Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on telegram

WangXian I Ato 2 – Encontrei você – Isa Miranda

WangXian

Ato II

Encontrei você

“Eu sempre imaginei que no dia que saísse de casa o mundo abriria as portas para mim, não que eu fosse pretencioso em crer que seria tudo fácil e que cairiam nas minhas mãos. Acredito que, se me esforçar tudo ficaria mais fácil, foi assim que levei minha vida. Nunca me deixei desanimar por aqueles que diziam que eu sonho alto, sonhos impossíveis e irreais.

Não acho que são impossíveis, podem serem trabalhosos de conquistarmos tenho realmente noção de que sem muito esforço não se alcança nada nessa vida. Por esse motivo que sempre brigo com Cheng, ele desiste muito fácil no primeiro obstáculo. Se não é nossa irmã nos unindo, eu teria largado ele de mão. Mentira, eu amo meu irmão e quero mesmo que ele consiga realizar seus sonhos, nossos sonhos e com isso dá mais conforto aos nossos pais.”

— Wuxian, acorda! – Cheng cutucou o irmão.

— Eu estou acordado. – Wuxian tirou o fone de ouvido. – Estava pensando aqui, podemos ir depois da faculdade no estúdio fazermos a inscrição, o que acha?

— Pode ser, mas não é pela internet que faz? – Cheng caminhava pela calçada passando entre o aglomerado de pessoas naquela manhã agitada no centro de Pequim.

— Eu já fiz a pré-inscrição, mas ao que parece temos que pegar um kit lá no estúdio. – Wuxian ajeitou a mochila nas costas. – Cheng será que conseguimos ver o WangJi?

— Acho pouco provável, imagina que aquele lugar deve está cheio, ele não irá aparecer. – Cheng parou em frente a um enorme prédio. – Chegamos na faculdade. – Com largo sorriso subiu as escadas para passar na porta de entrada do lugar.

WuXian olhava a tela do seu smartphone quando seguiu atrás de Cheng.

— Realmente, seria muita sorte vê-lo logo no primeiro dia. – WuXian parou de costas para entrada do prédio e esticou o braço com aparelho na mão. – Ei Cheng, nossa primeira selfie hahahahahaha…

Os irmãos tiraram fotos no local, depois foram encaminhar os documentos para finalizar a matrícula, passaram toda manhã conhecendo onde começariam a cursar a faculdade de Administração e Economia.

Resolvido todas as questões na faculdade e seguiram para o Studio, WuXian não parava de falar e Cheng somente ouvia, vez ou outra respondia. Não estava na mesma empolgação que o irmão caçula, mas como havia prometido na noite anterior a sua irmã, iria apoiar WuXian. 

— A-Cheng ainda acordado? – YanLi entrou na cozinha e pegou um copo para beber água.

— Agitação de WuXian, quando estava quase pegando no sono ele me acorda aos gritos… – Resmungando, para diante da pia para lavar o copo que usara para beber um pouco de suco. – Ele está surtando com essa coisa do concurso.

YanLi sorriu e se aproximou tocando suavemente o ombro do outro.

— A-Xian está apenas sendo ele mesmo, deixe-o… – Colocou o copo na pia. – Lava para mim?

— Claro. – Inspirou fundo e voltou a resmungar. – Ele só fala de cantar e esse sonho de ser artista, mas olha para nós, mal temos como viver aqui, mesmo com o pouco que nossos pais nos ajuda, ainda assim será difícil manter aqui na cidade. – Cheng era muito realista e sério, acabava colocando de lado seus desejos preocupando-se demais com os pais e irmãos.

— A-Cheng, nada é fácil e sim, a cidade grande é mesmo muito mais difícil do que nossa vila no interior. – Ela sorriu e encostou na bancada da pia. – Mas, se não temos um pouco de alegria como vamos superar as adversidades? – Olhou para a pequena janela do apartamento vendo as luzes dos outros prédios continuou a falar. – A-Xian passou por muitas coisas ruins, só está aqui entre nós por um milagre de Buda, então, deixe-o sonhar e ser sempre sorridente como só ele sabe ser.

Cheng suspirou e colocou os copos no armário no alto da pia, voltou o rosto a ela e concordou.

— Eu não nego que é legal cantar só queria que ele fosse um pouco mais pé no chão. – Coçou a testa demonstrando desanimo. – Vão ser tantos inscritos e como uma dupla caipira do interior que toca violão e flauta vai chamar atenção de um Idol como WangJi? – Se afastou e seguiu para porta da cozinha. – Acho que WuXian esqueceu que nesse mundo é mais fácil você ser chutado do que ajudado. Vou dormir boa noite irmã.

— Boa noite A-Cheng. – YanLi inspirou suavemente, mesmo que tentasse animar sabia que Cheng estava certo.

Na porta do estúdio havia uma fila, muitas pessoas realmente haviam se inscrito. WuXian e Cheng andaram alguns minutos para chegar ao final da fila.

— Nossa deu a volta no quarteirão. – Cheng tirou a mochila das costas. – Será que ainda vão nos atender, somos praticamente os últimos.

— Claro que vão, eu mandei a nossa ficha ontem e temos só hoje para pegarmos o kit, se não estamos fora da competição. – WuXian agachou e pegou o seu smartphone olhando as notícias nas redes sociais.

— Vamos sair daqui a noite. – Cheng estava cansado e se agachou ao lado de WuXian.

— Vai dá tudo certo e vamos conseguir.

Como imaginado, eles conseguiram pegar o kit para a primeira audição eliminatória no começo da noite. Retornaram para casa, WuXian estava agitado lendo todas as informações naquele kit.

— Cheng, a primeira audição será daqui a duas semanas, um bom tempo para ensaiarmos. Será somente capela. – WuXian sentou ao lado da irmã que assistia TV. – Veja irmã, vão avaliar nossa voz.

— Bom, a voz de A-Xian é linda vão gostar com certeza. – Sorriu a ele incentivando-o.

— Ei, e a minha? – Cheng pegou o papel das instruções das mãos de WuXian.

— A-Cheng claro que sua voz é linda, os dois são afinados e cantam bem, vão conseguir passar na primeira etapa. – YanLi levantou e espreguiçou. – Amanhã tenho que estar cedo na reitoria, vou deitar. Ah, tenho novidades, a cafeteria perto da universidade está contratando.

— Ah vou com certeza, precisamos trabalhar.

— Cheng e os ensaios? – WuXian se agitou preocupado.

— Vamos ensaiar depois do trabalho, precisamos pagar as contas para não ficarmos nas costas de YanLi.

— Certo, certo… Ensaiamos depois do trabalho. – WuXian guardou os documentos e foi para o quarto.

Cheng balançou a cabeça negando. Queria ter aquela disposição e otimismo, mas algo lhe dizia que esse concurso ainda lhes traria problemas. Algo dentro dele deixava inquieto, mas como sempre acabava fazendo o que o irmão caçula queria. 

Duas semanas depois…

— Atenção participantes! – Uma moça alta e muito elegante usou o microfone e do palco chamou atenção das pessoas. – Muito bem, sou Wen Qing e irei acompanhar vocês em cada etapa eliminatória do concurso.

WuXian e Cheng estavam na plateia, assim como todos prestavam atenção a jovem no palco.

— Senhorita Qing parece ser bem exigente. – WuXian olhava-a e depois as pessoas na plateia. – Tanta gente bonita e bem vestida, hum…

— Estamos bem vestidos, não é luxuoso, mas ao menos vão avaliar hoje nossa voz. – Cheng deu de ombros.

As pessoas em volta deles estavam igualmente agitadas, muitas cochichavam e se perguntavam se WangJi apareceria.

WuXian olhou uma dupla que estava sentada ao lado dele e sorriu puxando conversa.

— Ah, ele está fora viajou a trabalho.

— Sério? – O rapaz de cabelos castanhos segurando um leque olhou-o cético. – Como vocês sabe? Não vi nada nas redes sociais dele.

— Tcs, tcs, tcs… Está lá sim, olha. – WuXian mostrou a tela do seu aparelho ao outro garoto. – Ele sempre que viaja muda a foto do perfil dele.

— Ah? Isso que dizer nada, não é como se ele viajasse.

Enquanto falavam novamente a jovem no palco voltou a falar no microfone, fazendo-os voltarem atenção para ela.

— Pessoal, sei que muitos tem feito perguntas e como foi dito nas instruções WangJi só comparecerá na última etapa eliminatória, ou seja… Vou eliminar quem fizer novamente essa pergunta. – O tom da mulher era ameaçador fazendo a plateia silenciar quase que imediato. – Ótimo, vejo que vocês compreenderam, mas como sei que são fãs e querem saber um pouco mais do seu ídolo, eu direi. WangJi viajou alguns dias de descanso por uma semana.

— Falei. – WuXian olhou para o rapaz ao lado e sorriu.

— Nossa! Deve ser mesmo muito fã dele, eu nunca perceberia isso. – O rapaz abanou o leque e estendeu a mão. – Meu nome é HuaiSang.

— Sou Wuxian e esse é o Cheng meu irmão mais velho.

— Olá.

— Oi. – Cheng acenou com a cabeça.

— Vão tentar em dupla ou individual?

— Em dupla e você HuaiSang? – WuXian continuava olhando as redes sociais de WangJi, enquanto tagarelava com novo amigo.

— Individual, mas sei lá, acho que não consigo chegar à final, sou meio devagar, não sei…

— Ué, desistindo assim tão fácil mal começou.

— Vamos ver, vim escondido e se meu irmão souber que estou aqui vai me pendurado no poste para morrer comido por urubus. – HuaiSang balançou o leque desanimado.

— Seu irmão é contra? – Cheng perguntou curioso.

— Sim, ele acha que tenho que estudar e me formar. – Olhava para o palco com apresentação dos primeiros participantes. – Começou.

WuXian olhou para o palco avaliando os concorrentes enquanto respondia mensagens no seu smartphone em um grupo de fãs, ele sempre participava desses grupos, mesmo que entrasse na rede poucas vezes quando morava no interior. Agora, morando na capital, vivia conectado.

— Conversando nos grupos? – HuaiSang olhou-o curioso.

— Sim, são divertidos.

— Fizeram um grupo para os participantes do concurso.

— É mesmo? Não estou sabendo. – WuXian curiosamente virou o rosto a ele.

— Vou te colocar no grupo, me passa seu número.

— Eu e o Cheng. – WuXian cutucou o irmão sorrindo. – Será legal, conhecer pessoal e trocar ideias.

— Que seja. – Cheng estava mais atento aos participantes.

Em poucas horas o local foi esvaziando e como WuXian e Cheng foram os uns dos últimos a concluir a inscrição se apresentaram no final. E HuaiSang foi praticamente o último a fazer a audição. O resultado seria anunciado por e-mail para aqueles que passariam para nova etapa dentro de uma semana.

— Estou morto, ficamos horas sentados e depois quer que cantemos bem. – Cheng estiva o corpo ao lado de WuXian. – Ainda nesse bate papo?

— Conhecendo muitas pessoas legais.

— Ei, WuXian… Cheng… Esperem por mim. – HuaiSang chegou até eles e parou colocando as mãos nos joelhos. – Vamos para um Karaokê, querem ir?

— Estou cansado e nosso dia de folga todo nessa audição, vou para casa. – Cheng resmungou e caminhou a frente saindo do estúdio.

— Eu vou HuaiSang. – WuXian sorriu e seguiu junto com novo amigo. – Cheng avisa a irmã para não se preocupar comigo.

— Tá… – Cheng acenou sem olhar para eles ajeitando a mochila nas costas. – Quero minha cama. 

Na residência Lan…

— SiZhui devo confessar essa ideia ótima em criar um grupo entre os participantes. – JingYi estava olhando o grupo e interagindo com alguns. – Podemos conhece-los sem que saibam que somos nós.

— Realmente, temos uma boa ideia e claro eles vão divulgar muitas cosias do concurso nas redes sociais.

SiZhui estava sentado no amplo sala do Recantos da Nuvem olhando os anúncios e esperava os resultados que seriam enviados por Qing através do e-mail.

— SiZhui. – WangJi estava sentado em uma poltrona na varanda olhando seu laptop. – Coloca-me nesse grupo.

— Ah?! – SiZhui olhou para JingYi estranhando. – Ok! Conta fake?

— Hn. – Confirmou.

JingYi sorriu e deu de ombros.

— Manda ver, vai ser divertido.

WangJi pegou seu smartphone e abriu a tela no chat de bate papo, entrando na sala, olhava as conversas por algum tempo até ser informado que já tinha uma grande lista de eliminados. Colocou o aparelho de lado e voltou atenção a dupla.

WuXian caminhava pela calçada da rua que levava ao prédio onde morava, já era tarde da noite, se divertira no karaokê, no entanto sentiu o cansaço do dia puxado.

— Amanhã tem faculdade e trabalho já prevejo Cheng reclamando o tempo todo porque vou está mortinho. – Bufou, quando sentiu o celular vibrar, pegou do bolso e olhou a tela. – Alguém no grupo, hum… – Abriu o bate-papo.

“Olá”

WuXian sorriu e resolveu responder, aquele nick era novo, provavelmente algum participante que entrou no grupo depois dele.

“Olá, tudo bom?”

“Sim e você?”

“Cansado, chegando em casa agora.”

WuXian ficou olhando a tela, como não apareceu mais mensagens colocou o aparelho no bolso do casaco. Já estava subindo a escadaria do prédio quando sentiu vibrar o aparelho, pegou e vendo que o outro respondera, marcando-o na mensagem.

“Já chegou em casa?”

“Cheguei agora, Ei, você estava na audição?

“Sim”

“Ah legal, como se chama? Só vejo um nick de nuvem”

“Zhan”

“Olá Zhan… Sou WuXian.”

“Olá WuXian, prazer em conhece-lo”

WuXian sorriu e tirou o tênis passando pela sala indo para o quarto.

“Zhan estou cansado, vou sair um pouco tomar um banho e me largar na cama. Se tiver por aqui conversamos. Se eu não apagar antes hahahahahahaha”

“Não se preocupe, descanse.”

“Ok Zhan conversamos depois”

WangJi olhava a tela do aparelho, sua mão apertava-o quando levantou o olhar a XiChen.

— Calma WangJi, muita gente tem nome assim precisamos confirmar. – XiChen baixou na frente dele e tocou a mão de WangJi lhe transmitindo energia espiritual, sentia-o muito abalado.

— É ele, tem que ser ele… – A voz ecoou embargada. – Você viu as conversas.

— Sim, realmente é muito parecido com mestre Wei. – XiChen sorriu recordando. – Mestre Wei consegue realmente atrair atenção, ele praticamente monopolizou o grupo. – Acalmava WangJi. – Vamos observar e ter certeza, tente não se precipitar.

— Hn. – WangJi concordou e voltou a olhar a tela do aparelho. Tocou no nick de WuXian e salvou o contato na sua agenda. – Serei cauteloso.

— Sim. – XiChen levantou e tocou na cabeça de WangJi sorrindo. – Vá descansar não temos muito o que fazer enquanto estamos no Recantos da Nuvem essa semana.

WangJi levantou e ajeitou a roupa branca, caminhou para a porta olhando a tela do aparelho que tinha o chat do grupo aberto.

— Wei Ying é realmente você…? – Murmurou quando deixou o lugar indo para seu quarto.

XiChen voltou o olhar para o laptop, enviando um e-mail, solicitando a ficha de inscrição do rapaz.

WangJi entrou em seu quarto e sentou na cama, olhava a tela quando voltou a mandar mensagem para aquele que supostamente poderia ser a reencarnação de Wei WuXian.

“WuXian, está aí?”

Esperou resposta, depois de alguns minutos desistiu e se deitou, mas deixou o smartphone com tela aberta no chat do grupo. Vez ou outra olhava para ver se o outro respondeu.

“Oi Zhan agora estou rsrsrsrs”

WangJi rapidamente pegou o aparelho e respondeu.

“Posso te chamar no privado?”

“Pode”

WangJi tocou no nick de WuXian e o chamou em outro chat separado.

“Olá”

“Olá de novo kkkkk”

“Estou atrapalhando?”

“Não kkk Estou deitado”

“Cansado?”

“Não consigo dormir hahahaha Meu irmão vai me esganar amanhã.”

“Por que?”

“Faculdade e depois o trabalho hahaha Não descansei e sei que vou dormir em pé hahahahaha”

“Melhor deixa-lo dormir”

“Ah vamos conversando se eu parar de responder é porque apaguei”

“Tudo bem”

“O que está achando dos participantes? Tem pessoas muito boas vai ser difícil”

“Realmente, você quer ser um Idol?”

“Seria legal mas…”

“Mas…?”

“hahahahaha, vc vai me chamar de idiota”

“Porque o chamaria de idiota?”

“Sou muito fã do WangJi  =) Só estou nesse concurso por causa dele.”

WangJi olhava a tela e seus olhos claros oscilaram em um brilho emotivo. Levou alguns minutos até perguntar.

“Gosta dele?”

Minutos passaram lentamente e WangJi notou que possivelmente o outro poderia ter dormido, deitado na cama levantou o aparelho passando o dedo na tela revendo a conversa quando a notificação apareceu mostrando que o outro responderá.

“Desculpe cochilei hahahaha… Sim, adoro WangJi desde que o vi pela primeira vez quando eu tinha 6 anos.”

O coração de WangJi bateu forte no peito e seus olhos brilharam lacrimosos, tinha certeza, era Wei Ying.

“Sabe Zhan eu quero chegar na final para poder ver ele de perto .. Espero conseguir hahahaha”

“Se for bom, vai conseguir”

“Hahahahah espero que sim… Ei Zhan vou dormir .. Sono me venceu”

“Boa noite WuXian, descanse!”

“Boa noite Zhan rs”

WangJi ainda olhava a tela do bate-papo, seu coração batia forte quase saindo do peito sentia que era a reencarnação de Wei WuXian. Finalmente, mas precisava ter total certeza por ele voltava na manhã seguinte para Pequim e iria descobrir mais sobre o rapaz do bate-papo.

Fim do Ato II

POSTADO POR

Isa Miranda

Isa Miranda

Escritora, design digital, editora de vídeos, assessora e divulga autores iniciantes. Publica em plataformas digitais, participa de antologias, escreve para o Cyber TV, mãe de Rafael e Yasmin e não gosta de café.

COMPARTILHAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on tumblr
>
Rolar para o topo