Observatório da Escrita – 37

Olá, querido(a) leitor(a)! Como vai o seu domingo? Espero que fique ainda melhor com a resenha da vez. A minissérie recém-encerrada En Las Cercanías de Alcatraz é a homenageada de hoje.


Escrita por Marcos Vinicius da Silva, En Las Cercanías de Alcatraz é um spin-off de NØ Magic (de Melqui Rodrigues) que narra os antecedentes do psicopata João Acácio antes de se dirigir ao famoso circo onde aconteceu o assassinato do laço vermelho. A minissérie que terminou na semana passada conta a história da perseguição da detetive Carmen Sanchez contra o vilão. Após comemorar o fato de tê-lo prendido, ela vê sua vida em risco após ele fugir do xilindró através de uma grande rebelião, disposto a se vingar dela e de continuar a série de homicídios chocantes. É um dos maiores sucessos da Cyber TV em 2019.

Vamos aos trechos de destaque do último capítulo:

O episódio começa quando a protagonista Carmen Sánchez, uma detetive, vê Jairo desacordado e tenta reanimá-lo após mais uma das muitas situações caóticas que enfrentam. Carmen fala de uma menina próxima ao vidro quebrado, mas ele não acredita.

Enquanto João Acácio se aproxima do casal, notam-se pequenas incorreções gramaticais no texto. Cuidado, autor! Primeiro item: não se usa crase antes de verbo. Segundo: o verbo começar pede a preposição a quando for seguido de outro verbo. Terceiro: o verbo ouvir precisa concordar com o sujeito batidas de palmas, ou seja, vir no plural. Vamos em frente.

Jairo enfim consegue ver a menina Rebeca, que se revela cúmplice de João Acácio. Será que Jairo e Carmen escaparão do psicopata e o prenderão?

Seguem assinalados mais problemas gramaticais e ortográficos, entre eles o uso inadequado da crase, a falta da vírgula no vocativo e a falta do acento em trancafiá-la.

Gente!!! Que cena tensa! Achei por um instante que ela desistiria ou lançaria a flecha para João Acácio, numa reviravolta. Mas ela mostrou que pode ser malvada, quando manipulada por seu pai.

En Las Cercanías de Alcatraz também é cultura (só que não rsrs). Ensina o passo a passo para você se tornar uma bomba humana, assim como Bia.

Mas o plano de Olavo usar Bia para explodir o delegado Gaytán não dá certo. Este sobrevive, e o vilão precisa pensar num novo jeito de eliminar o oponente. E assim mata Gaytán com tiros de AK-47.

É a vez de o diretor Miranda enfrentar João Acácio, que está orgulhoso de si mesmo por usar Rebeca a seu favor. Um policial tenta salvar Carmen do cárcere privado, mas Rebeca e João conseguem feri-los como podem. 

O confronto termina com vantagem para os policiais, e Rebeca é levada para uma clínica psiquiátrica, onde está à beira da loucura. Enquanto isso, na cena seguinte, Miranda é promovido a novo delegado de Alcatraz numa sequência emocionante com Carmen, graças à bravura de ter capturado Rebeca. Carmen é promovida ao antigo cargo de Miranda, a diretoria. João Acácio, por sua vez, fugiu.

Olavo é preso pela morte de Gaytán, levando Adilah ao desespero que só aumenta com a captura de sua “pequena”, Rebeca.

E não é que a menina faz mais uma vítima? Os cães sedentos de sangue de Vale Dicere são fofos e inofensivos perto de Rebeca, não?

Na última cena, o já totalmente pirado João Acácio entra no Circo Máximus e se encanta com o espetáculo local. O resto da história, você já conhece. Ou não? Que tal uma leitura em NØ Magic, exibida aqui na Cyber no primeiro semestre? E assim termina En Las Cercanías de Alcatraz.

O clima de tensão e suspense é dominante não só no decorrer do episódio, mas nos dez capítulos da trama. A trama de Jony Stela, de O Assassino dos Meus Sonhos, é água com açúcar perto deste novo trabalho. A cada fala, a sensação de que o serial killer João Acacio vencerá e pisará triunfante sobre os corpos de Carmen e Jairo é latejante na mente. Sim, o sempre cruel Melqui baixou quase literalmente no corpo de Marcos Vinicius. Excelente ideia de contar a história do “monstro” do circo sob novo olhar. O ponto negativo está apenas na questão gramatical, algo que uma revisão pode resolver antes da futura reprise no Vale a Pena Ler de Novo. Parabéns por mais este trabalho, Marcos! Estou à espera de uma nova obra.


O Observatório da Escrita termina por aqui. Na próxima semana, não perca a edição especial do Cyber Backstage, com logomarca novinha em folha. Tenha uma ótima semana de leituras! Abração!

minissérie de MELQUI RODRIGUES
terças e sextas às 23h

padrao


Este conteúdo pertence ao seu respectivo autor e sua exposição está autorizada apenas para a Cyber TV.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on tumblr
Tumblr