Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on telegram

Insensatez – Capítulo 21

Insensatez

Novela de Débora Costa

Escrita Por

Débora Costa

Colaboração

Tainá Andaluz

Direção

Wellyngton Vianna

Núcleo

Cyber Séries

Personagens desse capítulo

ALINE

AMON

AUGUSTO

CELINE

DIMITRI

FERNANDA

GIANE

MARCOS

MARTA

PAULA

RAYSSA

RICARDO

ROBERTO


Cena 1/Int./Mansão Gouveia/Suíte de Giane e Ricardo/Dia.

Continuação do capítulo anterior.

Giane se levanta do chão, pega um roupão, veste, chora.

GIANE

Você vai se arrepender Ricardo! Não sei o que foram te inventar, mas é mentira! Não tenho nada com o Sérgio!

Ricardo segura Giane pelos braços, ele está com raiva.

RICARDO

Vai continuar mentindo?

GIANE

Não estou mentindo!

Ricardo sai da suíte puxando Giane pelo braço.

Cena 2/Int./Mansão Gouveia/Sala/Dia.

Marta e Rayssa estão conversando sentadas no sofá, Ricardo desce as escadas puxando Giane pelo braço, Marta e Rayssa se levantam.

MARTA

O que é isso Ricardo?

RICARDO

Cansei das mentiras da Giane! Cansei de ser feito de trouxa! 

GIANE

(chorando) Me ajuda mamãe! Ricardo está fora de si, não sei quem inventou mentiras ao meu respeito.

Ricardo dá um tapa no rosto de Giane, Marta fica assustada se aproxima, Rayssa observa.

RICARDO

Para de mentir!

MARTA

Para com isso Ricardo, solta a minha filha.

RICARDO

Não até ela confessar que está me traindo com o Sérgio.

RAYSSA

Então é isso… Fala de uma vez Giane e dai você para de ser saco de pancada.

Giane olha Rayssa com ódio.

GIANE

Foi você que inventou essas mentiras…

RICARDO

Não são mentiras! 

Ricardo olha Marta e Rayssa.

RICARDO

Não quero ninguém atrás de mim! Vou conversar com a Giane no escritório!

Ricardo entra puxando Giane pelo braço no escritório, Marta fica preocupada, chora.

MARTA

Eu vou chamar o Augusto, tenho medo que Ricardo passe dos limites e faça uma loucura. 

RAYSSA

Fica tranquila mamãe, vaso ruim não quebra.

Cena 3/Int./Osiria Cosméticos/Administração/Dia.

Augusto se aproxima de Fernanda.

AUGUSTO

Fernanda não precisava ter batido no Dimitri ele te fez um elogio só isso.

FERNANDA

Elogio?… Não é porque esse francês imbecil assinou um contrato que vamos tampar o sol com a peneira papai! Ele é grosseiro e acha que é o dono do mundo porque é homem!

Paula observa.

DIMITRI

Está tudo bem, não precisam brigar por minha causa, mas foi um elogio Fernanda, sem segundas intenções ou ofensas.

Fernanda está com raiva.

FERNANDA

O tempo que estiver aqui no Brasil e vier até a empresa, fique bem longe de mim senhor Le Blanc, ouviu? Fica bem longe de mim!

Fernanda sai, Augusto fica sem graça.

AUGUSTO

Peço desculpas pela Fernanda, ela nunca se comporta dessa maneira.

DIMITRI

(sorri) Fui premiado, mas não se preocupe Augusto, realmente está tudo bem, agora se me der licença tenho um compromisso.

Dimitri sai.

AUGUSTO

Por essa eu não esperava, Fernanda bater em Dimitri…

PAULA

Você não percebeu? Augusto o Dimitri fez de propósito para provocar a Fernanda.

AUGUSTO

Esse é o jeito dele Paula.

PAULA

Pode até ser, mas que o Dimitri gostou de ver a reação da Fernanda ele gostou.

Cena 4/Int./Apartamento de Amon/Quarto/Dia.

Amon e Celine estão deitados na cama.

CELINE

Eu não vou conseguir reconquistar Roberto, então vou ter que agir de outra forma para conseguir o que quero.

AMON

O que você pretende fazer?

CELINE

Denunciar o Roberto por estar envolvido emocionalmente com uma paciente, no caso a Fernanda.

AMON

Mas ele vai ficar com raiva e não vai te dar nada.

CELINE

(sorri) Eu vou ameaçar ele antes, caso ele não dê tudo o que eu pedir, faço uma denuncia.

Amon dá risada.

AMON

Agora eu entendi, ótima ideia Celine.

CELINE

Quero ver aquele idiota não dar o que quero.

AMON

E eu estou aqui esperando o Ricardo fazer alguma coisa com a Giane, aquela vagabunda, me enganou muito tempo, me fez esperar por ela…

CELINE

Você a ama?

AMON

Amo… Mas estou com raiva e por isso entreguei ela ao Ricardo.

CELINE

E se ele a matar?

Amon dá risada.

AMON

Ricardo não mata nem formiga, quem dirá a Giane.

CELINE

Na hora da raiva a razão foge do alcance Amon.

Amon fica pensativo.

Cena 5/Int./Hospital/Consultório de Roberto/Dia.

Aline entra.

ALINE

Bom dia doutor, você disse para eu vir conversar aqui e eu vim.

ROBERTO

Ontem eu não tive tempo mesmo, mas agora tenho essa hora livre, fique a vontade, o que você quer falar?

Aline se senta.

ALINE

Quero falar sobre Marcos e Fernanda, eu amo o Marcos e sei que você gosta da Fernanda.

ROBERTO

É eu gosto muito dela.

ALINE

Vamos separar os dois de vez doutor.

ROBERTO

Não sei Aline…

ALINE

Vai ser fácil Roberto, ontem você me viu beijando o Marcos. É só contar para a Fernanda porque ela me viu com o Marcos no restaurante.

ROBERTO

Isso eu posso fazer, aliás, eu já estava com vontade de contar.

ALINE

Então e depois o Marcos vai ter que ver a Fernanda com você, te beijando.

ROBERTO

A Fernanda não tem nada comigo, ela não vai me beijar do nada e mesmo assim, como Marcos iria ver?

ALINE

Nós combinamos lugar e hora, e assim que você ver o Marcos é só beijar a Fernanda.

ROBERTO

Ela vai me odiar e não quero isso.

ALINE

Não vai, confia em mim.

ROBERTO

Eu tenho que pensar.

ALINE

Tudo bem, mas só peço que conte a ela que me viu aos beijos com o Marcos.

ROBERTO

Vou fazer isso hoje.

Aline sorri se levanta.

ALINE

Obrigada Roberto, depois nos falamos melhor, não quero tomar seu tempo, até logo.

Aline sai, Roberto fica pensativo, pega o celular, liga para Fernanda.

ROBERTO

Fernanda como vai? Desculpa te atrapalhar, mas preciso falar uma coisa importante com você, podemos almoçar juntos?

Cena 6/Int./Osiria Cosméticos/Escritório de Augusto/Dia.

Marcos entra.

MARCOS

Augusto o Ricardo não chegou até agora, tem produto para ser liberado, as lojas estão esperando.

AUGUSTO

Eu vou fazer isso, mas para o Ricardo não ter chegado até agora alguma coisa deve ter acontecido, vou ligar para ele.

MARCOS

Libera os produtos primeiro.

AUGUSTO

Tudo bem vamos lá.

MARCOS

Augusto… Só uma coisa, você conhece a minha mãe há quanto tempo?

AUGUSTO

Tempo o suficiente para querer ela bem longe de mim.

MARCOS

Eu encontrei uma foto de vocês juntos.

AUGUSTO

Deve ser de quando nós namorávamos, não sei por que ela guarda essas coisas, nos odiamos.

Marcos olhando Augusto, pensativo.

MARCOS

Você e minha mãe namoraram?

AUGUSTO

Não foi o que eu acabei de falar? Vamos logo liberar os produtos.

Augusto sai, Marcos fica pensativo.

MARCOS

Eles namoraram… Não pode ser.

Cena 7/Int./Mansão Gouveia/Escritório/Dia.

Ricardo tranca a porta, Giane está com raiva.

GIANE

Ricardo me deixa em paz, eu não fiz nada!

Ricardo abre uma gaveta que estava trancada com chave, pega um envelope, abre pega umas fotos que estão dentro do envelope, começa a jogar as fotos em Giane, está com raiva.

RICARDO

São provas que você quer? Estão ai! Eu contratei um detetive para te seguir Giane! Foi assim que eu tive a certeza de que você estava me traindo!

Giane pega as fotos, fica nervosa, disfarça, olha Ricardo.

GIANE

Por que você fez isso…

Ricardo puxa e segura o cabelo de Giane com raiva.

RICARDO

Sou eu quem pergunto! Por que você me traiu de novo! Me fez de otário esse tempo todo!

Giane com raiva empurra Ricardo.

GIANE

Para de me bater! O que é? Assim você se sente mais homem?

RICARDO

Assim eu te dou o que você merece sua vagabunda!

GIANE

(sorri) Quem me dá o que mereço é Sérgio, não é isso que você quer ouvir de mim? Quer que eu confesse? Então confesso Ricardo!

Giane fala alto.

GIANE

Eu tenho um caso com o Sérgio! Ele me completa! Me satisfaz! É tudo aquilo que você nunca foi!

Ricardo dá um tapa no rosto de Giane.

RICARDO

Como nunca vi a cobra que você é Giane… Esse tempo todo eu te amei, fiz tudo por você e é assim que você age!

GIANE

Você não viu porque é um imbecil! É fácil de manipular, enganar…

Giane dá risada.

GIANE

Esse tempo todo você foi uma marionete Ricardo, te usei como quis, da maneira que quis e você nunca percebeu!

RICARDO

Isso Giane fala tudo, mostra quem você é, chega onde eu quero.

GIANE

E onde você quer que eu chegue?

RICARDO

Nos filhos que você tirou…

Giane fica séria.

GIANE

Que filhos?

Ricardo chora, dá risada entre as lágrimas.

RICARDO

Você nunca para de mentir! Eu sei que você abortou duas vezes!

GIANE

Isso foi o detetive que te contou também?

RICARDO

Não, isso eu sei por que Amon me contou.

Giane fica com ódio.

GIANE

Então tudo isso é culpa do Amon… Maldito, ele vai me pagar caro!

RICARDO

Fala dos meus filhos que você tirou!

GIANE

Você quer que eu fale o que? Que não quis ter os bebês para não estragar meu corpo? Então eu falo e ainda falo ainda mais, o dia que tiver filhos não vai ser de um homem fraco como você não, vai ser de um homem de verdade!

Ricardo pega Giane pelo pescoço, está com raiva, começa a sufocar Giane, que tenta se soltar, Ricardo está com raiva.

RICARDO

Desgraçada! Eu vou acabar com você!

Ricardo não para de apertar o pescoço de Giane, que vai perdendo as forças, Marta e Rayssa abrem a porta entram, Marta fica desesperada, segura Ricardo.

MARTA

Ricardo solta a Giane!

RAYSSA

Para com isso Ricardo! 

RICARDO

Maldita…

MARTA

Por favor! Para Ricardo!

Ricardo solta Giane, abraça Marta, chora, Giane se recuperando, com a mão no pescoço, puxando o ar.

GIANE

Acabou Ricardo… Agora estou livre de você! Vou ficar com o Sérgio sem ter que me explicar á ninguém… Agora sim vou ter o homem que mereço.

Ricardo vai para cima de Giane que sai correndo do escritório, Ricardo vai atrás de Giane, Marta chorando.

MARTA

Rayssa chama o Augusto, ele vai matar a Giane!

Cena 8/Ext./Mansão Gouveia/Dia.

Giane corre para fora da casa, Ricardo está correndo atrás dela, Giane abre o portão corre para a rua, Ricardo a alcança, a segura.

RICARDO

Você não vai se sair bem Giane! Vai pagar por tudo que me fez!

GIANE

Me solta!

Giane se solta de Ricardo, corre para o meio da rua, um carro se aproxima em alta velocidade, Giane não consegue sair antes que o carro chegue e é atropelada, o carro a joga para longe, Giane cai no chão gravemente ferida e desacordada.

Fim do Capítulo

COMPARTILHAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on tumblr

POSTADO POR

Débora Costa

Débora Costa

>