Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on telegram

Insensatez – Capítulo 26

Insensatez

Novela de Débora Costa

Escrita Por

Débora Costa

Colaboração

Tainá Andaluz

Direção

Wellyngton Vianna

Núcleo

Cyber TV

Personagens desse capítulo

ALINE

AMON

AUGUSTO

DIMITRI

FELIPE

FERNANDA

GIANE

MARCOS

MARTA

OSCAR

PAULA

RAYSSA

RICARDO

SÉRGIO


Cena 1/Int./Restaurante/Dia.

Fernanda e Oscar estão sentados em uma das mesas, Fernanda está triste, as lagrimas escorrem.

FERNANDA

Eu não posso acreditar que o meu pai foi capaz de fazer essas coisas…

OSCAR

Mas fez Fernanda, eu não tenho porque inventar e muito menos mentir essas coisas para você, Augusto era a pessoa que mais confiava e ele se mostrou meu pior inimigo, se eu sumi esses anos todos foi porque estava me recuperando do acidente.

FERNANDA

Essa mulher que meu pai pagou para te matar está onde?

OSCAR

Marta ouviu Augusto falando para alguém dar um fim nela.

Fernanda fica surpresa, chora.

FERNANDA

Não é possível que meu pai seja capaz dessas coisas horríveis!

OSCAR

Sinto muito Fernanda… Eu não poderia ficar longe mais do que estive, queria me aproximar de vocês, quando te vi na fazenda minha vontade era de abraçar e falar que eu era seu pai! 

FERNANDA

Oscar eu preciso de um tempo para digerir tudo isso, diferente do que aconteceu com meus pais eu acredito em você, e é por isso que está me doendo muito porque eu amo o meu pai, ele é tudo para mim.

OSCAR

Eu sei… Ele não merece! Mas eu sei disso.

FERNANDA

O que ele fez com você foi horrível, vou tentar recuperar as coisas para você, pelo menos parte do dinheiro que ele roubou.

Oscar segura a mão de Fernanda, fica emocionado.

OSCAR

O dinheiro é o de menos Fernanda, eu quero vocês, a minha família de volta.

Fernanda se controla para não chorar.

FERNANDA

Não consigo pensar em nada agora, mas eu vou me esforçar para estar perto de você também.

Oscar sorri feliz.

OSCAR

Obrigado Fernanda.

Fernanda se levanta, pega sua bolsa.

FERNANDA

Eu tenho que voltar para a empresa agora, até logo Oscar.

Fernanda sai, Oscar se senti aliviado, sorri.

Cena 2/Ext./Restaurante/Dia.

Fernanda sai do restaurante, anda um pouco, se encosta na parede chora, pega o celular, liga para Marcos.

ALINE

(V.O) Alô.

Fernanda fica séria, não gosta de ouvir a voz de Aline.

FERNANDA

Eu quero falar com o Marcos.

ALINE

(V.O) Marcos foi pagar a conta, nós almoçamos juntos.

FERNANDA

(brava) Eu não te perguntei nada!

ALINE

(V.O) Fernanda deixa o meu namorado em paz! Você teve sua chance e perdeu agora o Marcos é meu!

Fernanda desliga o celular, fecha os olhos, chora.

FERNANDA

Perdi o meu amor…

Cena 3/Ext./Mansão Gouveia/Jardim/Dia.

Rayssa e Danilo estão sentados.

RAYSSA

Eu estou muito empolgada com a minha festa Danilo, quero ver a cara de todo mundo quando eu falar que estou grávida!

DANILO

Uma pena que você vai fazer isso ao lado do Sérgio.

RAYSSA

Ele é o pai do meu filho e o Sérgio tem mostrado muito interesse nas coisas em relação ao bebê.

DANILO

Eu sei, mas eu daria tudo para estar no lugar dele.

Danilo fica chateado, Rayssa sorri.

RAYSSA

Você é muito melhor do que o Sérgio, ele não significa mais nada para mime isso graças á você Danilo que desde o começo ficou ao meu lado me dando força, eu gosto muito de você, na verdade eu estou apaixonada por você.

Danilo sorri feliz.

DANILO

Então será que agora você pode falar que estamos namorando e não ficando?

RAYSSA

Eu vou pensar no seu caso.

DANILO

Pensa com carinho.

Rayssa dá risada.

RAYSSA

Para de ser bobo e vem conferir comigo a lista das músicas que quero que toque na festa e depois tenho que pegar a minha roupa, você já escolheu a sua?

DANILO

Rayssa confesso que não faço ideia por onde começar, nunca fui á um baile de máscaras antes.

RAYSSA

Você deveria ter me falado antes, eu te ajudo a escolher.

Rayssa beija Danilo.

                                                                   RAYSSA  

Antes eu preciso comer alguma coisa, tenho a impressão que meu filho tem fome vinte e quatro horas.

Rayssa entra na mansão puxando Danilo pela mão.

Cena 4/Int./Hospital/Quarto de Giane/Dia.

Sérgio está sentado ao lado da cama de Giane.

GIANE

Eu não vejo a hora de sair daqui Sérgio, mas por outro lado não quero que me vejam assim.

SÉRGIO

O médico disse que essa semana você vai ter alta.

GIANE

Eu sei, mas se meu rosto não voltar ao normal eu só saio daqui depois de uma plástica Sérgio!

SÉRGIO

Meu amor eu tenho que falar com você sobre a Rayssa.

GIANE

O que tem ela?

SÉRGIO

A festa dela vai ser esse fim de semana e você já sabe que ela vai anunciar que está grávida e que eu sou o pai.

GIANE

Acho isso muito ridículo! Vocês não estão mais juntos Sérgio! Se ela quer anunciar aos quatro cantos que está grávida que faça sozinha! Você é meu!

SÉRGIO

Eu sou o pai do bebê Giane, estou feliz em ser pai mesmo que não esteja com a Rayssa e sim com você, o filho é meu e quero estar presente na vida dele.

Giane fica brava.

GIANE

Sai daqui Sérgio!

SÉRGIO

Não faz assim Giane.

GIANE

Faço! Eu não quero saber de você e a Rayssa brincando de papai e mamãe! Uma família feliz! E eu fora disso tudo! Sendo que eu estou com você!

SÉRGIO

Eu não posso abrir mão do meu filho Giane, entenda.

GIANE

Vai embora Sérgio!

SÉRGIO

Giane…

Giane interrompe Sérgio.

GIANE

Sai daqui agora! 

Felipe entra.

FELIPE

O que está acontecendo aqui?

GIANE

Felipe manda o Sérgio sair, não quero falar com ele!

FELIPE

Sérgio a Giane não pode ficar nervosa, espera um momento lá fora, por favor.

Sérgio se levanta, sai chateado.

FELIPE

O que aconteceu?

GIANE

Eu não quero que Sérgio fique perto da Rayssa e muito menos que tenha contato com esse filho que ela espera.

FELIPE

Você não pode impedir isso.

Giane fica pensativa, séria.

GIANE

Será? Se essa criança não nascer os meus problemas com Sérgio por causa da Rayssa acabam de uma vez.

Felipe sorri um pouco.

Cena 5/Int./Apartamento de Paula/Quarto de hospedes/Dia.

Ricardo está terminando de arrumar suas coisas no guarda roupa, Paula entra.

PAULA

Deu para você guardar tudo?

RICARDO

Sim eu já terminei aqui.

PAULA

E eu já almocei você vai voltar comigo para a empresa ou vai depois?

RICARDO

Vou com você.

Paula vai saindo, Ricardo s segura, a olha nos olhos.

RICARDO

Antes eu quero agradecer você por tudo que sempre fez por mim.

PAULA

Não precisa agradecer Ricardo, você sabe que eu te amo.

RICARDO

Sei e até isso quero agradecer, a Giane me tratou feito lixo, me disse coisas horríveis e eu só a amei, nunca fiz nada de ruim para ela que sempre me traiu, mentiu e tirou dois filhos meus… Eu juro que se não fosse o seu apoio teria me matado.

Paula acaricia o rosto de Ricardo.

PAULA

Nem fala isso Ricardo.

RICARDO

Quando meu pesadelo com a Giane acabar, porque eu vou me separar dela já dei a entrada no divórcio, você quer namorar comigo?

Paula fica feliz, emocionada.

PAULA

Você sabe que é o que mais desejo meu amor.

Paula e Ricardo se beijam.

Cena 6/Int./Osiria Cosméticos/Laboratório/Dia.

Augusto está sentado vendo algumas fórmulas, Marcos entra.

MARCOS

Você quer falar comigo Augusto?

AUGUSTO

Quero leva essas fórmulas para a produção, depois me diz se está tudo certo.

Marcos pega as anotações, pensativo.

MARCOS

Augusto eu posso pegar uma mecha do seu cabelo?

AUGUSTO

Está ai uma coisa que ninguém me pediu, porque você quer isso?

MARCOS

Porque estamos desenvolvendo novas tintas para tingir cabelo masculino, quero ver se fazem uma tonalidade igual do seu cabelo ou pelo menos perto dessa cor.

AUGUSTO

Então pode.

Marcos pega uma tesoura, corta uma mecha do cabelo de Augusto que se levanta.

AUGUSTO

Depois me mostre como ficou.

Augusto sai, Marcos pega embrulha o cabelo de Augusto em um plástico, guarda no bolso.

MARCOS

Agora eu vou saber se você é ou não o meu pai Augusto.

Cena 7/Int./Osiria Cosméticos/Corredor do laboratório/Dia.

Marcos sai do laboratório, Amon se aproxima.

AMON

Como vai Marcos?

MARCOS

Bem até te encontrar.

AMON

Não sei por que você é sempre agressivo comigo… Ah! Sei sim é porque eu transei com a Fernanda antes da festa de noivado de vocês.

Amon dá risada, Marcos fica com raiva.

MARCOS

Eu não vou falar sobre isso com você.

AMON

Relaxa Marcos, a Giane já teve o que mereceu logo é a vez da Fernanda que vai ter os podres revelados.

MARCOS

Fernanda não é como a Giane.

AMON

Eu não colocaria a mão no fogo por ela.

MARCOS

Mas eu sim!

AMON

Então você vai se queimar.

Fernanda se aproxima, Amon sorri.

AMON

Falando no Diabo…

FERNANDA

Vocês deveriam estar trabalhando e não jogando conversa fora.

MARCOS

Fernanda eu preciso falar com você.

FERNANDA

(séria) Não tenho tempo para você Marcos, portanto pare de me incomodar.

Amon dá risada, Marcos fica triste e com raiva ao mesmo tempo.

MARCOS

Por que você me trata desse jeito? É isso que você quer? Que eu te deixe em paz? Que nunca mais fale com você? Então é assim que vai ser! Não quero uma pessoa arrogante e fria ao meu lado! Já chega!

FERNANDA

Você…

Marcos interrompe Fernanda.

MARCOS

Acabou!

Marcos sai, Fernanda fica chateada, nervosa, Amon dá risada aplaude.

AMON

Essa foi a melhor cena de comédia que já vi na minha vida.

FERNANDA

Cala a boca!

Fernanda sai, Amon fica sério.

AMON

Isso ainda é pouco Fernanda.

Cena 8/Ext./Mansão Gouveia/Entrada./Dia.

Marta está saindo da mansão, percebe que um segurança se aproxima.

MARTA

Algum problema?

SEGURANÇA

Não senhora.

MARTA

Então o que quer atrás de mim?

SEGURANÇA

Ordens do seu Augusto.

MARTA

Como é?

SEGURANÇA

Seu Augusto disse que é para ir com a senhora onde quer que fosse.

Marta fica com raiva, entra.

Cena 9/Int./Mansão Gouveia/Sala/Dia.

Marta entra nervosa, pega o celular, liga paraAugusto.

MARTA

Augusto que história é essa de colocar segurança para me seguir?

AUGUSTO

(V.O) Não quero que você se encontre com o Oscar.

MARTA

Isso é um absurdo!

AUGUSTO

(V.O) Marta estou ocupado, até logo.

Augusto desliga o telefone, Marta fica com raiva.

MARTA

Eu não acredito nisso… E agora como vou ver o Oscar?

Cena 10/Int./Mais Tarde – Hospital/Quarto de Giane/Noite.

Giane está sentada na cama mexendo no celular, Ricardo entra, Giane o olha, Ricardo se aproxima, Giane fica com raiva.

GIANE

O que você está fazendo aqui?

RICARDO

Vim falar com você.

GIANE

Eu não quero te ver nunca mais Ricardo! Sai daqui!

Ricardo se senta ao lado da cama de Giane.

RICARDO

Eu também não quero mais saber de você Giane, é por isso que já dei entrada no nosso divórcio.

GIANE

Ótimo eu já deveria ter me separado de você há muito tempo, nunca serviu para nada, mas eu precisava das suas bajulações, adorava receber seus elogios e presentes.

RICARDO

Você não vai ficar com nada meu, aliás, tudo que eu te dei de valor já está comigo Giane, peguei todas as joias de volta.

GIANE

Some daqui Ricardo! Você não sabe o quanto eu te odeio!

RICARDO

Imagino, mas não estou nem ai, quero que você saiba que eu estou com a Paula que sempre gostou de mim.

Giane dá risada.

GIANE

Só assim mesmo para ela ficar com você Ricardo, te joguei no lixo e ela pegou.

Ricardo se levanta, encara Giane.

RICARDO

O único lixo que tem aqui é você sua vadia, ficar sem você é o melhor para mim.

Ricardo sai, Giane fica com raiva.

GIANE

Quando eu sair daqui Amon, Rayssa e você vão se arrepender de terem nascido.

Cena 11/Int./Mansão Gouveia/Sala/Noite.

Fernanda desce as escadas, Augusto sai do escritório acompanhado por Dimitri.

FERNANDA

Dimitri o que você está fazendo aqui?

DIMITRI

Eu vim falar de negócios com seu pai e ele me convidou para jantar.

Fernanda fica séria.

AUGUSTO

Vem também meu amor o jantar já está na mesa.

Augusto vai em direção a sala de jantar, Dimitri se aproxima de Fernanda e fala no ouvido dela.

DIMITRI

Eu disse que queria jantar com você chérie.

Dimitri sorri Fernanda o encara.

Fim do Capítulo

POSTADO POR

Débora Costa

Débora Costa

COMPARTILHAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on tumblr
>
Rolar para o topo