Insensato destino: Capítulo 30 (último)

 A Cópia e reprodução deste conteúdo fora da plataforma Cyber TV sem autorização prévia da administração, é proibida e viola os direitos legais do autor.

 

Web Novela de Reryson Silva

 

 

 

 

 

Último capítulo

Delegado: Chegamos à conclusão que a dona Socorro, não oi a assassina o Cleiton. Por isso nós precisamos pegar novos depoimentos, pois os anteriores não foram suficientemente esclarecedores.

Stella: Se o senhor vai fazer uma acareação, tá faltando gente. Tá faltando a Germana.

Delegado: A dona Germana, veio da detenção, para a nossa acareação. Por favor!

Ele pede que Germana sente-se.

Delegado: Então vamos começar primeiramente eu gostaria que a senhorita Angelis, que saiu levada arrastada pelo Cleiton até o porão o orfanato…

Alguém interrompe o delegado…

Hannah estava com Marilia na casa de Ângela e de repente ela recebe uma ligação de Diogo.

Hannah: Alô?

Diogo: Hannah, meu amor estou no Rio de Janeiro com a sua mãe.

Hannah: Serio?

Diogo: Claro! Me explica onde você está.

Hannah: Eu vou busca-los!

Desliga o celular. Marilia também recebe uma ligação.

Marilia: Filha?

Isis: Sou eu mãe! Eu estou no Rio com o papai. Vim morar com  senhora.

Marilia: O que? Vocês estão aqui?

Isis: Sim! Vem buscar a gente no aeroporto.

Marilia: Estou indo filha.

Desliga o celular.

Hannah: Não me diga…

Marilia: Eles combinaram, só pode! Chegar no mesmos dia.

Hannah: Vamos lá?

Marilia: Vamos!

***

Aeroporto  Internacional

Diogo e Karina conversavam.

Karina: Aquela patricinha está de olho em você.

Diogo: Para!

Julianne: Vai magoar a minha filha pra você ver.

Cortez: Eu te capo moleque.

Isis e Fred conversavam.

Fred: Sua mãe perguntou por mim?

Isis: Não deu tempo, pai. As olha ai que tá chegando.

Marilia e Hannah chegam e cada uma correu para seus parentes. Marilia corre para os braços de Fred e o beija.

Marilia: Saudades meu, amor!

Fred: Eu também estava com muitas saudades!

Isis: Eu também estou aqui, mãe!

Marilia: Ahhhhhhhhhhh, filhota! Como você tá linda. Ah, ah, ah, ah que vestido lindo é esse?

Hannah apresenta Marilia à família.

Hannah: Com licença, então gente, lembram-se do anjo que eu falei? Então essa pessoa aqui foi o meu anjo da guarda desde o dia que cheguei aqui.

Marilia: Que isso! Fiz mais do que a minha obrigação.

Julianne: Obrigada, moça.

Marilia: Magina!

Julianne: Filha lembra-se do dia que você falou pra eu lhe pedir perão a você no dia que o sarcasmo o meu preconceito não tivesse mais presente no meu coração?

Hannah: Sim.

Julianne: Então, quero-te dizer, que amo você do jeito que você é. Me perdoa filha.

Hannah: Claro, mãe.

As duas se abração. Todos vão para a mansão e Ângela.

***

 Germana: Seu delegado fui eu que matei o Cleiton.

Todos ficam perplexos com a grande revelação de Germana.

Delegado: A senhora tem noção das consequências dessa sua declaração?

Germana: Eu matei o Cleiton!

Todos se entreolham.

Delegado: Bom eu chamei vocês aqui pra fazer uma acareação com todos os suspeitos. Vamos começar do começo! Nós já tivemos uma falsa confissão aqui, dona Germana. Portanto antes de aceitar a sua eu gostaria de reconstituir passo a passo tudo que aconteceu aquela noite. Podemos começar então? Então, a ultima vez que o Cleiton foi visto com vida, ele estava levando a senhorita Angelis como refém.

Angelis: E ao chegar ao porão ele a pontou o revolve, começando a discuti com a minha mãe…

[Flashback:

Cleiton se aproxima de Ângela e ela avança encima dele. Os dois começam a brigar, um querendo pegar a arma do outro. Cleiton consegue pegar a arma.

Cleiton: Eu vou te matar!

Ângela se aproxima de Cleiton botando arma em seu peito.

Ângela: Me mata vai! Só não mata a minha filha eu te peço!

De repente ALGUÉM entra e dar uma paulada em Angelis e em seguida em Ângela. E as duas caem no chão.

Cleiton: Você? O que você estar fazendo aqui?

Nicolle: Eu só fiz o que me pediram.

Cleiton: Fora daqui!] 

Delegado: Nisso, a senhorita Ângela acorda e ver o Cleiton brigando com outra pessoa, não era nem a Nicolle e nem a Angelis, que estava desmaiada ao lado da mãe.

Germana: Era eu!

Ângela: Você?

Germana: Eu que estava brigando com o Cleiton, quando a Ângela acordou.

[Flashback:

 

O Cleiton, expulsa o tal alguém. Ângela acorda e ver Cleiton vindo sob sua direção. Porém ela é golpeada por Germana e cai no chão. Cleiton é surpreendido por Germana segurando e apontando uma arma pra ele.

Cleiton: Calma!

Germana: Chegou a sua hora!

Cleiton: Resolveu se passar por melhor amiga agora foi, Germana?

Germana: Não, só vou resolver o que ficou pendente.

Os dois se atacam começando a brigar. Germana perde o domínio da arma para Cleiton.

Cleiton: Qual é? Vai defender a Ângela?

Germana: Cara, eu posso te ajudar, você vai botar tudo a perder.

Cleiton: Nunca! Nem que a gente morra os quatros aqui juntos. A gente veio desse orfanato, e é aqui que nós vamos acabar.

Cleiton prepara-se para aperta o gatilho quando é surpreendido por Socorro que o da uma paulada, mas ele não desmaia só deixa arma cair e Germana pega a arma disparando três tiros certeiros contra Cleiton.

Socorro: (nervosa) Você, você matou ele Germana.

Germana: Não tinha jeito, não tinha… Não teve jeito!

Dizia Germana desesperada.

Socorro: Ele morreu Germana, morreu! Vamos embora, some daqui minha filha, some daqui, vamos!]

Germana contava a história para o delegado.

Germana: Eu nunca tinha matado ninguém. Mas era ele ou eu. Se eu não matasse o Cleiton ele ia mata a minha filha ou a Ângela, ou outra pessoa qualquer que passasse na frente dele.

Ângela: Foi em legitima devesa seu delegado, foi pra salvar a minha vida e a vida da minha filha. Você… Salvou a minha vida três vezes, no passado e agora.

Germana olha pra Ângela com lagrimas nos olhos.

Germana: Tem que tirar a Socorro da cadeia, ela não pode pagar por um crime que não cometeu.

Ângela: Passei a vida toda achando que você fosse culpada, mas que tinha armado tudo foi o Cleiton.

Germana: Posso me retira delegado?

Delegado chama os policias e Germana levanta-se e olha para Daniel.

Daniel: Obrigado, Germana!

Ela estava emocionada, olhava para Angelis como se pedisse um abraço de sua filha, que abraça. E logo em seguida ela é algemada e segue para cela.

Daniel: Por essa eu não esperava!

Stella: Nem eu!

***

Diretora Socorro sai da prisão.

Ângela: A senhora tá livre dona Socorro!

Diretora Socorro: Que alivio sair ai.

Ângela abraça e junto com ela Daniel.

Três anos depois…

Muitas coisas mudaram em três anos, Marilia e Fred casaram-se. Hannah e Diogo foram morar na mansão de Ângela com toda a família. Angelis da à luz a uma linda menina, filha de Kaian. Todos conversavam.

Angelis: Gente, alguém lembra que é hoje o dia que a Germana sai da prisão?

Stella: Ave Maria, gente. Mas já?

Daniel: Três anos!

Stella: Palhaçada esse pais, né? A Pessoa faz o que faz e só passa três anos? Ela merecia lei perpétua

Daniel: Stella, você não sabe o que é passar três anos presa, ainda mais a Germana. Eu acho que ela pagou por todos os seus pegados. Se ela sair se arrepender é o que ta valendo.

Angelis: Eu quero visita-la.

Ângela entra na mansão com um teste de gravides na mão. Todos olham pra ela inclusive Daniel.

Ângela: Deu positivo! Eu estou grávida meu amor!

Daniel da um pulo de alegria, abraçando-a. Todos comemoram de felicidade.

Daniel: Que felicidade meu amor!

Ângela: Eu também estou muito feliz.

Daniel: Ângela, você sabe se alguém vai buscar a Germana?

Ângela: A Diretora Socorro disse que vai com a Nicolle e vai leva-la para o orfanato para ajudar lá.

***

Germana estava na cela quando de repete entra a carcereira.

Carcereira: Chegou teu dia, Germana!

Ela é levada até o portão onde dona Socorro a esperava.

Germana: Vai ficar na minha cola mesmo, é?

Diretora Socorro: Claro! E espero que não me dê mais trabalho. Bora!

As duas entram em um táxi seguindo caminho ao orfanato. Germana desse do taxi e toda a sua historia vinha em sua mente.

Germana: E eu que jurei que nunca mais ia por meus pés aqui.

Diretora: É por pouco tempo. Logo, logo você se aceta com o seu destino.

Germana: Não! Eu quero ficar! Eu quero ajudar você.

Diretora: Esta bem. Daqui alguns dias é desfile da sua Angelis, ela manou lhe chamar. Alias, foi a Ângela.

Germana: A Angelis vai desfilar?

Diretora: Vai sim. Você vai ao desfile.

Germana: Vou sim.

***

Alguns dias depois…

Ângela estava no camarim dando os últimos retoques para o grande desfile. Quando de repente entra a diretora Socorro com Germana.

Diretora: Ângela, essa pessoa tem muito que falar com você.

Ângela: Germana, você veio?

Germana: Estou aqui, não estou?

Ângela: Só resta saber se você me perdoou. Transforme a sua vida no inferno, tirei de você o cara que você amou. Me perdoa?

Germana: E tem ouro eito? Meu destino vai ser pagar pelos meus pecados. E você, me perdoou?

Ângela: Claro, eu te julguei por dezoito anos por uma coisa que não tinha sido você. Claro que eu te perdoou Germana.

Diretora: Só falta agora um abraço.

As duas se abração muito emocionas. Germana sai com a Diretora para assistir o desfile.

***

O desfile começa. A primeira a entrar era Angelis muito feliz. Todos já tinham entrado, só faltava Ângela para finalizar o desfile. Ela entrava arrasando, todos a aplaudiam.

Daniel: Você estava linda meu amor!

Ângela: Obrigada!

Germana: Estava muito bonita mesmo, mas ainda acho que quem arrasou foi a minha filha Angelis.

Daniel: Você sempre do contra!

Germana: Claro!

Ângela: Germana, me promete que você sempre será assim, do contra?

Todos começaram a rir. Angelis, Daniel, Ângela e Germana dão o grande abraço coletivo. Esquecendo ali todas as diferencias. O Perdão sempre será a melhor solução. Você pode tentar fugir o tanto quiser dele, mas no final a vida acaba lhe mostrando que não adianta fugir. O destino pode ser o mais cruel e insensato possível, mas cabe a você aceitar a crueldade e a insensatez. E a vingança existe sim, mas se não é alguém que se vinga, é a vida que se vinga por ela.

FIM

 -” ”>-‘.’ ”>

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on tumblr
Tumblr

LEIA TAMBÉM

>
Rolar para o topo
Suporte Cyber TV
Precisa de ajuda?
Olá!
Como podemos lhe ajudar?
Estamos sempre disponíveis.
Powered by