Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on telegram

Insensatez – Capítulo 25

Insensatez

Novela de Débora Costa

Escrita Por

Débora Costa

Colaboração

Tainá Andaluz

Direção

Wellyngton Vianna

Núcleo

Cyber TV

Personagens desse capítulo

ALINE

AUGUSTO

CARLA

CELINE

DIMITRI

FELIPE

FERNANDA

GIANE

MARCOS

MARTA

OSCAR

PAULA

RAYSSA

RICARDO

ROBERTO

SÉRGIO

VÂNIA


Cena 1/Int./Mansão Gouveia/Suíte de Marta e Augusto/Dia.

Fernanda e Marta estão sentadas na cama, Augusto está em pé.

MARTA

Oscar e eu éramos casados Fernanda.

AUGUSTO

E ele era meu melhor amigo, confiava muito nele, um dia o Oscar simplesmente sumiu de nossas vidas, ele foi embora abandonou a Marta e as filhas ainda bebês, Giane e você.

Marta fica triste, abaixa a cabeça, Fernanda observa.

FERNANDA

Foi isso mesmo mamãe?

Marta olha Augusto que a encara, Marta olha Fernanda, chora.

MARTA

Foi meu amor… Oscar nos abandonou.

AUGUSTO

Agora ele está arrependido e quer se aproximar de vocês, tentar recuperar o que deixou para trás.

Fernanda se levanta.

FERNANDA

Eu não quero saber desse homem, se ele nos abandonou é tarde demais para se arrepender, o meu pai é e sempre será Augusto Gouveia.

Augusto sorri feliz, Fernanda beija o rosto dele.

FERNANDA

Eu vou para a empresa, tenho que ver como estão as vendas para decidir qual produto sai do mercado.

Fernanda beija o rosto de Marta, sai, Augusto sorri vitorioso.

AUGUSTO

Muito bem Marta, você fez a escolha certa.

Marta chora.

Cena 2/Int./Apartamento de Roberto/Sala/Dia.

Celine entra, Roberto a segura.

ROBERTO

O que você veio fazer aqui?

CELINE

Abrir o jogo com você Roberto.

Roberto solta Celine.

ROBERTO

Sobre o que?

CELINE

Eu voltei porque estou precisando de mais dinheiro, achei que seria fácil te conquistar, mas como você está enfeitiçado pela Fernanda fica difícil.

ROBERTO

Não acredito nisso, você sempre com más intenções, querendo me usar, usar o meu amor Celine, como pode ser tão fria?

CELINE

Me poupe de sermões não foi para isso que vim até aqui.

ROBERTO

Então para que foi?

CELINE

Você gosta muito do seu trabalho, mas se envolveu emocionalmente com uma paciente e isso é antiético Roberto.

ROBERTO

Já entendi… Você quer dinheiro para não acabar com a minha carreira.

CELINE

Você ficou mais inteligente com o tempo, é isso mesmo que quero.

ROBERTO

De quanto você precisa?

CELINE

Vai ser fácil assim?

ROBERTO

Para me ver livre de você pago quanto for só sua presença me faz mal.

CELINE

Duvido você me amava feito louco.

ROBERTO

Disse bem Celine, amava no passado, hoje em dia não sinto mais nada por você.

Celine fica chateada, disfarça, pega um papel, anota uma quantia, mostra para Roberto.

ROBERTO

Vamos até um caixa eletrônico, vou dar o que você quer e em troca não peço nem o seu silêncio, mas sim que me deixe em paz que não volte mais a me atormentar.

CELINE

Tudo bem prometo que vou te deixar em paz Roberto.

Roberto e Celine saem do apartamento.

Cena 3/Int./Apartamento de Marcos/Sala/Dia.

Aline está sentada pensativa, Vânia se aproxima.

VÂNIA

O que está fazendo ai sozinha Aline?

ALINE

Nada tia, só pensando.

VÂNIA

Então para de pensar e vá ver meu filho, aproveita que ele está longe da Fernanda.

ALINE

Eu já tentei de tudo tia, mas não tem jeito é dela que o Marcos gosta.

VÂNIA

Eu não quero meu filho com a Fernanda! Levanta dai Aline e vai convidar ele para almoçar! 

Aline se levanta.

ALINE

Eu vou, mas estou quase desistindo, por mais que eu ame o Marcos não vou ficar me humilhando para ele.

Aline sai, Vânia fica pensativa.

VÂNIA

Odeio essa gente, não quero Marcos perto deles, tenho que fazer alguma coisa.

Cena 4/Int./Osiria Cosméticos/Escritório de Ricardo/Dia.

Ricardo está sentado, pensativo, Paula entra.

PAULA

Ricardo a reunião com as consultoras da Osiria foi remarcada para hoje á tarde, não esquece.

RICARDO

Obrigado Paula, eu realmente tinha esquecido.

PAULA

Como você está?

RICARDO

Não sei Paula, dentro de mim há uma mistura de sentimentos, raiva, ódio e ao mesmo tempo arrependimento pelo que eu fiz, eu não me controlei, bati na Giane porque ela me tirou do sério com as mentiras e com aquela crueldade toda dela.

PAULA

Não pensa nela Ricardo.

RICARDO

Augusto me expulsou de casa eu estou em um hotel até conseguir um apartamento.

PAULA

Se você quiser pode vir morar comigo.

RICARDO

Melhor não Paula, não quero atrapalhar sua vida.

PAULA

Naquela noite em que ficamos juntos você não percebeu como eu te amo, você não me atrapalha em nada ao contrário, ter você ao meu lado é o que mais quero.

Ricardo se levanta, se aproxima de Paula, acaricia o rosto dela.

RICARDO

Eu senti sim Paula e você não sabe o quanto me fez bem.

PAULA

Então vem morar comigo meu amor.

Ricardo sorri.

RICARDO

Ouvir você me chamar assim é novidade… É bom.

PAULA

Eu vou deixar você pensar se vem morar comigo, eu tenho que voltar ao trabalho.

Paula vai saindo, Ricardo a segura.

RICARDO

Eu vou morar com você Paula.

Paula fica feliz, abraça Ricardo, o beija.

PAULA

Não acredito meu amor! Eu achei que você diria não.

RICARDO

Passei a vida amando a pessoa errada, não vou perder mais tempo evitando a pessoa certa.

PAULA

Obrigada Ricardo, eu te amo.

Paula e Ricardo se beijam.

Cena 5/Int./Hospital/Quarto de Giane/Dia.

Sérgio e Felipe estão em pé, Giane está deitada na cama.

FELIPE

Giane eu vou tirar os curativos do seu rosto.

GIANE

Que ótimo! Isso além de coçar está me deixando agoniada.

SÉRGIO

Eu posso ficar?

FELIPE

Pode.

Felipe começa a tirar os curativos do rosto de Giane, Sérgio observa, Felipe tira todos os curativos, olha alguns instantes para o rosto de Giane que fica preocupada.

GIANE

O que foi?

Sérgio se aproxima de Giane, segura a mão dela.

SÉRGIO

Está tudo bem Giane.

Giane solta a mão de Sérgio, está nervosa.

GIANE

Quando alguém fala isso é porque não está nada bem! Eu quero um espelho!

FELIPE

Não tem espelho aqui Giane.

GIANE

Então vai buscar um agora! Ou eu vou levantar e procurar!

SÉRGIO

Eu vou ver quem tem um espelho… Já volto.

Sérgio sai.

GIANE

Fala Felipe como está o meu rosto?

FELIPE

Giane você apanhou e foi atropelada, é normal que seu rosto esteja marcado.

Giane coloca a mão no rosto, está preocupada, Sérgio entra com um espelho na mão, se aproxima de Giane que tira o espelho da mão de Sérgio, ela olha Felipe e Sérgio, toma coragem se olha no espelho, fica desesperada ao ver cortes e hematomas em seu rosto do lado direito desde a testa até o queixo, chora, grita.

GIANE

Não! Eu não posso estar assim!

SÉRGIO

Giane calma, por favor!

GIANE

Vai embora Sérgio! Não quero que me veja assim!

SÉRGIO

Está tudo bem Giane! Isso vai sair logo!

Giane chora sem parar, joga o espelho no chão, está fora de si.

FELIPE

Giane se você não se acalmar eu vou ter que te dar um sedativo, por favor, fica calma.

Giane

Vai embora Sérgio!

FELIPE

É melhor você sair Sérgio.

SÉRGIO

Eu não vou embora do hospital meu amor, a Rayssa vai vir fazer uns exames e eu vou acompanhar ela, depois eu volto te amo muito.

Sérgio sai, Giane fica com ódio.

GIANE

Eu vou destruís eles Felipe… Ricardo e Amon vão pagar caro.

FELIPE

Eu sei te conheço o suficiente para saber que você vai se vingar, agora eu preciso que você se acalme.

GIANE

Eu vou ficar assim para sempre?

FELIPE

Claro que não Giane, seu rosto vai voltar ao normal e se precisar você pode fazer plástica, mas eu não vejo necessidade.

GIANE

Eu não quero que ninguém me veja assim… Horrível.

Giane fecha os olhos, chora.

Cena 6/Int./Osiria Cosméticos/Escritório de Fernanda/Dia.

Fernanda entra, vê as orquídeas em sua mesa, se aproxima, sorri gostando, vê a caixinha ao lado, pega abre se surpreende ao ver um par de brincos de diamantes, pega o cartão e lê.

FERNANDA

Para a mulher mais linda e fascinante que já conheci, espero que goste das flores e que use os brincos hoje á noite quando jantarmos juntos Chérie… Dimitri.

Fernanda fica com raiva, rasga o cartão, Carla entra.

FERNANDA

Carla eu quero que você devolva essas coisas! Nunca aceite nada que vem desse homem!

CARLA

Ele está aqui e quer falar com você…

FERNANDA

Pega essas coisas manda ele engolir e depois ir para o inferno!

Dimitri entra sorri.

DIMITRI

Por que você sempre está de mau humor Fernanda? Ouvi o que você falou.

FERNANDA

Ótimo! Me poupa de repetir tudo de novo! 

Carla sem jeito sai do escritório.

DIMITRI

Não gostou dos presentes?

FERNANDA

Pode pegar de volta, não quero nada que venha de você.

DIMITRI

Use os brincos quando formos jantar hoje.

Fernanda dá risada, está nervosa, se encosta em sua mesa, cruza os braços, olha Dimitri.

FERNANDA

Que jantar você está louco?

DIMITRI

Eu quero jantar com você hoje, fiz uma reserva em um restaurante francês.

FERNANDA

Você faz essas coisas de propósito só pode ser ou tem algum problema sério… Presta atenção senhor Le Blanc infelizmente temos que ter contato por causa da parceria que minha empresa tem com a sua, fora isso eu não quero saber de você, não quero nada que venha de você, eu fui clara agora?

Dimitri se aproxima de Fernanda.

DIMITRI

Adoro quando você fica brava assim, fica ainda mais fascinante chérie.

Fernanda encara Dimitri, Marcos entra.

MARCOS

Interrompi alguma coisa?

Dimitri fica ao lado de Fernanda que se desencosta da mesa, encara Marcos.

FERNANDA

Interrompeu sim o que você quer Marcos?

Marcos fica com ciúmes disfarça.

MARCOS

Eu preciso que você venha até meu escritório porque não sei quais são as novas cores dos batons que irão ser produzidos.

FERNANDA

Daqui a pouco eu vou pode sair agora.

Marcos olha o par de brincos na mesa de Fernanda, vai saindo, volta.

MARCOS

Posso falar com você Fernanda?

FERNANDA

Não agora estou ocupada você não está vendo Dimitri Le Blanc aqui?

Dimitri olha Marcos.

MARCOS

Estou vendo Fernanda, até mais do que eu queria.

FERNANDA

Nada do que diz respeito a mim é da sua conta.

Dimitri sorri, Marcos fica chateado.

MARCOS

Eu juro que queria parar de sentir o que sinto por você Fernanda, você não merece meu amor.

FERNANDA

Agora ele é da Aline, vocês não escondem isso, estão se beijando na frente de todo mundo.

Marcos fecha os olhos, fica sério.

MARCOS

O doutor foi correndo fazer fofoca não é, mas não assim do jeito que você está pensando! Foi a Aline que me beijou! Eu não quero nada com ela!

FERNANDA

Não me interessa, espera a Carla no seu escritório porque ela vai resolver o que você precisa, eu estou ocupada.

MARCOS

Eu não tenho nada com a Aline!

Marcos sai bravo, Fernanda fica triste, Dimitri se aproxima.

DIMITRI

Achei incrível o seu modo de agir Fernanda.

FERNANDA

Sai daqui Dimitri e leva essas coisas com você! Me deixa trabalhar em paz!

DIMITRI

Não vou levar são para você.

FERNANDA

Se você deixar aqui eu vou dar para a minha secretária!

DIMITRI

Não faça isso… Essas joias são valiosas da mesma forma que você é.

FERNANDA

Você leu isso em alguma figurinha de chiclete? Eu não quero!

Dimitri segura a mão de Fernanda, a olha nos olhos, beija a mão dela.

DIMITRI

Eu sair chérie, aceite meus presentes comprei pensando em você, tenho certeza que você vai ficar ainda mais linda usando os brincos, te espero hoje á noite.

FERNANDA

Eu não vou jantar com você.

DIMITRI

Se você for vai deixar o Marcos com mais ciúmes do que está, é isso que você quer não é?

FERNANDA

Não eu só quero que me deixem em paz.

DIMITRI

Não quer jantar comigo? Tudo bem… Fico muito decepcionado, mas fique com os presentes.

Dimitri beija o rosto de Fernanda, sai, Fernanda fica inconformada.

FERNANDA

Ele é completamente louco e irritante! 

Cena 7/Int./Hospital/Sala de Espera/Dia.

Sérgio e Rayssa entram.

RAYSSA

Eu fiquei chateada porque a Sofia foi embora, mas ela disse que vem para a minha festa.

SÉRGIO

Essa festa promete e eu estou com vergonha.

RAYSSA

Sérgio nem fica bem você falar que tem vergonha de alguma coisa, já parou para pensar no que fez comigo e com o Ricardo? Vergonha de transar com a Giane enquanto esperava o Ricardo você não teve, vergonha de me trair com a minha irmã você também não teve.

SÉRGIO

Eu já entendi Rayssa… Não precisa ficar repetindo essas coisas, sei que agi errado.

RAYSSA

Pelo menos isso, eu quero ver a Giane, será que posso entrar?

SÉRGIO

Tem que pegar autorização vamos até a recepção.

Cena 8/Int./Hospital/Quarto de Giane/Dia.

Giane está se olhando no espelho, triste, Felipe se aproxima.

FELIPE

Para de ficar olhando Giane.

GIANE

Não me conformo Felipe… Meu rosto está horrível.

FELIPE

Mas não vai ficar assim para sempre, logo você vai voltar a ser como antes.

GIANE

Assim espero.

Felipe abaixa o espelho, olha safado para Giane.

FELIPE

Sabia que mesmo assim você é muito atraente.

Giane sorri.

GIANE

Mentira.

FELIPE

Sexy e atraente.

Felipe e Giane se beijam, Rayssa entra vê Giane e Felipe se beijando, sorri inconformada, Felipe se afasta de Giane que cobre o rosto com a mão ao ver Rayssa.

GIANE

Eu disse que não quero visitas! Vai embora Rayssa!

RAYSSA

É incrível Giane nem mesmo depois de tudo o que aconteceu você muda.

GIANE

Não tenho porque mudar, aposto que você adorou o que aconteceu comigo porque eu roubei o Sérgio de você! Nem esse filho que você está esperando o fez te querer, sou muito melhor do que você.

RAYSSA

(sorri) Eu não quero mais o Sérgio, não depois do que ele me fez.

GIANE

Claro agora é conveniente falar isso, ele prefere a mim.

RAYSSA

E você que tanto brigou pelo Sérgio já está aos beijos com outro.

GIANE

Se você contar alguma coisa eu digo que é mentira, que é invenção sua porque ainda ama Sérgio.

RAYSSA

É… Agora sim Giane, você está por fora como é por dentro, um monstro.

Rayssa sai, Giane fica com raiva.

GIANE

Você vai ver do que o monstro é capaz de fazer Rayssa.

Cena 9/Int./Mais Tarde – Restaurante/Dia.

Fernanda está sentada em uma das mesas, Oscar se aproxima, se senta.

FERNANDA

Achei que você não viria.

OSCAR

Não tinha porque não vir Fernanda.

FERNANDA

Minha mãe me contou que você nos abandonou e que agora quer recuperar o que perdeu.

Oscar fica triste, disfarça, abaixa a cabeça.

OSCAR

É… Eu errei e me arrependo.

FERNANDA

Da mesma forma que ela não me olhou nos olhos para contar isso você também não me olhou, eu quero saber a verdade.

OSCAR

Foi como a Marta disse.

FERNANDA

Oscar eu sei que vocês estão mentindo para mim e não sei porque, eu quero e preciso saber a verdade, essa história não me convenceu, tem mais alguma coisa que ninguém quer me contar.

OSCAR

Eu não abandonei vocês, nunca faria isso.

FERNANDA

Então, por favor, me conta a verdade Oscar, estou pedindo.

Oscar olha Fernanda.

OSCAR

Está bem Fernanda vou te contar tudo o que realmente aconteceu comigo.

Fernanda fica atenta.

Fim do Capítulo

COMPARTILHAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on tumblr

POSTADO POR

Débora Costa

Débora Costa

>