Observatório da Escrita – 48

 

*

programa criado e dirigido por WELLYNGTON VIANNA
apresentação de MARCELO DELPKIN

*

Olá, leitor! Olá, leitora! Estamos no último mês do veloz 2019. Muita coisa aconteceu neste ano, não? Pois desejo que dezembro seja um mês de muita prosperidade para todos nós. Hoje, no programa, teremos duas resenhas: um conto e o episódio final de uma minissérie são os alvos.

*


*

*

No sábado passado, dia 23, LuiShawn marcou sua estreia na telinha da Cyber TV com o conto Bruxas Protetoras. Alguns leitores talvez o conheçam de plataformas como a antiga Séries de Web. O conto é curto e traz um enredo simples: a visita de férias de um homem a uma cidadezinha minúscula em algum lugar do Brasil (ou de “Nárnia”, ou de outro lugar). Mas ele não imagina que pode ser a pior decisão que tomou. Vamos aos destaques:

*

 

*

A história começa com uma propaganda das belezas da cidadezinha de Vilarejo Azul. Maneira muito eficiente de causar curiosidade nos leitores. Mas a parte principal vem no terceiro parágrafo, a seguir.

*

*

O desenvolvimento da lenda pelo autor evidencia a presença de ideologias muito difundidas atualmente, como o feminismo e as tendências anticaucasianas. De qualquer maneira, os homens mais misóginos devem evitar qualquer contato com Vilarejo Azul, ou seguirão a mesma trajetória de Gabriel, o protagonista. Seguindo…

*

*

O tom de mistério serviu para prender Gabriel direitinho na teia da curiosidade. Se morre como o gato do ditado, eu não sei, mas Rute é personagem importante para a continuação da história.

*

*

A sedução pode ser a ponte para a perdição. Será que Gabriel cede aos caprichos de sua nova paquera?

*

*

O protagonista acabou convencido por Rute e se envolveu num mistério bem maior que a lenda da cidade. Ele mal sabe o que lhe espera.

*

*

Lá vem bomba! Será que ela conhece algum ponto negativo do passado de Gabriel e quer usá-lo para se vingar ou para chantageá-lo? Calafrio a cada parágrafo!

*

*

Segredo revelado! Que coisa feia, Gabriel! Acabou com a vida da moça e do seu próprio irmão. Rute não gostou nada disso.

*

*

E Rute cumpriu o que prometeu. Gabriel foi morto da forma mais cruel e sangrenta. Machistas e feminicidas, cuidado com as bruxas, pois este é o destino de vocês!

*

*

The End, como surge no fim dos filmes norte-americanos.

*

Bruxas Protetoras é a prova de que se podem criar boas histórias mesmo que sejam curtas, simples e sem rodeios. O autor soube equilibrar forma e conteúdo ao proporcionar uma leitura fluida aos receptores. Embora o terceiro parágrafo, o da descrição da lenta, entregue o final trágico, ele não retira totalmente a oportunidade de os leitores sentirem as surpresas no decorrer do conto. Uma boa atração, com certeza. Parabéns, LuiShawn! E que venha a próxima história.

*


*

*

Anti-Herói conta a trama de Nilo Rodrigues, um jornalista honesto e íntegro que esconde uma mancha na reputação: matou o traficante Vince Lemos por legítima defesa. Entra então na mira de Murilo, que pode tornar-se seu cúmplice ou entregá-lo em troca de promoção. Vinnie substitui o irmão como chefe do tráfico de drogas no Morro da Valquíria, o que obriga Nilo e Murilo a trabalharem juntos a fim de combaterem o novo vilão e sua parceira, Moni Vasco.

A minissérie foi exibida em 15 episódios entre outubro e novembro. O último, intitulado Uma Oferta, Você Recusa?, é analisado a seguir:

*

*

Logo na sequência de abertura, tive uma sensação esquisita ao imaginar a cena numa tela. A fala em off dura cerca vários segundos em fundo preto e só então dá lugar a um fade in que inicia a cena. Muitos gostam assim mesmo, mas pra mim parece uma grande fala em meio ao vazio da tela. No roteiro em texto, a forma de apresentar a cena está ótima, como tudo que a autora escreve, mas na TV ou no cinema seria necessário um ajuste — por exemplo: começar o fade in lentamente entre o meio e o fim da fala.

*

*

Gosto muito do jeito de intercalar e destacar as manchetes dos jornais e, em seguida, de percorrer os pontos focais seguintes. As características específicas de roteirizar para cinema ou seriado ficam marcadas pela maneira de organizar as palavras e de mostrar agilidade através delas. É bem diferente de um roteiro de novela, e a gente pode perceber claramente.

*

*

Não há qualquer dúvida de que Nilo está encrencado, graças a Moni Fluminense… oops, Vasco (rsrs). Em seguida, Murilo e Lila acabam tendo uma discussão, mas Paulinha tenta tirar o coelho da cartola e descobrir quem armou uma cilada para Nilo a fim de vingar a morte de Vince.

*

*

Thales chama a turma de Lila para a coletiva de imprensa e dá pela falta de Nilo. Paulinha o avisa do desaparecimento do protagonista. Thales comenta, então, que Nilo foi levado ao hospital após matar um bandido.

*

*

Segue a conversa entre Nilo e seu salvador, Raul, no hospital. Nilo fica perplexo com a revelação de que Vince e Russo, o maior traficante do Rio de Janeiro, eram a mesma pessoa.

*

A coletiva de imprensa rola solta, e os jornalistas perguntam sobre Nilo. Thales e sua equipe viram o jogo a seu favor, transformando a tragédia real numa maneira de promover o filme. Será que vai funcionar?

*

*

Já notaram que os personagens vivem a milhões por hora, não? Todos muito agitados, nervosos, à beira de um ataque de pelanca por qualquer motivo. É essa carga de adrenalina que define os tipos geralmente criados por Cristina Ravela. Lembram-se do Avelino, o bandidão rei do teco de Gato Preto? Bem por aí.

*

*

R. R. Soares também faz parte do elenco de Anti-Herói, por que não? Mas os personagens não estão nem um pouco interessados em salvar suas almas e se voltarem para Deus.

*

*

Enquanto os outros tentam sem sucesso entrar no hospital, Nilo quer fugir de lá e se encontrar com os primeiros. Será que a enfermeira descobriu que o plano de Nilo? Tensão.

*

*

Eis que ela apenas ajudava Roger a manter contato com Nilo. O primeiro comenta sobre a preocupação de Lila.

*

*

Mas descobriram o paradeiro de Nilo e querem matá-lo de qualquer maneira. Quem teria sido o dedo-duro?

*

*

Altas revelações entre as bandidas Moni e Emília do (Moni canta) “Sítio do Pica-pau Amareeeeelooooooo…”. Sinto cheiro de sangue nas próximas cenas.

*

*

A enfermeira ajuda Nilo a fugir. Para isso, ele deve passar pelo necrotério. Sequência impactante do começo ao fim. Até que Nilo é pego na saída por Rafael. Após lutarem com socos e pontapés dignos de filmes norte-americanos, o protagonista deixa o rival no chão e corre para o carro em que espera Murilo. Rafael tenta correr e pegar Nilo, mas a dupla na Uber é mais rápida.

*

*

Mais um sumiço de Nilo, e bandidos e policiais travam uma verdadeira avalanche de tiros e perseguições. Até que Vinnie consegue atrair Nilo e Murilo para a armadilha. No meio da discussão, Emília é alvejada diante de todos.

*

*

E assim termina a primeira temporada da série: com uma declaração de amor bandido de Vinnie Ludwig, o russo com nome de americano e sobrenome de alemão, pelo anti-herói do título. O que será que o convite do chefão do tráfico vai render na próxima season? Só Cristina Ravela poderá revelar. Apenas uma correção, antes do fim: a expressão “enquanto a você”, na fala de Vinnie, deveria aparecer como “e quanto a você“.

*

A exemplo de Gato Preto, Anti-Herói explicita a tendência literária da autora por personagens e temas cheios de testosterona, tiro, porrada e bomba! Embora as mulheres sejam bem representadas nas histórias, os homens costumam inúmeras camadas que se intercalam de acordo com as cenas. Vinnie, por exemplo, se apresenta como um bandidão cruel, um homem irresistível e em conflito (ou não) com a sexualidade ardente por Nilo Rodrigues. Este também tem suas mil e uma utilidades, assim como o Bombril; e o mesmo se repete com Murilo, Rafael, Roger, Raul e até mesmo Lila (pensem na beleza de Ildi Silva).

*

Anti-Herói veio para a Cyber como mais um sucesso na história do canal. Liderou a audiência nas duas semanas passadas, prova de que conquistou os leitores com o jeito enérgico e explosivo de conduzir-se. E que venham Raíza e a nova temporada da Turma do Nilo em 2020.

*


O Observatório da Escrita termina por aqui, mas daqui a pouco tem o Cyber Backstage com as fofocas da semana. Até já!

*

padrao


Este conteúdo pertence ao seu respectivo autor e sua exposição está autorizada apenas para a Cyber TV.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on tumblr
Tumblr

LEIA TAMBÉM