logo

Observatório da Escrita – 41

Boa noite, leitor(a) do Observatório! Hoje é dia de analisar os dois últimos capítulos exibidos até agora de uma das novelas da Cyber TV. A última parte do especial Concordância do quadro Nossa Língua ficará para a próxima semana, ok? Vamos em frente!

*


A novela Excelsior está em exibição desde o fim de julho e encerra seu expediente na próxima semana. Então decidi analisar os capítulos 26 e 27 da história de Débora Costa. O que terá acontecido de bom ou de ruim? Seguem os destaques:

*

Em todo início de capítulo, a autora credita os personagens que aparecem (ou não rsrs) nas cenas. A imagem denuncia algo imperdoável: as vilãs Alicia e Amber não participam do capítulo. Como assim? Fiquei triste. Buá!

*

Cenas fortes em Excelsior: após Sarah socorrer a mãe ensanguentada — mãe de novela sofre, não? —, Brenda vai atrás de Théo, após este fugir inconformado com a revelação macabra sobre seu passado. Ela mal imagina que ele já saiu da boate e está em um lugar bem pior.

*

Cúmplice e cunhado do ambicioso William Blackwell, Théo deu um golpe no “patrão” e sumiu com todo o dinheiro do cassino clandestino, sem que a mulher imaginasse estar casada com um canalha. Bom pra ela, que faz as pazes com Fernando, um ex-namorado dos tempos da adolescência.

*

Não sei vocês, mas eu considero Luciana a personagem mais imunda e baixa da novela. Não tem o menor amor-próprio, a menor dignidade, e se esfrega a todo custo no homem que nunca a amou e apenas se divertia com ela antes de se apaixonar por Yorrane. Quero um final bem pesado pra Luciana. No mínimo, um banho de ácido na cara ou umas mordidinhas dos cãezinhos “fofos” de Vale Dicere.

*

Até que enfim! Disposta a manter o casamento de aparências com Arthur, Jaqueline matou a primeira esposa e tentou fazer o mesmo com Eliza. Acabou presa. Bem feito! Peste!

*

A serpente tem a desfaçatez de culpar a governanta Norma, sua cúmplice nos crimes, dos crimes e de manter um sentimento de amor doentio por Arthur. Norma foi traída por aquela por quem tinha fidelidade canina. Traição? Sim e com certeza (a redundância é intencional).

*

Que linda maneira de contar a verdade para Melanie, hein, William!? Tomara que você e Tadeu apodreçam na cadeia até a morte! Melanie não merecia uma vida assim.

*

Novela de Débora Costa sem tapa na cara não é novela de Débora Costa. Yorrane não gostou nada de ver a foto de seu namorado drogado na cama com Luciana.

*

Estamos agora no capítulo 27. Sarah, considerada intrusa pelos membros mais arrogantes da família Blackwell, está encrencada com uma suspeita de assassinato. Amber vibrou com a novidade. Será que foi ela que armou a cilada? Ou Alicia? William? Peter? Muita gente quer a cabeça da mocinha.

*

Programa do Ratinho? Casos de Família? A Fazenda? Não, é a briga entre Yorrane e Luciana após o ocorrido com Théo. É bordoada pra todo lado! Pega ela, Yoyô!

*

Renan chegou bem na hora e conseguiu esclarecer o tititi provocado por Luciana.

*

O tempo passou, e eis que chega o dia do casamento de William e Luiza. Se é que a cerimônia se realiza mesmo, porque Alicia está doida pra separar os pombinhos. Ela leva o tio-amante para um motel e manda uma mensagem bem malcriada para a noiva iludida.

*

Dito e feito! O flagrante é feito. Alicia tentou se esconder, mas será que ela se safa mesmo? A autora deixou escapar que a casa cai para a designer de joias no próximo capítulo. O que será que vai acontecer?

*

Débora, especialista em histórias com influências mexicanamente melodramáticas, não deixou de se lambuzar nelas ao criar esta novela com ingredientes à la A Próxima Vítima (tema do Nostalgia de hoje, hein!?) e Sidney Sheldon. Com tramas simples, ela consegue sempre fazer grandes novelas que ficarão na memória da Cyber TV, como Excelsior, Insensatez e Hierarquia. Embora a protagonista da trama seja Sarah, a filha de Walter, diversos personagens dividem o destaque absoluto com ela. São os casos de William, Alicia, Théo, Yorrane, Jaqueline e Arthur. Mas sente-se a falta de outros interessantes, como Mirtes, Heitor e Cleiton, que aparecem pouco. Tomara que apareçam com destaque na semana final, assim como a lady Margareth (rainha!).

Parabéns por mais este sucesso, Débora! E que venha a próxima novela, em 2020.

*


O Observatório da Escrita fica por aqui, mas hoje ainda tem o Cyber Backstage e o Nostalgia. A noite de domingo da Cyber só está começando. Espero você por aqui, leitor(a)!

*

novela de ANDERSON SILVA
segundas, quartas e sextas às 19h

padrao


Este conteúdo pertence ao seu respectivo autor e sua exposição está autorizada apenas para a Cyber TV.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on tumblr
Tumblr