Nostalgia – Vilões Brasileiros 1

Oooooieeeee! Tudo bem? Eu sou Débora Costa, e estou aqui para apresentar mais um, Nostalgia! Antes de falar sobre o tema de hoje, peço desculpas por Domingo passado não ter tido, esse programa top que amamos! 

Agora sim, vamos para o tema de hoje que é: Vilões de Novelas!

Roda a vinheta e bora começar!

Nosso primeiro vilão da lista, confesso que tenho medo dele, é o Alexandre (A Viagem – Globo 1994).
Alexandre é um jovem delinquente que acaba cometendo suicídio na prisão, amaldiçoando todos que ajudaram a coloca-lo lá. No pós-vida, ele influencia negativamente a vida de muitas pessoas, e poucos realmente acreditam no que está acontecendo.

Ok esse olhar macabro do Alexandre deu medo? Deu! Então vamos para o próximo. 

Félix (Amor a vida – Globo 2013 ) O primeiro vilão gay da televisão acabou amado pelo público, pois iniciou a trama como um canalha ardiloso e foi se transformando no decorrer da história, terminando como uma pessoa boa. (OBS: A qualidade do vídeo não está boa).

Uau! Vamos recuperar o folego, temos mais vilões para ver. O próximo fica com o cruel, Leôncio Almeida (Escrava Isaura – Record 2004).
Apaixonado por sua escrava, ele fazia com ela as maiores maldades por conta do amor não correspondido, até colocá-la no tronco para ser açoitada.

Saindo de um babaca e indo para outro, vamos falar de Marcos (Mulheres Apaixonadas – Globo 2003). O psicótico Marcos não era um vilão comum. Não queria pisotear as pessoas pra chegar onde queria, ou acabar com a vida de seus inimigos da forma mais dolorosa possível. Ele era extremamente ciumento e possessivo, o que o fazia perseguir e bater na esposa, e isso levou até uma discussão sobre violência doméstica entre os espectadores.

Cena forte e top! Nosso próximo vilão é o Alberto (Flor Do Caribe – Globo 2013).
Empresário ambicioso, dá um jeito de mandar seu melhor amigo para longe para ficar com a mulher dele. (A qualidade do vídeo não está boa.).

E nosso último vilão da lista é o Olavo (Paraíso Tropical – Globo 2007).
Ambicioso e mau-caráter, ele se esconde atrás de um comportamento amigável com todos para conseguir o que quer, mas por trás é uma víbora, principalmente com o sobrinho e protegido do diretor da grande empresa onde é diretor financeiro.

Outra cena incrível para finalizar o nosso nostalgia! Domingo que vem tem mais, e eu quero saber de você: O que gostaria de ver aqui no Nostalgia? Deixa seu comentário, seja aqui ou por comentário no facebook, ok. Fique com Deus, beijinhos!

Fonte: Veja São Paulo

padrao


Este conteúdo pertence ao seu respectivo autor e sua exposição está autorizada apenas para a Cyber TV.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on tumblr
Tumblr

LEIA TAMBÉM