O Vilão Reabilitado é a Esposa – Capítulo 12

 

12 – Refinando uma pílula mágica.

 

 

Se dependesse daquele ancião, Cheng Liu ia ficar ali plantado até criar raízes. Após tantos anos vendo discípulos fazendo aquela mesma cena, Chu Feng não ficava mais espantado.

Seus olhos eram fundos, ombros curvados, a voz era arrastada, ele parecia sofrer de tédio profundo. O mundo para ele poderia muito bem ter perdido a cor depois de aturar inúmeros cabeças de melões como Cheng Liu por mais de cinco décadas.

Pouquíssimas pessoas em Cheng Fu não eram cultivadores, Chu Feng era uma dessas poucas pessoas.

— Se quiser ervas mágicas procure um dos instrutores, não posso fazer nada. — disse ele entediado, mas ao desviar o olhar para a entrada sua expressão mudou drasticamente.

— Ancião Chu. — Shen Yu cumprimentou.

— Você! — o ancião apontou o dedo ameaçadoramente para ele, antes de bater o punho contra o balcão. — Apenas ouse invadir o depósito novamente e vai levar uma boa surra, maldito pirralho!

— Estou me sentido ofendido ancião Chu, me dê alguma cara, maldito pirralho não soa como um insulto suficientemente forte. — rebateu Shen Yu com voz sedosa. Sendo quem era, verdade seja dita, o insulto era tão suave quanto um elogio. Ele ergueu lentamente a sobrancelha, sorrindo enquanto colocava os braços sobre o balcão. A nostalgia nunca foi tão agradável. — Sei que sentiu minha falta, faz uns dez anos que não invado o seu depósito.”

Tendo uma face tão grossa não importava o tipo de problema que causasse, ele não tinha vergonha de admitir ou de negar sem pensar duas vezes.

A maior parte das barreiras de Cheng Fu estava no Pico Inferior, nos lugares protegidos só entrava quem tinha uma ficha de acesso. Shen Yu tinha furtado uma ficha certa vez, mas logo descobriu que só o verdadeiro dono poderia usá-la. Incapaz de entrar nos lugares mais interessantes ele teve que se contentar com aqueles de a livre acesso.

Para a infelicidade de Chu Feng, o depósito que estava sob sua administração não possuía uma barreira.

— Para mim, parece que foi ontem mesmo a última vez.

Os cantos da boca de Shen Yu se acomodaram em uma linha reta imediatamente.

Para todos os efeitos, apenas alguns dias se passaram desde que ele havia saído do castigo, ninguém havia mudado, exceto o próprio Shen Yu.

— Preciso de caldeirão.

Chu Feng passou por uma porta atrás do balcão para buscar do objeto requerido. Ele saiu resmungando, quanto mais rápido pegasse o que Shen Yu queria, mais rápido ele iria embora.

Cheng Liu bufou.

— Aprendeu a usar a porta em vez do telhado? — Cheng Liu zombou.

— Perdeu a graça entrar pelo telhado. Você pode tentar se quiser, talvez encontre um galho seco ou uma folha velha quando entrar no depósito. A diversão é garantida de qualquer maneira.

— Pode parecer grande coisa agora, mas na segunda avaliação vou reduzi-lo a nada. — disse Cheng Liu entre dentes. Como base de cultivo no sexto nível da Condensação de Qi a ameaça não era vazia. — Então ria enquanto pode, sua sorte não vai continuar boa por muito tempo.

O ancião voltou logo depois com o caldeirão nas mãos. Ele ainda estava resmungando.

— Da próxima vez vou me certificar de fazê-lo consertar os danos antes de ser castigado, já estou farto de consertar o telhado! — Chu Feng disse rispidamente antes de entregar o caldeirão. — E ainda tem os galhos e folhas secas da árvore que ficam caindo o tempo todo através do buraco que você deixou!

O rosto de Cheng Liu ficou vermelho.

— Eu não disse? — Shen Yu o encarou, com uma expressão inocente de quem tinha tentado ajudar alguém, mas que a ajuda tinha sido recusada.

Cheng Liu girou sobre os calcanhares, ele foi embora bufando de raiva.

O novo caldeirão era extremamente comum, sem adornos bonitos, valor significativo nem nada remotamente parecido com aquele caldeirão de jade branco que possuíra um dia.

— E ainda dizem que minha sorte é boa. — ele sussurrou para si mesmo.

Vinte ervas mágicas repousavam sobre a mesinha. Os papéis que estavam ali anteriormente foram guardados no armário ou jogados fora dependendo do grau de importância.

Dez ervas Magolha Fantasma, cinco de Milefólio Dourado e cinco de Vagem Silvestre. Com esses materiais apenas dois tipos de pílulas poderiam ser feitas; pílula de Cicatrização Acelerada e a pílula de Reposição de Energia.

O processo de retiniano não era complicado se a pessoa soubesse como fazer.

Shen Yu gravou centenas de receitas de pílulas em sua mente durante sua jornada. Ele aprendeu desde cedo que o mundo do cultivo, era um mundo cão, ainda mais em tempos de guerra. Os mais fortes tomavam o que queriam e os fracos só podiam rezar por suas vidas. Assim como ele havia tomado coisas, outras pessoas podiam arrancá-las dele.

Para preservar o que tinha, Shen Yu escondeu seus tesouros em vários cantos do continente e gravou na mente todo tipo de informação valiosa.

Ele pôs o caldeirão ao lado das ervas mágicas, tentando não enrugar o nariz com a visão simplória do objeto. Em seguida separou um talo de erva Magolha Fantasma e uma de Vagem Silvestre para refinar a pílula de Reposição de Energia.

Quando tentou colher aquela erva no campo, toda sua energia fora drenada muito rapidamente. Ele sentiu seu corpo ficar mais pesado, seu peito arder com fadiga, além muito frio. Uma pílula de Reposição de Energia podia fazer qualquer mal estar causado pelo uso excessivo de energia espiritual, ou força da alma, desaparecer em um instante.

Shen Yu jogou as ervas dentro do caldeirão, já se preparando mentalmente para o fracasso e a exaustão.

Ele colocou as mãos sobre a abertura do caldeirão e logo a força da alma escapou das pontas dos dedos, eram linhas tão finas como fios de cabelo.

As linhas azuladas expandiram, envolvendo as ervas mágicas. Os grãos de areia e partículas de poeira removidos caiam formando um pequeno monte no fundo do caldeirão. Quanto menos impurezas ficassem, melhor seria o resultado final.

Como a energia de Shen Yu estava muito limitada ele preferiu não demorar muito no processo de limpeza e partir logo para o processo de refino.

O principal objetivo da primeira tentativa não era conseguir produzir uma pílula mágica, mesmo que ele desejasse muito, era descobrir até que parte do processo ele conseguia chegar.

A parte de remoção das impurezas não foi difícil, entretanto na segunda parte as coisas ficavam mais complicadas.

As pontas dos seus dedos logo ficaram dormentes e a força da alma começou a falhar visivelmente como a luz de uma vela oscilando com o vento. O processo de refino das ervas mágicas reduziu gradualmente de velocidade, até parar de vez.

Shen Yu pousou os braços ao lado do caldeirão e encarou friamente o pouco que havia sido refinado, o pó tinha se juntando ao monte de impurezas no fundo. Antigamente ele costumava refinar pílulas de alta qualidade sem falhas ou dificuldade, agora era diferente.

— Que desperdício.

Shen Yu limpou a bagunça, guardou as ervas e o caldeirão dentro do armário, depois jogou-se na cama tão esgotado que dormiu instantaneamente. Ele não ouviu quando bateram em sua porta, nem viu a sombra observando através da janela.

padrao


Este conteúdo pertence ao seu respectivo autor e sua exposição está autorizada apenas para a Cyber TV.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on tumblr
Tumblr