Observatório da Escrita – 35

Boa noite, querido(a) leitor(a)! O Observatório da Escrita de hoje é dedicado a um tema tão importante todos aqueles que escrevem textos: a coesão. Vamos ao Nossa Língua!

A


A coesão é uma das mais importantes e úteis ferramentas capazes de dar clareza, fluidez e organização ao texto, através do uso de conectivos, referências e substituições.

Observe o exemplo, “inspirado” em uma das novelas da casa:

Walter Blackwell foi assassinado. Walter Blackwell deixou a herança para Sarah. Sarah é filha de Walter. Sarah é filha de Eliza.

A

É impossível não se queixar de uma construção assim. Embora todas as frases abordem o mesmo assunto, o aspecto dividido demonstra que não houve boa elaboração linguística. Ninguém conseguiria ler uma história escrita assim. Veja agora algo equivalente:

Walter Blackwell foi assassinado e deixou a herança para Sarah, sua filha com Eliza.

Notou a diferença? Através de conjunções, pronomes e preposições simples, foi possível transformar as quatro frases iniciais em uma só, deixando o aspecto muito mais elegante e sucinto. Acredite: com este truque, você pode ganhar novos milhares de leitores numa plataforma como o Wattpad.

Deixo aqui algumas dicas de como deixar seus textos mais coesos:

A

1) Pronomes pessoais do caso reto podem representar ou substituir nomes, caso estes cumpram a função de sujeito, para se evitar a repetição destes:

May Margret é escritora. May Margret ama música.
May Margret é escritora. Ela ama música.

A

2) Pronomes pessoais do caso oblíquo também podem representar ou substituir nomes, caso estes cumpram a função de objeto:

Há um livro interessante sobre a escrivaninha. Você quer ler o livro?
Há um livro interessante sobre a escrivaninha. Você quer lê-lo?

Mário espera no carro. Deseja entregar o livro a ele?
Mário espera no carro. Deseja entregar-lhe o livro?

A

3) Palavras podem ser eliminadas para se evitar a repetição, desde que a coerência se mantenha. Se o verbo for eliminado, não deixe de pôr uma vírgula no lugar:

Carla bebe café de manhã; Rita bebe café de noite.
Carla bebe café de manhã; Rita bebe de noite. (café foi retirado)
Carla bebe café de manhã; Rita, de noite. (bebe e café foram retirados)

A

4) Pronomes indefinidos também podem formar coesões, a partir de eliminações. Observe o exemplo:

Há livros interessantes para comprar naquele site. Deseja comprar algum livro?
Há livros interessantes para comprar naquele dite. Deseja algum?

A

5) Conjunções e preposições são os principais aliados quando o assunto é concatenar frases.

Gilda gostaria de comer torta de atum. Gilda tem alergia a peixe.
Gilda gostaria de comer torta de atum, mas tem alergia a peixe.

Gilda tem alergia a peixe. Gilda comeu torta de atum.
Gilda tem alergia a peixe, mas comeu torta de atum.
Gilda tem alergia a peixe. Mesmo assim comeu torta de atum.

A

Como cada conectivo passa uma ideia, deixo uma pequena listagem de usos possíveis (há inúmeros outros casos):

  • Adição, junção: e, nem, não só… mas também, além de, além disso, também, por outro lado;
  • Alternância: ou, ou… ou, ora, ora… ora, quer… quer;
  • Aproximação: cerca de, aproximadamente;
  • Causa: já que, porque, por esse motivo, por isso, desse jeito, assim, devido a, porquanto, visto que, porquanto, pois;
  • Certeza: certamente, sim, sem dúvida, com certeza, inegavelmente;
  • Comparação: igual, assim como, da mesma forma, tal qual, tanto como, tão quanto;
  • Concessão, exceção: embora, conquanto, mesmo que, mesmo assim;
  • Conclusão: pois, logo, portanto, em suma, em resumo, assim, desse modo, desse jeito;
  • Condição: se, caso, desde que, com a condição de;
  • Conformidade: conforme, segundo, de acordo com, como dizia;
  • Dúvida: talvez, quiçá, possivelmente, provavelmente;
  • Exemplificação, explicação: por exemplo, isto é, a saber, em outras palavras, aliás, ou seja;
  • Fato repentino: de repente, repentinamente, de surpresa, surpreendentemente, de forma surpreendente;
  • Finalidade: para, a fim de, com a finalidade de;
  • Lugar: aqui, ali, lá, além de, aquém de, acolá, cá, naquele lugar, naquele ponto, perto de, longe de, próximo a, no meio, à direita, à esquerda;
  • Oposição: mas, porém, todavia, entretanto, pelo contrário, no entanto;
  • Prioridade: antes de tudo, primeiramente, inicialmente, em primeiro lugar;
  • Tempo: então, enfim, enquanto, ao mesmo tempo que, cada vez que, sempre que, anteriormente, assim que, constantemente, hoje, amanhã, cedo, já, mal, em seguida.

Quando você aplica algumas dessas palavras, de acordo com a necessidade e na medida certa, note como as frases se mostrarão mais interligados e fluidos de se ler. Fica a dica deste domingo. Para fechar o programa, segue mais um exemplo:

A Cyber TV possui programação diária. A Cyber TV deseja entreter seus leitores. A Cyber TV tem um repertório variado de tramas. As tramas da Cyber TV envolvem romance, drama, aventura, terror, suspense e muita música.
A Cyber TV possui programação diária, com o objetivo de entreter seus leitores com um repertório variado de tramas: romance, drama, aventura, terror, suspense e muita música.

A


Por hoje o Observatório se encerra, mas no próximo programa darei mais elementos de coesão. Fique ligado(a) e tenha uma ótima semana!

clique na imagem para comprar
clique na imagem para comprar
padrao


Este conteúdo pertence ao seu respectivo autor e sua exposição está autorizada apenas para a Cyber TV.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on tumblr
Tumblr

LEIA TAMBÉM