“Os Pecados de cada Um” chega ao fim como a Minissérie mais vista do ano

ATENÇÃO: A Cópia e reprodução deste conteúdo fora da plataforma Cyber TV sem autorização prévia da administração, é proibida e viola os direitos legais do autor.

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on telegram

O ano de 2020 apesar de todo o caos pandêmico favoreceu pra aqueles que tinham como meio, o entretenimento virtual literário, e nisso a Cyber TV conseguiu trazer boas aquisições para este ano mesmo com a onda de cancelamentos e problemas de agenda de alguns autores.

Logo no final do semestre passado, “Vale Dicere 3” se consolidava como a primeira produção a bater a casa dos 12 pontos na emissora, recorde que depois foi superado por “Círculo de Vidas” que chegou a bater 19,8 pontos. Mas o recorde atual (e que talvez difícil de ser superado por tão cedo) pertence à minissérie “Os Pecados de cada Um” de Francisco Siqueira.

Em apenas 6 episódios, a obra inédita do autor de “Eu, Kadu” conseguiu manter índices astronômicos alcançando mais de 20 pontos e assim consolidando-se como a produção de maior audiência do ano no site. E não é pra menos, “Pecados” ganhou uma divulgação em massa nas redes sociais, não apenas pelo próprio autor, mas também por outros autores da casa que “padrinharam” o novo hit em sua cota de divulgação.

 

Vale lembrar que todos os 6 episódios da primeira temporada se encontram disponíveis aqui na Cyber TV. Uma 2ª temporada da trama já está sendo cogitada, será que teremos uma renovação? Vamos aguardar!

POSTADO POR

Produção Cyber TV

Produção Cyber TV

Conteúdos originais Cyber TV

COMPARTILHAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on tumblr
  • Melqui, meu amigo, só surpresas de sua parte.

    Muito, muito obrigado por toda essa força que vem dando à “Pecados” , não só por aqui, nesta casa, a Cyber, mas também nas redes sociais. E não é pra qualquer um ter o seu apoio. M… todos… kkkk

    Um grande abraço e de novo, claro, MUITO OBRIGADO!

  • >
    Rolar para o topo