado em uma das mesas, Rayssa se aproxima, se senta.

RAYSSA

Achei que a Giane estaria aqui com você.

SÉRGIO

Ela não sabe que vim falar com você.

RAYSSA

Entendi…

SÉRGIO

Como você está?

RAYSSA

Ótima, estou feliz trabalhando com a nova campanha da Osiria e com a gravidez.

Sérgio sorri.

SÉRGIO

Eu também estou feliz Rayssa, quero participar de tudo que você for fazer em relação ao nosso filho.

RAYSSA

Só tem um problema Sérgio, Giane…

SÉRGIO

Ela tem que entender que estar com ela é uma coisa e que meu filho é outra.

Rayssa dá risada.

RAYSSA

Você não conhece a Giane ainda, quando o tesão passar, você vai ver como ela é de verdade, a Giane nunca vai aceitar que você fique perto de mim.

SÉRGIO

Ela tem aceitar e pronto, o filho é meu e eu quero participar de tudo.

RAYSSA

Eu te amei tanto Sérgio… Como nunca tinha amado outra pessoa, quando comecei a sentir raiva, mágoa, descobri que estava grávida e me senti tão bem, não pelo fato do filho ser seu, mas porque eu vi que tenho outros motivos para ser feliz, não vale a pena odiar ninguém.

Sérgio segura a mão de Rayssa.

SÉRGIO

Eu gosto de você Rayssa, te trair não era o que queria, mas aconteceu.

Rayssa puxa a mão que Sérgio está segurando, sorri.

RAYSSA

Você transou com a Giane sem querer, entendi… Olha Sérgio agora eu já sei que você vai ser um pai presente, então já vou, te aviso de qualquer novidade, e vou dar uma festa no meu aniversário, vou contar que estou grávida para meus amigos e minha família, você não pode faltar.

SÉRGIO

Pode contar comigo.

Rayssa se levanta, o garçom vem trazendo o pedido de Sérgio, Rayssa pega o lanche.

RAYSSA

Pede outro porque esse aqui é meu e do meu filho.

Rayssa sai comendo, Sérgio dá risada, sorri, fica pensativo.

Cena 3/Int./Mansão Gouveia/Sala/Dia.

Augusto está sentado, pensativo, Giane desce as escadas, abraça Augusto por trás, beija o rosto dele.

GIANE

Papai eu preciso falar com você.

AUGUSTO

Eu precisava desse abraço meu amor, pode falar.

Giane se senta ao lado de Augusto.

GIANE

O Sérgio precisa do emprego dele de volta, ele está muito chateado por ter sido despedido só porque a Fernanda não vai com a cara dele.

AUGUSTO

Entendo, mas porque é você que está pedindo e não a Rayssa?

GIANE

Porque ela nunca vai fazer isso papai, mas o Sérgio tem razão ele foi despedido sem motivos, você pode chamar ele para trabalhar na Osiria de novo?

AUGUSTO

Agora que Rayssa está grávida dele é melhor que ele seja bem visto por todos, meu neto ter um pai pobre já não cai bem, quem dirá podre e desempregado… Para Fernanda não ficar chateada comigo eu vou contratar Sérgio para trabalhar em um departamento longe dela.

Giane fica feliz, beija o rosto de Augusto.

GIANE

Obrigada papai!

A campainha toca, Giane se levanta, a empregada abre a porta, Oscar entra, Augusto se levanta com raiva, encara Oscar.

AUGUSTO

Como você se atreve a vir na minha casa!

Oscar sorri, Giane observa.

OSCAR

A Fernanda me convidou Augusto.

GIANE

Nossa ela te convidou? Quem é você?

OSCAR

Chico fui eu quem ajudou Fernanda no acidente da fazenda e você é a Giane?

Giane sorri.

GIANE

Sou sim, já ouvi falar muito de você aqui depois do acidente, virou um herói por estar na hora e no lugar certo.

OSCAR

Exatamente.

GIANE

Não entendo porque meu pai está com raiva de você, deveria estar agradecido por ter salvo a filha preferida dele.

AUGUSTO

Não tem isso de filha preferida Giane, e está tudo bem, Chico e eu somos velhos amigos.

GIANE

Se você diz, bem com licença.

Giane sobe as escadas.

OSCAR

Você não tem que ter mesmo uma filha preferida, Giane e Fernanda são minhas!

AUGUSTO

Fala baixo! Não se atreva a contar isso para elas! Eu as criei, são minhas filhas! 

Marta entra, sorri ao ver Oscar.

MARTA

Oscar, o que você está fazendo aqui?

AUGUSTO

Também quero saber!

OSCAR

Fernanda me convidou para jantar e eu quero saber se posso vir hoje á noite.

AUGUSTO

Não! Você não é bem vindo aqui!

Fernanda se aproxima.

FERNANDA

Por que o Chico não é bem vindo papai?

Cena 4/Int./Restaurante/Dia.

Celine e Amon estão em uma das mesas almoçando.

CELINE

Então essa tal Giane ficou anos com você prometendo que iria se separar e agora ela arrumou outro amante.

AMON

É… Mas o que eu puder fazer para atrapalhar ela farei, já contei tudo para o marido dela, só não sei o que ele está esperando para agir!

CELINE

Provavelmente ele não vai fazer nada Amon, se ele é corno conformado vai ser sempre assim,

AMON

Dessa vez acho que ele desmascara essa ordinária!

CELINE

Ordinária que você gosta.

AMON

Já está me dando tanta raiva que acho que já estou a odiando… E você com Roberto?

CELINE

Eu não estou nem ai pra ele, mas quero a grana que ele tem, tenho certeza que em breve ele volta pra mim, é só a Fernanda sair do meu caminho.

AMON

Fernanda é outra que adoraria ver por terra, se precisar da minha ajuda para fazer qualquer coisa contra ela pode contar comigo.

CELINE

É bom saber Amon.

AMON

Me fala uma coisa, você tem algum relacionamento?

CELINE

Tinha até pouco tempo, mas o desgraçado foi embora com o pouco de dinheiro que eu tinha.

AMON

Vamos sair hoje á noite, que você acha?

Celine sorri.

CELINE

Ótima ideia Amon.

Amon beija a mão de Celine, sorri safado.

Cena 5/Ext./Mansão Gouveia/Piscina/Dia.

Giane está sentada, Ricardo se aproxima, Giane se levanta, sorri beija Ricardo.

GIANE

Que bom que você veio mais cedo meu amor, o que aconteceu?

RICARDO

Dimitri está no Brasil, ligou avisando que irá ainda hoje na Osiria, como não consegui falar com ninguém por telefone vim avisar.

GIANE

Tenho certeza que essa sociedade já é nossa meu amor… Ricardo aproveitando que você está aqui vou te pedir uma coisa.

RICARDO

O que?

GIANE

Uma amiga minha me convidou para passar o fim de semana na casa de praia dela, eu posso ir?

Ricardo, fica sério, pensativo, sorri para Giane.

RICARDO

Claro que pode meu amor, você merece se divertir, passa o dia todo aqui sozinha enquanto eu trabalho, deixar você ir é o mínimo que posso fazer.

Giane feliz abraça e beija Ricardo.

GIANE

Obrigada Ricardo! Você não sabe como isso vai ser bom pra mim.

RICARDO

Eu sei… Bem agora você me dá licença porque eu tenho que avisar ao Augusto que Dimitri está vindo.

GIANE

Vai lá meu amor, te amo.

Ricardo entra na mansão, Giane sorri.

Cena 6/Int./Mansão Gouveia/Sala/Dia.

AUGUSTO

Chico não é bem vindo toda hora aqui Fernanda, já estou com ciúmes dele com você minha filha.

Fernanda sorri, abraça Augusto, beija o rosto dele, Oscar fica chateado.

FERNANDA

Não precisa ter ciúmes do Chico papai.

CHICO

Eu vim porque você me convidou para jantar e eu queria saber se pode ser hoje.

FERNANDA

Hoje eu não sou boa companhia Chico, mas assim que me sentir melhor eu te ligo, pode ter certeza.

MARTA

Você será bem vindo.

Rayssa entra, sorri para Oscar.

RAYSSA

Oi.

OSCAR

Oi.

RAYSSA

Você é…

FERNANDA

Esse é o Chico que me ajudou na fazenda.

RAYSSA

AH! Sim! Mas olha eu não sei se você fez uma boa coisa, talvez se você chegasse um pouco mais tarde a Fernanda perderia a memória e deixaria de ser tão chata.

Oscar sorri.

FERNANDA

Para de falar bobagens Rayssa.

RAYSSA

Então Chico já que você é amigo da família já está convidado para minha festa de aniversário, quando tiver tudo pronto te mando um convite, será um baile de máscaras.

OSCAR

Ideia mais original que essa menina não poderia ser tenho certeza que muita gente usa máscara no dia a dia.

RAYSSA

É esse o espírito da coisa Chico, já gostei de você, com licença.

Rayssa sobe as escadas, Ricardo entra.

OSCAR

Eu já vou indo então, desculpem o incomodo.

FERNANDA

É sempre bom te ver Chico.

MARTA

Eu te acompanho até lá fora.

AUGUSTO

Não!

RICARDO

Augusto eu preciso falar com você, Dimitri está aqui no Brasil e vai hoje até a Osiria.

Marta e Oscar aproveitam o momento e saem, Augusto fica com raiva, disfarça.

FERNANDA

Ele está aqui é… Eu vou com vocês para a empresa.

RICARDO

Fernanda o Dimitri não negocia com mulher, uma vez na vida você pode fazer uma coisa que te peço, não vá.

FERNANDA

Desculpa Ricardo, mas eu vou sim e será comigo que Dimitri vai fechar negócio.

AUGUSTO

Fernanda se o Dimitri disser que não faz negócio com você, por favor, deixe conosco.

Augusto vai até ao bar, pega vinho, se serve, Marcos entra.

MARCOS

Fernanda eu preciso falar com você.

FERNANDA

Agora não Marcos…

Augusto e Marcos caminham na mesma direção, Marcos esbarra sem querer em Augusto que derrama vinho na camisa.

MARCOS

Desculpa Augusto!

Augusto tira a camisa, está nervoso.

AUGUSTO

Não tem problema Marcos.

Augusto vai em direção as escadas, Marcos vê uma marca que Augusto tem nas costas, estranha, Fernanda olha Marcos.

FERNANDA

O que foi?

MARCOS

Nada… Eu só quero falar com você Fernanda, por favor.

FERNANDA

Tudo bem… Ricardo se vocês forem sem mim vão ver só hein.

RICARDO

Pode deixar lady Fernanda, nós te esperamos.

Fernanda sorri, e sobe as escadas acompanhada de Marcos.

Cena 7/Int./Mansão Gouveia/Suíte de Fernanda/Dia.

Marcos e Fernanda entram.

FERNANDA

Pode falar Marcos.

MARCOS

Roberto foi falar comigo na empresa…

FERNANDA

Eu falei para ele não ir!

MARCOS

Eu sei… Mas ele confirmou a história que você contou, que ele te apresentou como namorada num impulso… Me desculpa Fernanda, eu agi feito um idiota.

Fernanda fica triste.

FERNANDA

Você só está aqui porque acreditou no que outra pessoa te falou e não em mim Marcos, você não confia mais em mim, acha que eu posso te trair a qualquer momento e isso me deixa arrasada!

MARCOS

Eu sei, me perdoa meu amor, eu vou tentar me controlar mais.

Fernanda chora, abaixa a cabeça.

FERNANDA

Eu acho melhor darmos um tempo Marcos.

Marcos segura as mãos de Fernanda, fica desesperado.

MARCOS

Não meu amor! Não precisamos disso, eu prometo que vou acreditar em você, confiar!

FERNANDA

Eu quero e preciso desse tempo…Eu te amo Marcos, mas estar com uma pessoa que te julga e desconfia de você é torturante demais, peço que respeite o meu pedido, eu preciso de um tempo.

Marcos chora, se afasta de Fernanda.

MARCOS

Quanto tempo?

FERNANDA

Não sei…

MARCOS

Eu vou mudar você vai ver, eu te amo muito para ficar longe de você.

FERNANDA

Eu também te amo, mas é como falei, ficar ao seu lado e me sentir mal não é bom pra mim e nem pra você… Vou precisar ter certeza que você vai parar com essas crises de ciúmes doentias.

MARCOS

Tenho meus motivos…

Fernanda sorri.

FERNANDA

É sobre isso que estou falando Marcos, desde o momento que te contei que fiquei com o Amon que você acha que eu vou te trair com todos os homens que conheço!

MARCOS

Desculpa…

FERNANDA

Só preciso de um tempo, só isso.

MARCOS

Promete que não vai ser para sempre.

FERNANDA

Se nada mudar Marcos… Não volto com você.

Marcos e Fernanda se olham tristes.

Cena 8/Int./Mais tarde – Osiria Cosméticos/Sala de Reunião/Dia.

Fernanda, Ricardo e Augusto estão esperando Dimitri.

AUGUSTO

Se esse cara nos fizer ficar aqui esperando de novo, quem não vai querer mais a sociedade sou eu!

Paula entra acompanhada de Dimitri que olha em volta, observando tudo.

RICARDO

Dimitri, até que enfim nos vemos, é um prazer te receber aqui.

Ricardo e Dimitri apertam as mãos.

DIMITRI

Merci (obrigado)… 

AUGUSTO

Eu sou Augusto Gouveia dono da Osiria, e essa é minha filha Fernanda.

Augusto aperta a mão de Dimitri, Fernanda encara Dimitri que beija a mão dela, sorri.

DIMITRI

Hoje é dia de negócios, sua família poderia conhecer depois.

FERNANDA

Eu sou Gerente administrativa da empresa e é comigo que o senhor vai negociar.

Ricardo e Augusto se olham, Dimitri sorri.

DIMITRI

Por mais linda que eu possa te achar, não negocio com mulheres, seu papai deveria ter te dito isso Fernanda.

FERNANDA

Ele me disse, mas eu não quis acreditar que nos dia de hoje poderia haver alguém que agisse de uma maneira machista e antiquada, ainda mais no ramo de cosméticos.

RICARDO

Fernanda nós podemos cuidar disso.

FERNANDA

Se o Dimitri não aceitar negociar comigo, não fará com vocês também, ele não serve para a Osiria.

Paula, Ricardo e Augusto se olham preocupados, Fernanda encara Dimitri que sorri.

Fim do Capítulo

COMPARTILHAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on tumblr

POSTADO POR

Débora Costa

Débora Costa

Estreia dia 19 de Outubro

Estreia dia 20 de Outubro

>