Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on telegram

Nova Chance Para Amar – Chamada 04

LOCUTOR        —    (OFF) Fabristilo, uma empresa que tem muito a esconder. Tanto na administração, quanto na produção!

Corte rápido para cena da trama.

RAMIRO            —    (Ao cel.) Conseguiu impedir o Rodrigo?

VIVIANE            —    (OFF) Até tentei, tio. Mas ele achou uma pasta com um comprovante de pagamento do Pierre a empresa.

RAMIRO            —    (Ao cel., Firme) Eu ainda falei pra você impedir ele!

VIVIANE            —    (OFF) Agora já era e ele descobriu. O que a gente faz agora?

RAMIRO            —    (Ao cel.) Como? Não está óbvio pra você?! Vasculhe e veja se há mais evidências por aí com o nome da Fabristilo e suma com tudo! Do jeito que as coisas estão, a polícia não demora aparecer por aí e fechar as portas da empresa.

VIVIANE            —    (OFF) Tá bom, tio. Vou sumir com tudo.

RAMIRO            —    (Ao cel.) Faça isso. (Desliga o cel., p/si) Empresa não pode se envolver em todos esses escândalos que o Pierre inventou para o patrimônio dele.

Fim da cena.

LOCUTOR        —    (OFF) Mas Fabristilo também tem uma produção bem secreta…

Corte para outra cena da novela:

REGINA            —    (Ao mega fone) Bom, pedi ao Kléber que reunisse todos aqui, pois temos um problema. Andei analisando os indicadores de desempenho e estamos abaixo do esperado.

BELINHA          —    (Reclama) Virar a madrugada trabalhando de novo não, mãe.

AMANDA          —    (Discreta) Shii… Fica quietinha, filha.

REGINA            —    (Ao mega fone) Infelizmente vocês terão que ser sacrificados. Temos que bater a meta, caso contrário, o presidente da empresa bate aqui e vai ser pior não só para nós que atuamos na gestão da fábrica, mas pra vocês também.

Fim da cena.

LOCUTOR        —    (OFF) Amanhã, estreia, de RAMON SILVA, Nova Chance Para Amar. A sua Nova Chance de Amar das 6.

FIM

POSTADO POR

Ramon Silva

Ramon Silva

COMPARTILHAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on tumblr
>
Rolar para o topo