Observatório da Escrita – 45

*

programa criado e dirigido por WELLYNGTON VIANNA
apresentação de MARCELO DELPKIN

*

Boa noite, leitor(a)! O Observatório da Escrita está no ar e vai abordar hoje um novo tema em Nossa Língua: a colocação pronominal. Vamos lá!

*


*

Os pronomes pessoais do caso oblíquo costumam gerar inúmeras dúvidas na gente, não? Entre elas está a forma de posicioná-los numa frase. Observe as frases:

Me dá um pedaço de queijo.
Natália comprou um livro novo e quer o ler logo.
Sabrina te enviará o arquivo por e-mail.

*

Elas são possíveis de serem ditas numa conversação ou na escrita de uma fala em roteiro, mas são formas corretas para textos mais formais, como narrativas e dissertações? Vamos ver as principais regras de encaixe desses pronomes nas frases escritas, dividindo-as em três grupos.

*

PRÓCLISE: o pronome vem antes do verbo quando…

1) há uma palavra negativa antes dele, como NÃO, NUNCA, JAMAIS, NINGUÉM, NADA:

Não o deixe destampado, pois as moscas podem pousar sobre ele.
Marta não lhes entregou o livro de partituras?
Nada a abala desde que perdeu o marido.

*

2) há um pronome interrogativo, relativo, interrogativo ou demonstrativo antes dele:

A fama lhe deixou marcas nada agradáveis.
Tudo se resumia a discussões inúteis sobre Lula e Bolsonaro.
Quem lhes disse tal disparate?

*

3) há um advérbio ou uma locução adverbial antes dele, a não ser que haja vírgula de separação:

Hoje de manhã se distribuíram livros gratuitamente na porta da escola.
Mas:
Hoje de manhã, distribuíram-se livros gratuitamente na porta da escola.

*

4) há uma conjunção subordinativa antes dele:

Embora se comentasse sobre o assunto, nada prejudicou o casamento de Ana Brenda.
Como te disse, hoje deve chover bastante.

*

5) o pronome está entre a preposição EM e um verbo no gerúndio:

Em se tratando de redes sociais, é importante saber selecionar as informações que são úteis e as que não são.
Em se tratando de planejamento, recomenda-se fazê-lo desde já.

*

MESÓCLISE: o pronome vem no meio do verbo quando…

1) o verbo estiver no futuro do presente ou no futuro do pretérito do indicativo. Muito pouco usada atualmente, esta regra tem fama de ser muito “esnobe e erudita” entre os brasileiros. De todo modo, vamos apreciar a regra nos dois exemplos a seguir:

Compartilhar-te-ei aquele meme engraçado de que te falei.

O carro novo? Comprar-lo-íamos se tivéssemos dinheiro.

*

ÊNCLISE: o pronome vem antes do verbo quando…

1) o verbo estiver no imperativo afirmativo:

Guarde-o assim que terminar de lê-lo.
Beba-o antes de dormir.

*

2) o verbo iniciar a frase ou a oração:

Vendeu-o bem barato.
Disseram-lhe que o noivo a traía.

*

3) o verbo estiver no infinitivo impessoal:

Eu gostaria de comprá-lo antes do Natal.
Adquiri o livro para lê-lo com meus alunos.

*

4) o verbo estiver no gerúndio, sem a preposição EM antes do verbo:

Ceiça cria receitas dando-lhes um toque especial.
May Margret escreve histórias, enfeitando-as com musicalidade.

(neste caso, a vírgula funciona apenas como marca de ênfase, podendo ou não ser usada)

*

Se o pronome se juntar a uma locução verbal…

1) se o verbo principal (o último verbo) estiver no gerúndio ou no infinitivo impessoal, o pronome pode vir depois dele ou entre os dois verbos:

Lucas deve-me entregar o livro até sexta-feira.
Lucas deve entregar-me o livro até sexta-feira.

*

2) se antes do verbo auxiliar (o primeiro verbo) houver uma palavra que atraia a próclise, o pronome vem antes dos verbos:

Ele não me tinha dito sobre o acidente com a carreta. (o NÃO puxa o pronome para perto dele)
Embora hoje se tivesse espalhado a notícia mentirosa sobre a morte da cantora, ela mesma deixou mensagem aos fãs pelo Twitter. (o advérbio hoje exige a próclise)

*

3) se nenhuma palavra exigir a próclise ou a mesóclise, o pronome vem ligado ao verbo auxiliar:

Tinham-lhe dito que a prova teria sido suspensa pelo governo.
As inscrições haviam-se encerrado no fim do mês passado.

*

Se você conhece outras regras de colocação pronominal e quiser deixar sua contribuição, inclusive com exemplos, a seção de comentários está aberta no fim desta página.

*


O Observatório da Escrita fica por aqui, mas daqui a pouco tem as fofocas do Backstage. Não sai daí, hein?! Espero você.

clique na imagem para comprar
clique na imagem para comprar
padrao


Este conteúdo pertence ao seu respectivo autor e sua exposição está autorizada apenas para a Cyber TV.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on tumblr
Tumblr

LEIA TAMBÉM