Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on telegram

WangXian – The Idol – Ato 3 – A decisão de WangJi

Ato III

A decisão de WangJi

Restavam cinco dias para o resultado da primeira etapa eliminatória quando WangJi terminou suas tarefas no Recantos da Nuvem e anunciou a XiChen que estava voltando para Pequim.

XiChen já esperava por essa decisão, afinal desde que WangJi começou a conversar com o rapaz que supostamente poderia ser a reencarnação de Wei WuXian que não conseguiria segurar o filho muito tempo no lugar. Juntamente com SiZhui e JingYi se preparam para partirem naquele final de tarde.

Estavam viajando no trem bala, WangJi conseguiu falar novamente com WuXian.

“WuXian”

“Olá Zhan”

“Pode conversar?”

“Um pouco, a cafeteria está vazia no momento.”

“Hm”

“Eu não me lembro de você na audição, qual foi sua música?”

“Não estou no concurso, só trabalho nos bastidores”

“Ahhh que legal, deve ser divertido trabalhar no estúdio”

“Eu vi sua apresentação”

“Sério???? O que achou? Eu estava ansioso acho que desafinei”

“Eu gostei”

WangJi estava encostado na poltrona reclinada olhando o vídeo de apresentação de WuXian e Cheng. XiChen estava lendo a ficha de inscrição dos irmãos, onde tinha uma foto de ambos.

— Os traços sutis da aparência de Mestre Wei são percebidos, mesmo com esse cabelo curto esse sorriso não há como nega.

— Hn. – WangJi concordou voltou atenção ao chat.

“Oba fiquei feliz hahaha”

“Bom timbre e dicção”

Nossa!!! Obrigado Espera você trabalha no estúdio certo?”

“Sim”

“Ahhh e o que está fazendo no grupo de participantes do concurso?”

WangJi olhava a tela do aparelho pensando em que poderia dizer sem denunciar quem era. Muitas das vezes que acreditava ter encontrado Wei WuXian acabava se frustrando por perceber que as pessoas investigadas não eram ele. No entanto, dessa vez é diferente além do rapaz ter a aparência quase idêntica, o seu jeito de falar e agir mesmo através do chat era inegável.  A questão principal era como XiChen havia lhe dito. Ele reencarnou, porém era óbvio que ele não se lembra da vida passada. Então, não tinha como WangJi chegar perto dele e dizer quem era sem parecer estranho ou até mesmo louco.

“Zhan, está ai?”

“Sim, fazendo um trabalho.”

Ok achei que tinha falado besteira hahahahahaha”

— É o mestre Wei? – XiChen sorriu quando viu a pergunta no chat aberto na tela do aparelho na mão de WangJi. Pensativo por uns segundos até que voltou a falar. – Diga que trabalha na limpeza e que tem um amigo que está no concurso.

— Pai. – WangJi estranhou aquela mentira, não queria ter que enganar o rapaz.

— WangJi, faça o que digo. – XiChen pegou seu smartphone e fez uma chamada.

WangJi virou o rosto para a tela do aparelho e mesmo que não gostasse da ideia de seu pai, mandou a mensagem.

“WuXian?”

“Zhan espere um pouco chegou clientes”

“Sim”

WuXian estava servindo uma mesa enquanto falava com Cheng.

— Ele disse que trabalha no estúdio.

— Muitas pessoas trabalham naquele estúdio, não é garantias de ser da produção. – Cheng estava do outro lado do balcão preparando os pedidos dos clientes. – Para de falar com esse pessoal dos grupos, vai pegar os pedidos.

WuXian deu de ombros e colocou o smartphone no bolso. Eles não voltaram a trocar mensagens. Já era noite quando WuXian e Cheng encerraram o expediente e seguiam para a estação do metrô.

— Cheng, ainda estou curioso, será que o Zhan é um olheiro que entrou no grupo para espionar?

— WuXian não começa com suas viagens. – Cheng rolou os olhos. – Se for um olheiro ou algo do tipo deve no mínimo falar para eliminar você da competição. – Sorriu provocando.

— O que? Não vai, ele disse que gostou da minha voz. – WuXian estreitou os olhos para o irmão. – Vai ver que é porque eu descobri e parou de me responder. – Pegou o aparelho abrindo o chat de bate papo.

Ambos irmãos entraram no vagão, aquele horário apesar de ser depois da hora do rush ainda havia bastante pessoas, por isso ficaram espremidos no canto perto da janela.

— Olha Cheng, o Zhan respondeu. – WuXian rolava com o dedo a tela vendo a mensagem. – Nossa, tem meia hora que ele mandou a mensagem.

— O que ele falou? – Cheng tentou olhar a tela do aparelho, mas estava tão apertado no canto que não conseguiu.

“WuXian, eu trabalho no estúdio na área de limpeza”

— Ah, ele é ferrado que nem nós, trabalha na limpeza. – Fez uma cara desanimada.

— E você achando que o seu amigo é da produção, tsc tsc tsc…

Cheng riu do irmão mais novo colocando de volta o fone de ouvido.

WuXian encostado no canto, conseguiu responder o amigo fazendo uma careta para Cheng.

“Zhan está aí?”

“Sim”

“Desculpe a demora em responder hahahaha Eu e meu irmão estamos indo para casa, metrô está lotado >.< “

“Entendo, tome cuidado”

“E você trabalha na limpeza é legal também”

“Sim, não é ruim.”

“hahahahaha”

“Por que está rindo?”

“Eu estou rindo porque achei que você era um olheiro da produção”

“Não sou”

“hahahahahaha meu irmão debochou de mim”

“Não devia, eu pensaria o mesmo”

— Viu Cheng, ele acabou de dizer que pensaria igual a mim em acreditar que ele poderia ser um olheiro hahahahaha.

— Dois idiotas… – Cheng abraçou sua mochila cheia de livros da faculdade e negou com a cabeça. — Está falando muito com esse tal de Zhan.

— Eu falo com muita gente, não só com ele… Ahhhh, vou perguntar se ele ver o WangJi.

— Começou…

“Ei Zhan, você deve ver muitos ídolos andando pelo estúdio…”

“Sim, muitos Idol’s vão ao estúdio”

“Já viu o WangJi? Ah claro, o estúdio é dele rsrsrsrs Que pergunta idiota.”

“Todos os dias”

“Essa semana não o viu, sei que ele viajou”

“Ele retornou hoje”

“Sério??? Voltou antes, por que será? kkk”

“Vou sair, posso te chamar mais tarde?”

“Claro! Devo dormir tarde kkk tenho trabalho da faculdade para fazer”

“Ok”

WuXian sorriu e enviou um áudio para Zhan.

“— Zhan se você quiser, pode passar na cafeteria, depois das 3 h, fica tranquilo podemos conversar.”

WangJi estava atento as mensagens de WuXian quando o áudio surgiu na tela, estava sentado na beira de sua cama. Haviam chego no final da tarde e conversara com XiChen sobre aquela mentira.

— Não quero que se decepcione, foram tantas pistas furadas e pessoas que supostamente era a reencarnação e que no final… – XiChen olhava para WangJi que aparentemente estava chateado.

— É errado.

— Eu sei, mas eu prefiro arriscar em quebrar uma regra do que o deixar se decepcionar novamente.

XiChen passou quase por mil anos procurando a reencarnação WangJi e de WuXian, até finalmente compreender que para WangJi reencarnar era preciso ocorrer a união dele e uma cultivadora. Desde que WangJi nasceu a preocupação redobrou, seu amor por ele era ainda maior.

— Eu compreendo pai.

XiChen esboçou um sorriso consolador.

WangJi relembrava a conversa quando a tela piscou mostrando nova notificação de WuXian.

“Zhan vou estudar essa noite, fiquei sabendo que amanhã terá um teste na faculdade”

“Tudo bem, bom estudo”

“Boa noite”

WuXian rolou os olhos para o irmão.

— Pronto, não vou ficar no chat na hora dos estudos.

— Melhor. – Cheng abria os livros colocando na mesa. – Está gostando desse Zhan?

WuXian estava distraído anotando um trecho do exercício quando ouviu a pergunta, levantou o olhar para o irmão.

— Por que a pergunta?

— Preciso mesmo explicar? – Cheng estreitou os olhos encarando WuXian.

— Eu o achei legal, como disse falo com muitas pessoas no chat.

— Com esse Zhan fala mais.

— Olha, não é porque eu sou assim que vou sair com qualquer um. – WuXian torceu o nariz e voltou a fazer anotações.

— Ao menos isso, até porque seria bem vergonhoso.

WuXian colocou o lápis sobre o livro e encarrou Cheng.

— Cheng, nunca faria algo vergonhoso para a nossa família e espero mesmo que ao menos você não pense errado de mim.

Cheng olhava-o sério, até que bufou e levantou da cadeira indo até a cama, sentou ao lado de WuXian.

— WuXian não quero que aconteça algo com você, sabe bem que a sua escolha não é aceita por muitas pessoas.

— Você fala como se isso fosse algo ruim.

— E não é?

WuXian se ajeitou na cama e inspirou baixo.

— Não se preocupe, não pretendo dizer a ninguém e muito menos envergonhar nossa família com a minha… – WuXian parou de falar e pegou o livro voltando a fazer anotações. – Vamos estudar, amanhã temos o teste.

Cheng olhou por um tempo e por fim levantou tocando leve a cabeça de WuXian com um afago.

Havia se passado um ano desde que WuXian havia dito a família que era homossexual, na ocasião seu pai FengMian e sua mãe Yu ficaram chocados. Cheng levou um bom tempo para se acostumar com a ideia e YanLi como sempre ficou ao seu lado. Aos poucos seu pai compreendeu e aceitou dizendo que ele não seria menos filho por suas escolhas.

A relação de Yu com WuXian não era tão boa, ela não queria mais filhos e quando descobriu grávida de WuXian praguejou meio mundo. A revelação do rapaz por sua preferência só aumentou ainda mais a tortuosa convivência. No entanto, ela acabou aceitando mesmo que a contra gosto, já que o marido e os filhos o defendiam.

WuXian prometeu ao pai que nunca o faria algo que manchasse o nome da família, que iria ser discreto e não falar a ninguém sobre sua sexualidade.

WuXian acordou muito cedo, espreguiçou um pouco e levantou pegando o smartphone. E como sempre fazia entrou no chat do grupo, conversou com alguns participantes que comentavam sobre o retorno antecipado de WangJi para Pequim.

WuXian sorriu, ele realmente só queria ver o ídolo e se passasse para nova etapa ficaria mais perto de realizar esse sonho.

Nesse momento, um e-mail chegou para ele. E para todos que passaram na etapa de canto do concurso. O alvoroço no grupo foi ainda maior. WuXian arregalou os olhos o conteúdo que o parabenizava por passar para nova etapa. Leu por fim que haveria mudanças e nas novas regras da próxima etapa.

O e-mail dizia que a próxima eliminatória com apresentação de dança dará aos escolhidos a oportunidade de participar de um fim de semana de ensaios com WangJi ao qual irá treinar os novos classificados.

WuXian colocou o aparelho no colo e levou as mãos ao rosto tentando acalmar o coração, inspirou e expirou várias vezes até que levantou e correu para o quarto do irmão.

— Cheng acorda, veja conseguimos passar para próxima etapa.

Cheng resmungou e rolou na cama puxando o lençol cobrindo a cabeça.

— Humm… tá bom… apaga a luz… – Murmurava.

— Cheng ouviu o que eu falei, nos passamos… – Cutucou o irmão.

— Ta… ta… ta… – Sacudiu a mão. – Deixa-me dorm… Como é? – Cheng abriu os olhos e virou o corpo para olha-lo. – Como assim? Não era segunda o resultado? – Levantou sentando na cama e pegou o aparelho das mãos de WuXian. – Minha nossa.

— Viu, eu disse que íamos conseguir. – WuXian coçou a cabeça. – Será que WangJi quer adiantar o concurso? Ele voltou de viagem ontem e na madrugada mandaram os e-mails, que estranho.

— Espera, você leu todo e-mail? – Cheng apontava para a tela questionando-o.

— Simmm…

— Se a gente passar na etapa de apresentação de dança, vamos ser treinados por WangJi, foi isso que eu li?

— SIMMMM… – Os olhos de WuXian estavam brilhando. – Vamos passar, ensaiamos depois do trabalho e…

— Espera, como vamos conseguir ensaiar? A eliminatória é na sexta, ahhhhh…. Nós estamos em semana de teste. Temos três dias para ensaiar não vamos conseguir. – Cheng se jogou de costas na cama colocando o travesseiro no rosto.

— Vamos sim, conseguimos passar por muita coisa até aqui.

WuXian puxou o travesseiro do rosto do irmão e sorridente tagarelou.

— Nós vamos e passar o fim de semana com WangJi hahahaha.

XiChen estava olhando o sobrinho SiZhui e WangJi.

— Treinamento para os participantes no fim de semana.

— Hn

— Achei a ideia genial, primo sempre acerta. – SiZhui sorriu.

— Às vezes eu esqueço com quem eu estou lidando, não é WangJi. – Sorriu a ele gentilmente. – Vamos ver no que isso vai dar.

WangJi curvou leve a cabeça e em seguida saiu do escritório. Algumas soluções só precisavam de escolhas e conhecendo o seu parceiro de cultivo era óbvio que ele passaria para próxima etapa.

Fim do Ato III

ATUALIZAÇÃO DOS ATOS segundas e quintas às 23h

 

POSTADO POR

Isa Miranda

Isa Miranda

Escritora, design digital, editora de vídeos, assessora e divulga autores iniciantes. Publica em plataformas digitais, participa de antologias, escreve para o Cyber TV, mãe de Rafael e Yasmin e não gosta de café.

COMPARTILHAR

Share on facebook
Share on twitter
Share on google
Share on tumblr
>
Rolar para o topo